! São Paulo bate Juventude e agora mira o Mundial - 05/11/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  05/11/2005 - 17h51
São Paulo bate Juventude e agora mira o Mundial

Da Redação
Em São Paulo

O São Paulo, enfim, poderá se concentrar apenas na disputa do Mundial Interclubes, em dezembro, no Japão. Nesta tarde de sábado, a equipe tricolor venceu o Juventude por 3 a 1, acabou com qualquer possibilidade de cair para a Série B do Campeonato Brasileiro e inicia na próxima semana o planejamento que pode levá-lo ao terceiro título em quatro competições disputadas em 2005.

Folha Imagem
Mineiro abraça Júnior depois de marcar o 2º gol do São Paulo na vitória sobre o Juventude
"Chegamos a uma pontuação relativamente boa e agora temos de pensar nos dois jogos que vamos disputar no Japão. A expectativa de títulos é grande para todos, mas essa preparação é perigosa. Tenho certeza de que quem entrar vai fazer de tudo para colocar o clube em uma melhor posição no Brasileiro", afirmou o goleiro Rogério Ceni.

O triunfo no estádio do Morumbi coloca o time na nona colocação, com 52 pontos, e afasta definitivamente o fantasma do rebaixamento que chegou a rondá-lo logo após a conquista da Copa Libertadores da América.

Além disso, o São Paulo encerra a série de resultados negativos em casa. Depois de derrotar a Ponte Preta (3 a 2), em 11 de outubro, o clube perdeu para Santos e Brasiliense e empatou com Corinthians e Atlético-MG.

A partir da próxima terça-feira, o técnico Paulo Autuori coloca em prática o plano elaborado visando o Mundial. Faltando cinco rodadas para o término do Brasileirão, os titulares devem participar apenas dos dois últimos confrontos contra Fortaleza, em 27 de novembro, e Atlético-PR, em 4 de dezembro, dez dias antes da estréia no certame internacional.

Se o fantasma do rebaixamento deixa o Morumbi, ele poderá agora se alojar no Alfredo Jaconi. A derrota na capital paulista mantém o Juventude em 14° lugar, com 46 pontos, mas apenas cinco de vantagem sobre o Flamengo, último a descer à Segunda Divisão na próxima temporada e que ainda atuará pela 37ª rodada do Nacional.

"Não é possível que a gente faça uma boa partida, como contra o Fortaleza [vitória por 2 a 0], e depois um jogo tão ruim como este. Temos que admitir que perdemos de pouco para o São Paulo", esbravejou o goleiro Rafael.

A campanha irregular, inclusive, é reflexo do baixo aproveitamento do clube longe de casa. A equipe alviverde perdeu os últimos sete jogos que fez como visitante. A última vitória fora da Serra Gaúcha aconteceu em 21 de julho, quando derrotou o Flamengo por 4 a 3, no Rio de Janeiro.

O São Paulo volta a campo no próximo sábado para enfrentar o arqui-rival Palmeiras, às 18h10, no estádio do Pacaembu. No domingo, o Juventude recebe o São Caetano, no mesmo horário, em Caxias do Sul.

O jogo
Tentando provar que ainda tinha motivação para disputar o Brasileiro, o São Paulo começou dominando a partida. Logo aos 3min, Júnior cobrou falta pela direita, Danilo desviou para trás na primeira trave, mas a zaga cortou antes que Christian completasse para as redes.

CICINHO: DESPEDIDA DE CASA?
Negociado com o Real Madrid, o lateral-direito Cicinho pode ter feito sua última partida pelo São Paulo no Morumbi.

Com a folga que o técnico Paulo Autuori dará aos titulares nos últimos cinco jogos do Brasileiro, o jogador não deve enfrentar Figueirense e Atlético-PR, confrontos que a equipe ainda fará em casa no certame.

"Não sei se foi o último. Quero pensar apenas em atuar pelo São Paulo. Temos mais dois jogos aqui [Morumbi] e vai depender do Paulo Autuori me escalar neles", despistou.

A expectativa, porém, é de que o treinador escale o time principal nas duas últimas rodadas, visando a disputa do Mundial Interclubes, em dezembro, no Japão.
Apesar de jogar recuado, o Juventude chegava ao ataque, sobretudo pelo lado direito da defesa adversária. Aos 14min, os gaúchos levaram perigo por aquele setor. Após cruzamento, Juliano apareceu na área e desviou por cima da meta.

Três minutos mais tarde, porém, o São Paulo abriu o placar. Josué chutou cruzado após receber de Júnior na esquerda e Rafael espalmou nos pés de Christian. O atacante furou na primeira tentativa, mas acertou na segunda e colocou o time da casa em vantagem.

Com mais tranqüilidade, o São Paulo não demorou a ampliar. Aos 23min, Mineiro recebeu lindo passe de Júnior entre a defesa e apenas tocou no canto direito na saída do goleiro rival.

Na volta do intervalo, o time tricolor reapareceu em ritmo mais lento. Dessa forma, o Juventude dominou os primeiros minutos, contudo, sem criar grandes oportunidades para descontar a vantagem construída na etapa inicial.

Quem continuou em alta velocidade foi o lateral Júnior, que deu passe para mais um gol do São Paulo. Aos 8min, a defesa gaúcha errou ao fazer a linha de impedimento e o ala avançou pela esquerda. Livre, ele apenas rolou para Roger empurrar às redes.

Aproveitando os espaços na defesa do Juventude, os donos da casa quase fizeram mais um aos 17min. Christian recebeu livre na área, mas se atrapalhou ao dominar a bola e parou na defesa de Rafael. Aos 22min, Tucho cobrou falta e carimbou o travessão de Rogério Ceni.

O Juventude só conseguiu descontar no final da partida. Aos 40min, Lauro cruzou da esquerda, a defesa falhou na marcação e a bola sobrou para Didé pegar de primeira, fechando o marcador.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Fabão, Lugano e Edcarlos; Cicinho, Mineiro (Renan), Josué, Danilo (Souza) e Júnior; Roger e Christian (Amoroso)
Técnico: Paulo Autuori

JUVENTUDE
Rafael; Éderson, Daniel (Jardel) e Marcão; Juliano, Ramalho, Lauro, Tucho e Roger; Enílton (Marlon) e Josiel (Didé)
Técnico: Hélio dos Anjos

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Luiz Antônio Silva Santos (RJ)
Auxiliares: Eurivaldo de Farias e Edinei Guerreiro Mascarenhas (RJ)
Cartões amarelos: Lugano (SP), Lauro (J), Roger (SP), Edcarlos (SP), Juliano (J)
Gols: Christian, aos 17min, e Mineiro, aos 23min do primeiro tempo; Roger, aos 8min, e Didé, aos 40min do segundo tempo

Leia mais

Veja também



ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias