! Com gol de Giovanni, Santos reencontra a vitória - 26/06/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  26/06/2005 - 17h55
Com gol de Giovanni, Santos reencontra a vitória

MBPress
Em São Paulo

Passada a ressaca da eliminação na Copa Libertadores da América e o insosso empate com o Fortaleza, o Santos voltou a lutar exclusivamente pelo título do Campeonato Brasileiro. Depois de cinco jogos sem vencer, a equipe da Vila Belmiro bateu o São Caetano por 3 a 1, na tarde deste domingo, no estádio Anacleto Campanella, no ABC paulista.


Folha Imagem 
Giovanni corre para comemorar seu primeiro gol após retorno ao clube santista
Com este resultado, o time santista chegou aos 17 pontos, ocupando a quarta colocação. A Ponte Preta, que lidera o certame, está com 20 pontos. Já o São Caetano, que sonhava encostar nos líderes nesta rodada, permanece com 14, entre os dez.

A vitória também foi especial para o meia-atacante Giovanni. O jogador, grande ídolo do time em 1995, voltou ao clube santista e conquistou sua primeira vitória nesta nova fase. De quebra, o atleta marcou o terceiro gol santista no jogo, o primeiro dele.

Se o camisa 10 do Santos comemorou seu primeiro triunfo, o atacante Deivid pode ter marcado seu último gol pelo time santista. O jogador, que abriu o placar aos 22seg de jogo, está emprestado ao clube praiano até o dia 30 deste mês e poderá retornar ao Bordeaux, da França, clube com o qual tem contrato.

"Espero ficar. Já manifestei meu interesse ao presidente [Marcelo Teixeira] e a minha intenção é permanecer aqui. Espero que o Santos possa chegar a um acordo com o Bordeaux e meu empréstimo seja prorrogado", revelou Deivid, no intervalo da partida.

SANTOS: FIM DO JEJUM
AdversárioPlacarData
Palmeiras1 x 229/05
Atlético-PR2 x 301/06
Fluminense1 x 112/06
Atlético-PR0 x 215/06
Fortaleza0 x 019/06
São Caetano3 x 126/06
Agora, os dois times voltam a campo apenas no domingo. Enquanto o Santos recebe o Juventude, na Vila Belmiro, o São Caetano vai a Porto Alegre enfrentar o Internacional, no Beira-Rio.

O Jogo
O Santos não poderia começar melhor a partida. Logo aos 22seg, o atacante Deivid abriu o placar. Paulo César fez o lançamento da direita e o camisa 9 santista chutou no ângulo esquerdo de Silvio Luiz.

Em vantagem, o Santos continuou em cima do adversário. Porém, antes dos 16min, o time santista perdeu Paulo César e Élton, ambos lesionados. Com essas substituições inesperadas, o técnico Gallo teve de mexer ainda mais no esquema da sua equipe, que não contou também com outros cinco jogadores (Robinho e Léo, na seleção principal, Leonardo, na Sub-
20, Zé Elias e Fabinho, machucados).

Aproveitando o momento negativo do Santos no jogo, o São Caetano chegou ao empate. Jean cruzou da esquerda, a bola atravessou a área e chegou até o ala-direito Alessandro, que chutou cruzado e igualou o placar.

AZULÃO SEM GOLS
Além de perder para o Santos, o São Caetano segue com um jejum de gols, mais especificamente dos atacantes. O setor ofensivo do time do ABC não balança as redes adversárias há quatro partidas.

A última vez que um jogador de ataque do São Caetano marcou foi no dia 22 de maio, quando Dimba marcou o único gol na vitória sobre o Flamengo.

Depois disso, Claudecir (2), Edu Salles, Thiago, Alessandro e Triguinho foram os responsáveis pelos gols do time do ABC.
O gol do São Caetano reacendeu o Santos. O time da Vila Belmiro voltou a pressionar e a equipe do ABC ficou acuada em seu campo de defesa. O atacante Deivid passou a travar um duelo particular com o goleiro Silvio Luiz. Em duas grandes oportunidades, o camisa 1 dos donos da casa foi melhor.

Até que aos 45min, em um lance isolado, o Santos voltou a marcar. Luciano Henrique, que entrou no lugar de Élton, fez boa jogada pela esquerda, entrou na área e foi derrubado por Claudecir. Pênalti que Ricardinho cobrou bem e colocou novamente a equipe praiana em vantagem.

No segundo tempo, os dois times fizeram uma partida equilibrada. O São Caetano pressionou o Santos em busca da igualdade no placar. Já o time da Vila Belmiro foi muito perigoso em jogadas de contra-ataque, principalmente com Deivid.

A partir dos 25min, o técnico Estevam Soares decidiu arriscar mais e sacou Claudecir para entrada do atacante Fábio Pinto. Marcelinho, também jogador ofensivo, já havia entrado no lugar do zagueiro Neto.

Mas o que aconteceu foi justamente o contrário. Giovanni tabelou com Deivid, fez uma finta de corpo no marcador e chutou forte para marcar o terceiro gol do Santos e decretar a vitória da equipe da Vila Belmiro.

SÃO CAETANO
Sílvio Luiz; Neto (Marcelinho), Thiago e Douglas; Alessandro, Zé Luís, Claudecir (Fábio Pinto), Edu Sales (Canindé) e Triguinho; Jean e Dimba
Técnico: Estevam Soares

SANTOS
Mauro; Paulo César (Flávio), Ávalos, Altair e Carlinhos (Hallison); Wendel, Bóvio, Élton (Luciano Henrique) e Ricardinho; Giovanni e Deivid
Técnico: Gallo

Local: estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP)
Árbitro: Paulo César de Oliveira (SP)
Auxiliares: Ana Paula de Oliveira e Maria Eliza Correia Barbosa (ambas SP)
Cartões amarelos: Wendel (S), Bóvio (S), Flávio (S), Thiago (SC)
Gols: Deivid, aos 22seg, Alessandro, aos 24min, Ricardinho, aos 46min, do primeiro tempo; Giovanni, aos 33min, do segundo tempo

Leia mais

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias