! São Paulo ensaia bem em tarde de reserva - 19/11/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  19/11/2005 - 17h54
São Paulo ensaia bem em tarde de reserva

Da Redação
Em São Paulo

Em seu primeiro "ensaio" para o Mundial de Clubes da Fifa, o São Paulo contou com o retorno de alguns titulares para reencontrar o caminho das vitórias no Campeonato Brasileiro. Mas foi Thiago Ribeiro, um dos suplentes, quem se destacou, marcando três gols no triunfo por 4 a 2 sobre o Figueirense, na tarde deste sábado, no Morumbi, pela abertura da 40ª rodada.

JOSUÉ CORTA CABEÇA
Um dos cinco titulares reconduzidos à equipe antes do tempo imaginado por Paulo Autuori, que segue planejamento para o Mundial de Clubes, o volante Josué deu o sangue pelo time, literalmente, diante do Figueirense.

Em disputa aérea no final do primeiro tempo, o camisa 8 do São Paulo chocou sua cabeça com a de um adversário e sofreu um corte na testa, logo acima do olho esquerdo.

Atendido pelo departamento médico do clube tricolor, Josué voltou a campo com um curativo na cabeça e permaneceu até o final da partida, ajudando na vitória sobre os catarinenses.
Assim como aconteceu nas duas partidas anteriores, o técnico Paulo Autuori pretendia utilizar apenas os jogadores reservas contra os catarinenses. No entanto, os desfalques de suplentes fizeram o comandante tricolor adiantar seu planejamento e recolocar cinco titulares em ação: Fabão, Cicinho, Josué, Souza e Christian.

Reforçado, o São Paulo fez as pazes com o triunfo após duas derrotas seguidas (para Palmeiras e Goiás) e chegou aos 55 pontos, mantendo-se na zona de classificação à Copa Sul-Americana. Última pretensão do time no Nacional, a vaga no torneio sul-americano tem tudo para ser conquistada sem maiores sustos.

Afinal, nos últimos dois compromissos tricolores no Brasileiro, Autuori irá usar o que tem de melhor em seu elenco para dar ritmo ao time que disputará o Mundial em dezembro, no Japão. Rogério Ceni, Lugano, Mineiro, Danilo e Amoroso, assim, voltam à equipe após "folga" estratégica.

Pelos lados do Figueirense, o revés interrompe a série de duas vitórias consecutivas (sobre Vasco e Fortaleza), mas ainda deixa a equipe fora da zona de rebaixamento. Com 47 pontos, o time de Adilson Batista foi beneficiado com a derrota do Coritiba para o Atlético-MG.

Na próxima rodada, a penúltima do Nacional, as duas equipes entram em campo no domingo, dia 27. O São Paulo visita o Fortaleza no estádio Castelão, na capital cearense, enquanto o Figueirense vai até Brasília, onde encara o Brasiliense.

O jogo
A partida começou bastante aberta no Morumbi, com as duas equipes mostrando preocupação ofensiva. Com sete minutos de bola rolando, o São Paulo já conseguiu abrir o placar. Cicinho cobrou falta da esquerda, Édson Bastos fez boa defesa em cabeceio de Souza, mas, no rebote, Fábio Santos apareceu livre para balançar as redes.

O gol, no entanto, não assustou o time catarinense, que chegou à igualdade pouco depois, aos 17min. Edmundo fez jogada pela esquerda e cruzou na área. O zagueiro Alex falhou e a bola parou nos pés de Adriano, que mostrou oportunismo para empatar o confronto.

A felicidade do Figueirense durou pouco. Sete minutos mais tarde, o São Paulo voltou a ficar em vantagem no placar. Em rápido contra-ataque pelo meio, Christian roubou a bola após trapalhada de Cléber e ajeitou para Thiago Ribeiro. O jovem atacante bateu de primeira e acertou o canto esquerdo de Édson Bastos, fazendo 2 a 1.

Até então em tarde pouco inspirada, o zagueiro Cléber compensou sua falha com um gol típico de atacante. Aos 39min, ele recebeu passe na grande área, cortou Souza e bateu com categoria no canto alto de Flávio Kretzer, marcando um belo gol para empatar novamente o jogo.

"Não vinha muito bem, falhei no segundo gol de forma nítida e assumo o erro, mas depois fui agraciado com um gol importante", comemorou o experiente Cléber, xerife da defesa do time alvinegro.

Após o intervalo, o técnico Paulo Autuori decidiu fazer mais experiências na equipe e logo promoveu as três alterações. Aos 9min, Christian teve a única boa oportunidade dos primeiros minutos, cabeceando para fora.

Mas se o experiente atacante não estava com a mira calibrada, o mesmo não aconteceu com Thiago Ribeiro. O jovem jogador, aos 23min, fez o terceiro gol do São Paulo ao aproveitar cruzamento de Souza da esquerda e contar com falha de Da Silva.

Empenhado em agradar a Autuori para ir ao Mundial, Thiago ainda teve tempo de anotar mais um gol, seu terceiro no sábado, aos 41min. Moreira e Édson Bastos se desentenderam depois de lançamento longo e o camisa 41, com o gol livre, só teve o trabalho de empurrar para as redes.

SÃO PAULO
Flávio Kretzer; Fabão, Alex (Da Silva) e Edcarlos; Cicinho (Hernanes), Denílson, Josué, Souza e Fábio Santos (Richarlyson); Christian e Thiago Ribeiro
Técnico: Paulo Autuori

FIGUEIRENSE
Édson Bastos; Paulo Sérgio, Vinícius, Cléber (Moreira) e Michel Bastos (Fernandes); Rodrigo Souto, Carlos Alberto (Bruno), Marquinhos Paraná e Bilu; Edmundo e Adriano
Técnico: Adilson Batista

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Sérgio da Silva Carvalho (DF)
Auxiliares: Renato Miguel Vieira (DF) e Enio Ferreira de Carvalho (DF)
Público: 3.908 pagantes
Renda: R$ 143.221,00
Cartões amarelos: Fabão (SP), Josué (SP) e Vinícius (F)
Gols: Fábio Santos, aos 7min, Adriano, aos 17min, Thiago Ribeiro, aos 24min, e Cléber, aos 39min do primeiro tempo; Thiago Ribeiro, aos 23min e aos 41min do segundo tempo

Veja também

Leia mais


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias