! Santo André supera o São Paulo um mês após título mundial - 18/01/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  18/01/2006 - 23h43
Santo André supera o São Paulo um mês após título mundial

Da Redação
Em São Paulo

O Santo André estragou a festa de aniversário do tricampeonato mundial do São Paulo. Exatamente um mês após vencer o torneio interclubes no Japão, a equipe do Morumbi estreou no Campeonato Paulista na noite desta quarta-feira com uma derrota por 1 a 0 para o Santo André, no estádio Bruno José Daniel, no ABC.

Wander Roberto/Vipcomm
Lugano foi expulso no segundo tempo e não evitou derrota do São Paulo na estréia
Justamente devido à disputa do Mundial da Fifa em dezembro, o time tricolor começou "atrasado" sua participação no Estadual de 2006, quando tentará defender o título obtido no primeiro semestre da temporada passada.

A partida marcou a reestréia do técnico Muricy Ramalho no banco de reservas do São Paulo. Vice-campeão brasileiro pelo Internacional, ele foi contratado para o lugar de Paulo Autuori e com uma difícil missão: manter o time no topo após as conquistas da Copa Libertadores e do Mundial.

No entanto, o novo treinador já começou sua trajetória com problemas. Além da falta de preparo físico do elenco tricolor e da primeira derrota do ano, ele já tem que lidar com o desfalque de Rogério Ceni, que se recupera de cirurgia no joelho, e com as ausências de Cicinho e Amoroso, negociados com Real Madrid-ESP e Milan-ITA, respectivamente.

"São jogadores que fazem falta em qualquer equipe do mundo, pois têm muita qualidade", comentou o volante Josué. "A estréia não foi a melhor e as coisas não aconteceram como planejamos. As pernas ainda estão um pouco pesadas, então temos que procurar melhorar para engrenar na competição", completou ele.

Para piorar a situação, no próximo jogo Muricy terá ainda a ausência do zagueiro Lugano, expulso no segundo tempo e que cumprirá suspensão automática. Esse foi o primeiro cartão vermelho recebido pelo uruguaio com a camisa tricolor.

Enquanto o time do Morumbi segue sem nenhum ponto na classificação do Paulista, o Santo André soma seus primeiros pontos. A equipe do ABC perdeu para Paulista e Ponte Preta nos dois jogos anteriores.

TORCIDA COBRA REFORÇOS
Em sua primeira apresentação após a conquista do tricampeonato mundial, a diretoria do São Paulo já ouviu cobranças da torcida tricolor no estádio Bruno José Daniel.

Motivados pelas saídas de Cicinho, Amoroso e Christian, os são-paulinos gritaram o nome de Luís Fabiano e pediram a chegada de um lateral-direito. Também aguardando reforços, Muricy Ramalho pediu calma.

"Conversamos diariamente sobre isso e estamos procurando soluções, mas quando se trata de jogadores de qualidade as negociações sempre são mais demoradas", disse o treinador, que elogiou Luís Fabiano, "escolhido" pela torcida.

"A torcida reconhece que está nos faltando um grande jogador como ele. Assim como todos os atletas que passaram pelo São Paulo, ele quer voltar", acrescentou Muricy.
O São Paulo volta a campo neste sábado, quando recebe o São Caetano no estádio do Morumbi, às 16h. O Santo André, por sua vez, vai até Bauru para enfrentar o Noroeste. A partida será realizada no domingo, no estádio Alfredo de Castilho, às 17h.

O jogo
O São Paulo começou o jogo procurando pressionar o Santo André já nos primeiros minutos. A equipe do Morumbi apostou sobretudo nos avanços de Júnior e Danilo pela esquerda para levar perigo ao gol de Júlio César.

O time do ABC, por sua vez, tentou dar o troco nas jogadas em velocidade. Dessa maneira, deu um grande susto no São Paulo aos 12min. Lugano recuou muito mal a bola para Bosco e Leandrinho chegou antes. O meia driblou o goleiro, mas concluiu para fora, desperdiçando grande chance.

Os comandados de Muricy Ramalho continuaram com maior volume de jogo, mas as oportunidades mais claras foram do adversário. Aos 21min, Roncatto fez boa jogada pela esquerda, dentro da área, driblou Edcarlos e bateu à esquerda de Bosco. A bola saiu rente à trave.

Pelo São Paulo, a melhor chance foi de Danilo. Ele recebeu bom passe de Thiago e disparou de esquerda, de primeira. No entanto, o chute saiu fraco, facilitando a defesa para Júlio César.

Depois do intervalo, o panorama do primeiro tempo se repetiu nos minutos iniciais, com apenas uma diferença: o Santo André conseguiu estufar as redes. Pouco depois de Aloísio desperdiçar oportunidade na área ao tentar toque para Souza, Túlio teve mais sucesso para colocar os anfitriões em vantagem.

LUGANO SE IRRITA
O zagueiro Diego Lugano viveu uma experiência inédita na derrota do São Paulo para o Santo André. O jogador uruguaio foi expulso pela primeira vez desde que chegou ao Morumbi, em 2003. Mas não poupou críticas ao juiz Otávio Corrêa da Silva, acreditando ter sido injustiçado. Leia mais
Aos 8min, Leandrinho recebeu passe pela esquerda e cruzou rasteiro. A bola passou por Roncatto, mas não por Túlio, que completou com força para o fundo das redes de Bosco, que nada pôde fazer para impedir o gol do Santo André.

A situação do São Paulo piorou aos 15min, quando Lugano cometeu falta dura na lateral direita e recebeu o segundo cartão amarelo, sendo expulso pelo árbitro. Irritado, o zagueiro demorou a deixar o campo e tentou cumprimentar o juiz, mas não foi correspondido.

Mesmo com um jogador a menos, o time de Muricy partiu em busca do empate nos minutos finais e quase atingiu seu objetivo aos 33min. Danilo aproveitou rebote na área, driblou dois zagueiros e chutou com força, carimbando a trave esquerda de Júlio César.

Aos 41min, o zagueiro Gabriel também foi expulso ao receber o segundo cartão amarelo por retardar o reinício da partida. O fato empolgou o São Paulo, que seguiu pressionando o Santo André, mas não obteve êxito.

SANTO ANDRÉ
Júlio César; Diego Padilha, Da Guia e Gabriel; Túlio (Makanaki), Ramalho, Édson Ramalho, Makelele e Pará; Leandrinho (Claudinho) e Roncatto (Carlos Eduardo)
Técnico: Roberto Cavalo

SÃO PAULO
Bosco; Fabão, Lugano e Edcarlos; Souza, Mineiro, Josué, Danilo e Júnior; Thiago (Roger) Aloísio
Técnico: Muricy Ramalho

Local: estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP)
Árbitro: Otávio Corrêa da Silva
Auxiliares: Flávio Alexandre Silveira e Gilmar Nunes Santos
Cartões amarelos: Gabriel (SA), Danilo (SP), Ramalho (SA), Mineiro (SP), Claudinho (SA)
Cartões vermelhos: Lugano (SP) e Gabriel (SA)
Gol: Túlio, aos 8min do segundo tempo

Leia mais


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias