! São Paulo bate Atlético-PR e embala para o Japão - 04/12/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  04/12/2005 - 18h00
São Paulo bate Atlético-PR e embala para o Japão

Da Redação
Em São Paulo

A intenção do São Paulo era se convencer e também à torcida de que a preparação para o Mundial de Clubes da Fifa nas últimas três semanas não fora em vão. O objetivo foi alcançado neste domingo com a boa vitória por 3 a 1 sobre o Atlético-PR, no Morumbi, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Triunfo este que ainda garantiu o tricolor na Copa Sul-Americana de 2006.

ADEUS, CICINHO!
O lateral-direito Cicinho se despediu do Morumbi na tarde deste domingo. Há dois anos no São Paulo, o jogador embarca para Espanha no começo do ano para se apresentar ao Real Madrid.

Substituído por Souza no segundo tempo, o ala teve seu nome gritado pela torcida durante alguns minutos. Para retribuir, ele se aproximou da arquibancada e jogou sua camisa para os torcedores - Cicinho estará com o São Paulo no Mundial de Clubes da Fifa, agora em dezembro.
"Tenho confiança na minha equipe. Com essa vitória de hoje [domingo], deu para ver que temos condições de chegar no Japão e conquistar o título [do Mundial de Clubes da Fifa]", comentou o lateral-esquerdo Júnior após a partida.

Com o resultado, a equipe do técnico Paulo Autuori chegou aos 58 pontos somados e terminou a competição na 11ª colocação, com a última vaga no torneio continental. O Atlético-PR, que já havia conquistado seu lugar na Sul-Americana, chegou à meta estadual. Mesmo com a derrota na capital paulista, o rubro-negro encerrou o Nacional como melhor time paranaense (sexto colocado).

Se para o Atlético-PR esta reedição da final da Copa Libertadores da América não mudou muita coisa, para o São Paulo significou o fôlego que o time precisava para embarcar com moral para o Japão nesta segunda-feira, dia 5 de dezembro.

Além de mostrar que o time está entrosado (jogou ainda sem Amoroso e Josué, suspensos), o técnico Paulo Autuori pôde testar o atacante Grafite por mais tempo e ainda dar confiança aos jovens Thiago Ribeiro e Denílson, que após bom Brasileiro embarcam para o Japão na segunda.

O camisa 9 tricolor, por sinal, foi um dos jogadores que mais se movimentou na partida deste domingo. Bastante acionado por seus companheiros, ele perdeu duas boas oportunidades e ainda sofreu a falta que originou o gol de Rogério Ceni (Lugano marcou dois e Ferreira diminuiu).

22 ANOS DE JEJUM
O Atlético-PR não vence o São Paulo atuando no Morumbi há 22 anos. A última vitória do time paranaense na capital paulista sobre o rival tricolor foi em 1983, pelo placar de 1 a 0.

Se por um lado, o rubro-negro de Curitiba é freguês, do outro o clube do Morumbi também amarga um incômodo jejum diante do Atlético-PR. O São Paulo jamais venceu o adversário jogando na Arena da Baixada, construída em 1999.
Do lado atleticano, o técnico Evaristo de Macedo aproveitou para analisar mais uma vez sua equipe e ver quem pode continuar no ano que vem. A intenção do treinador é manter a base e ainda complementar o elenco com alguns reforços para as competições que terá em 2006.

"O jeito agora é pensar no ano que vem. O pior é que encerramos uma campanha tão boa, como a que o Atlético-PR fez no segundo turno, com uma derrota", declarou o zagueiro Danilo.

O jogo
Embalado pela presença de um bom público no estádio do Morumbi, em sua despedida do Brasileirão, o São Paulo não deu tempo para o Atlético-PR respirar. Com postura ofensiva, a equipe do técnico Paulo Autuori permaneceu no ataque durante a maior parte da etapa inicial.

Só que foi o sistema defensivo que fez a diferença. Primeiro com Diego Lugano. Aos 9min, o zagueiro tricolor aproveitou cruzamento de Danilo e chutou. Após defesa de Diego e tentativa de Durval em afastar, ele cabeceou para o fundo do gol e abriu o placar.

Aos 22min, o meia Danilo recebeu a bola no bico esquerdo da grande área e cruzou. Atento, o uruguaio Lugano se antecipou aos marcadores e mandou de cabeça no canto direito do goleiro Diego, que se esticou e não evitou que a bola entrase no gol.

Um dos jogadores mais acionados do São Paulo, o atacante Grafite iniciou a jogada do terceiro gol. Depois de tentar avançar para área, ele foi derrubado. Na cobrança da falta, o goleiro Rogério Ceni acertou o canto esquerdo alto e ampliou para o time do Morumbi.

"O Atlético-PR começou muito mal a partida, e o São Paulo com mais objetividade. Temos que voltar com mais atenção se quisermos reagir", avisou o atacante Finazzi.

O recado do camisa 9 do time rubro-negro foi bem ouvido pelos seus companheiros, e o Atlético-PR diminuiu a desvantagem logo no primeiro minuto da etapa final. Ferreira recebeu bom passe na grande área e chutou. Após defesa de Rogério Ceni, o colombiano aproveitou o rebote e marcou.

Depois do gol, a equipe de Curitiba se manteve no ataque e teve boas oportunidades. No entanto, as defesas de Rogério Ceni e a ótima atuação da zaga evitaram a reação, garantindo um encerramento de Brasileirão com vitória ao São Paulo.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Fabão, Lugano e Edcarlos; Cicinho (Souza), Mineiro, Denílson (Renan), Danilo e Júnior; Grafite e Thiago Ribeiro
Técnico: Paulo Autuori

ATLÉTICO-PR
Diego; Durval, Danilo e Adriano; Jancarlos, Alan Bahia, Cristian, Evandro (Juliano) e Moreno (Marin); Ferreira e Finazzi
Técnico: Evaristo de Macedo

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Cláudio Luciano Mercante Júnior (PE)
Auxiliares: Irani Pinto da Paz e Jossemmar Moutinho (ambos de PE)
Cartões amarelos: Edcarlos (SP), Cristian (A), Fabão (SP), Moreno (A), Jancarlos (A), Denílson (SP), Lugano (SP), Danilo (A)
Gols: Lugano, aos 9min e aos 22min, e Rogério Ceni, aos 34min do primeiro tempo; Ferreira, a 1min do segundo tempo

Leia mais

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias