! De virada, São Paulo vence Fortaleza e respira - 14/08/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  14/08/2005 - 20h01
De virada, São Paulo vence Fortaleza e respira

Da Redação
Em Sâo Paulo

Folha Imagem
Jogadores do São Paulo comemoram o gol
da virada sobre o Fortaleza no Morumbi
Com a mesma raça mostrada na Copa Libertadores, o São Paulo finalmente voltou a vencer no Brasileirão 2005. Um mês após a conquista do tri da Copa Libertadores, o clube paulista derrotou o Fortaleza por 3 a 2, de virada e com um jogador a menos em todo o segundo tempo, no estádio do Morumbi. O resultado tirou o São Paulo da zona do rebaixamento.

Agora, o time dirigido por Paulo Autuori chega aos 21 pontos, em 18º lugar, e quebra a péssima seqüência de oito jogos sem resultados positivos (cinco derrotas e três empates) que o acompanhava desde a conquista do tricampeonato sul-americano. O último triunfo havia sido obtido no dia 14 de julho, na goleada por 4 a 0 sobre o Atlético-PR, pela decisão do torneio internacional.

"Tínhamos que reconhecer que a fase era difícil, mas nós não estávamos jogando mal. Hoje [domingo], mostramos uma superação muito grande por ter um jogador a menos durante bastante tempo. Não foi um resultado simples", afirmou o goleiro Rogério Ceni.

Já o Fortaleza permanece com 27 pontos e não consegue reagir após a derrota por 2 a 0 para o Fluminense, na rodada passada, no Rio de Janeiro. Além disso, os cearenses perdem boa oportunidade de se aproximarem do grupo dos 11 primeiros que vão à Copa Sul-Americana em 2006.

"Respeito o São Paulo, que é um grande clube. Mas, na minha concepção, nossa derrota foi vergonhosa. Perdemos para nós mesmos", esbravejou o técnico Hélio dos Anjos.

SÃO PAULO APÓS O TRI

AdversárioRodadaPlacar
Santos12ª1x2
Brasiliense13ª3x3
São Caetano14ª0x1
Atlético-MG15ª0x0
Juventude16ª1x2
Palmeiras17ª3x3
Goiás18ª0x1
Figueirense19ª1x3
Fortaleza20ª3x2
Assim como aconteceu na derrota para o Figueirense, o São Paulo abriu o placar, mas não soube manter a vantagem. Mesmo marcando logo aos 2min, o time voltou a falhar na defesa e permitiu que o adversário virasse ainda na etapa inicial. No segundo tempo, porém, mesmo sem o atacante Roger, os paulistas fizeram dois gols e garantiram a vitória.

A partida serviu também para o volante Mineiro balançar as redes pela primeira vez desde que chegou ao Morumbi. Gols, aliás, não são o forte do jogador que, em nove participações em Campeonatos Brasileiros, anotou apenas nove tentos.

O Fortaleza volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Botafogo, às 18h10, no estádio Castelão, no Ceará. O São Paulo vai até Curitiba para jogar com o Atlético-PR, sábado, às 18h10, na Arena da Baixada. Antes, contudo, os paulistas estréiam na Copa Sul-Americana contra o Internacional, quarta-feira, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

O jogo
Com a pressão por um resultado positivo, o São Paulo começou a partida no ataque e não demorou a abrir o placar. Logo aos 2min, Danilo chutou forte da esquerda, o goleiro Bosco não conseguiu segurar e o volante Mineiro apareceu para empurrar e abrir o placar.

Quando os paulistas caminhavam para uma vitória tranqüila, o Fortaleza chegou ao empate aos 14min. Rogério Ceni deu rebote após cobrança de falta de Alan, a bola sobrou para Amaral, que tocou para Marcelo Lopes completar e deixar tudo igual novamente.

LEANDRO BONFIM CONFIRMADO
O superintendente de futebol do São Paulo, Marco Aurélio Cunha, confirmou neste domingo a contratação do meia Leandro Bonfim. Christian é o próximo da lista. Leia mais
Com mais posse de bola, o São Paulo continuou no ataque, porém, sem conseguir encaixar o último passe para os atacantes Roger e Amoroso. Assim, a melhor chance surgiu com o Fortaleza, aos 30min. Após cobrança de escanteio, Marcelo Lopes subiu de cabeça entre os zagueiros e acertou o travessão.

Oito minutos mais tarde, o Fortaleza chegou ao segundo gol aproveitando falha de marcação do adversário. Em contra-ataque, Lúcio tocou para Fumagalli que, da entrada da área, bateu com estilo e acertou o canto esquerdo de Rogério Ceni. No minuto seguinte, Roger deu uma cotovelada em um zagueiro rival e recebeu cartão vermelho.

"Estamos tendo uns erros primários. Mas vamos ter cabeça fria e tranqüilidade. Precisamos de equilíbrio para buscar a virada no segundo tempo. A gente sabe do potencial do São Paulo", afirmou Mineiro.

Na volta do intervalo, o São Paulo reapareceu com a entrada do meia Vélber no lugar do zagueiro Alex.O time ganhou mais mobilidade ofensiva e empatou aos 10min. Vélber cruzou da esquerda, Amoroso subiu mais que o zagueiro e tocou de cabeça no canto esquerdo de Bosco.

Animado com a igualidade e encurralando o Fortaleza no campo de defesa, os paulistas conseguiram virar aos 24min. Amoroso rolou para Josué na entrada da área bater rasteiro e acertar o canto direito da meta.

A vantagem fez o técnico Paulo Autuori segurar o ímpeto dos jogadores e privilegiar a marcação. Mesmo perdendo, o Fortaleza não conseguiu sufocar no final da partida, enquanto o São Paulo apenas administrou o placar.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Alex (Vélber), Lugano e Fabão; Mineiro, Josué (Renan), Richarlyson, Danilo e Júnior; Amoroso (Thiago Ribeiro) e Roger
Técnico: Paulo Autuori

FORTALEZA
Bosco; Amaral (Chiquinho), Nivaldo, Alan e Marquinhos; Marcelo Lopes, Erandir, Mazinho Lima e Lúcio (Alex Afonso); Fumagalli e Marcos Denner (Paulo Isidoro)
Técnico: Hélio dos Anjos

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Leonardo Gaciba (Fifa-RS)
Auxiliares: José Otávio Dias Bitencourt (RS) e Paulo Ricardo Silva Conceição (RS)
Cartões amarelos: Alan (F), Marquinhos (F), Marcelo Lopes (F) e Richarlyson (SP)
Cartão vermelho: Roger (SP)
Gols: Mineiro, aos 2min, Marcelo Lopes, aos 14min, e Fumagalli, aos 38min do primeiro tempo; Amoroso, aos 10min, e Josué, aos 18min do segundo tempo

Leia mais

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias