! Botafogo e São Paulo empatam em domingo amargo - 02/10/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  02/10/2005 - 20h01
Botafogo e São Paulo empatam em domingo amargo

Da Redação
No Rio de Janeiro

Botafogo e São Paulo terminaram o domingo com saldo negativo no Campeonato Brasileiro. Depois de perderem três pontos em jogos anulados pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), os dois times apenas empataram por 1 a 1, no Rio de Janeiro.

SEQÜÊNCIA QUEBRADA
AdversárioPlacarRodada
Paraná (28/08)4 x 023ª
Corinthians (07/09)3 x 224ª
Coritiba (11/09)4 x 125ª
Vasco (18/09)4 x 226ª
Cruzeiro (21/09)3 x 227ª
Paysandu (24/09)4 x 128ª
Botafogo (02/10)1 x 129ª
O time tricolor, que vinha de uma seqüência de seis vitórias, já começava a sonhar com o título nacional. No entanto, o São Paulo, que começou o domingo 11 pontos atrás da liderança, então do Internacional, termina o dia a 15 do novo líder, o Corinthians.

Os únicos fatos positivos para o time paulista são a manutenção de uma posição na zona de classificação para a Copa Sul-Americana, 11° lugar, e sua longa invencibilidade, que agora é de oito jogos.

A última derrota do São Paulo aconteceu no dia 20 de agosto, para o Atlético-PR (4 a 2). Depois, o time do Morumbi somou 20 pontos em 24 disputados, estando ainda invicto no segundo turno do Brasileirão.

Para o Botafogo, que também perdeu três pontos, o resultado também foi ruim. O time alvinegro dominou boa parte da partida, criou várias oportunidades de gol, mas somou apenas um ponto, completando três jogos sem vencer. Com 39 pontos, a equipe alvinegra ocupa o nono lugar.

"Foi um resultado muito injusto, pela produção da nossa equipe. Merecíamos ter ganho esse jogo e retomado o caminho das vitórias. Infelizmente, deixamos escapar uma possibilidade muito boa de conseguir três pontos sobre um concorrente direto, que hoje [domingo], saiu daqui com um ponto ganho. Mas futebol é assim mesmo", lamentou Celso Roth.

TUDO DE NOVO
Na manhã deste domingo, o desembargador Luiz Zveiter, presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), anulou os 11 jogos que o ex-árbitro Edílson Pereira de Carvalho apitou no Campeonato Brasileiro. Entre estas partidas, estão duas do São Paulo e do Botafogo - Vasco 1 x 0 Botafogo, Cruzeiro 4 x 1 Botafogo, São Paulo 3 x 2 Corinthians e Ponte Preta 1 x 0 São Paulo.

Com essa decisão, as partidas serão realizadas novamente, com portões abertos para o público. Oito delas já tem data marcada: 12 e 19 de outubro. "Com portões abertos, minimiza-se o prejuízo do torcedor", disse Zveiter.Leia mais
O Botafogo ainda conheceu sua terceira partida seguida sem vitória. A última foi contra o Goiás (3 a 1), no dia 18 de setembro. Depois, o time da Estrela Solitária perdeu para o Atlético-PR, empatou com o Juventude e voltou a empatar neste domingo.

O Botafogo vai tentar acabar com o jejum de vitórias na próxima quarta-feira, contra o Figueirense, em Florianópolis. No mesmo dia, o São Paulo enfrenta o Internacional, em Porto Alegre. Mas para esta partida, o time não terá Lugano, que recebeu seu terceiro cartão amarelo.

O jogo
Jogando em casa, o Botafogo começou pressionando e teve a primeira grande chance logo aos 4min. Ruy recebeu lançamento pela direita, mas chutou muito mal e desperdiçou ótima oportunidade.

O time alvinegro continuava melhor e deu um grande susto aos 12min. Após cruzamento, Ramon tocou de cabeça e Guilherme chutou de primeira. Rogério Ceni deu um tapa na bola, que ainda tocou no travessão e quicou quase em cima da linha, mas sem entrar.

Mais eficiente, o São Paulo acabou abrindo o placar aos 17min. Danilo fez ótima jogada pela esquerda e cruzou com perfeição para Christian, que empurrou para dentro do gol com o peito.

O Botafogo não se abalou e continuou pressionando. Aos 41min, Alex Alves recebeu livre na entrada da grande área, mas chutou para fora, desperdiçando uma grande chance.

No intervalo, o técnico Celso Roth tirou o apagado Juca para colocar o atacante Ricardinho, que criou a primeira boa chance para o Botafogo no segundo tempo, logo aos 3min. Ele deu um excelente passe para Caio, que ficou cara a cara com o goleiro, mas chutou em cima de Rogério Ceni, perdendo mais uma oportunidade.

O Botafogo manteve a pressão e chegou outra vez com perigo aos 8min. Rogério Souza invadiu a grande área, pela direita, deu um lindo drible no seu marcador, mas chutou fraco e Rogério Ceni defendeu.

De tanto insistir, o Botafogo finalmente chegou ao empate. Após cobrança de escanteio da direita, Caio, na pequena área, cabeceou firme no ângulo esquerdo de Rogério Ceni, colocando a bola no fundo da rede.

O time carioca manteve o domínio do jogo até o final e pressionou muito o São Paulo em busca do gol da vitória. A melhor chance veio aos 34min, quando Ricardinho deixou Ramon na cara do gol, mas Rogério Ceni fez uma defesa milagrosa, garantindo o empate para a equipe tricolor.

BOTAFOGO
Max; Ruy, Rafael Marques, Emerson e Rogério Souza; Jonilson, Diguinho, Juca (Ricardinho) e Ramon; Alex Alves (Glauber) e Guilherme (Caio)
Técnico: Celso Roth

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Hernanes (Leandro Bonfim), Edcarlos, Lugano e Júnior; Mineiro, Josué, Souza e Danilo; Christian e Amoroso (Diego Tardelli)
Técnico: Paulo Autuori

Local: estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (RS)
Assistentes: Altemir Hausmann e José Silveira (ambos do RS)
Cartões amarelos: Lugano (S), Rafael Marques (B), Jonilson (B), Hernanes (S)
Gols: Christian, aos 17min do primeiro tempo; Caio, aos 15min do segundo tempo


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias