! São Paulo empata com Guarani e não 'engrena' - 29/01/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  29/01/2006 - 20h15
São Paulo empata com Guarani e não 'engrena'

Da Redação
Em São Paulo

A intenção do técnico Muricy Ramalho, do São Paulo, na partida deste domingo, contra o Guarani, era engrenar no Campeonato Paulista. Mas o mecanismo da defesa não funcionou corretamente e o time da capital empatou por 3 a 3, no estádio do Morumbi, jogando com um a mais desde os 31min do primeiro tempo.

Wander Roberto/VIPCOMM
Wander Roberto/VIPCOMM
Jovem atacante Thiago foi um dos poucos destaques do São Paulo contra o Guarani
A boa atuação do atacante Thiago, o forte chute do lateral improvisado Souza e o oportunismo do centroavante Roger (autores dos gols são-paulinos) não foram suficientes para segurar as trapalhadas do zagueiro Fabão.

O camisa 3 do São Paulo cometeu dois pênaltis na partida, um em Edmílson e outro em Daniel, e só não foi expulso de campo porque o árbitro o poupou do segundo amarelo em ambas as penalidades, todas passíveis de advertência.

Insatisfeito com o desempenho da equipe, o técnico Muricy Ramalho pediu foco no Estadual: "Quando se fala muito em Libertadores, acaba-se perdendo o foco. E o Paulista é um campeonato em que precisamos estar sempre focados", declarou o comandante.

Com este empate, o time tricolor, que ainda tem um jogo a menos, segue com apenas uma vitória na competição estadual e figura na zona de rebaixamento, na 17ª colocação. O Guarani, por sua vez, foi aos cinco pontos e está em 14º.

São Paulo e Guarani voltam a campo na próxima quarta-feira, pela sexta rodada do Campeonato Paulista. A equipe tricolor joga fora de casa, contra o Marília, às 21h45. O time de Campinas, por sua vez, recebe o Rio Branco, às 20h30, no Brinco de Ouro.

O jogo
Em busca da sua segunda vitória no Campeonato Paulista e de afirmação neste início de temporada, o São Paulo partiu para cima do Guarani logo de cara. Aos 4min, Thiago avançou pela esquerda e cruzou. Rodrigo Fabri perdeu gol incrível na pequena área.

O lance animou o time do Morumbi, que quase abriu o placar aos 11min. O lateral-esquerdo Júnior chutou forte de fora da área e acertou a trave direita do goleiro Fernando. No rebote, Rodrigo Fabri não alcançou a bola.

Aproveitando o jogo aberto do São Paulo, o Guarani apostou nos contra-ataques. E deu certo. Aos 19min, Edmílson avançou na grande área e foi derrubado por Fabão. Na cobrança do pênalti, aos 20min, Bilu colocou o time de Campinas em vantagem.

A equipe do técnico Muricy Ramalho, porém, contou com a boa atuação do atacante Thiago para empatar. Aos 30min, o jogador chutou forte da meia-lua e marcou seu primeiro gol neste Campeonato Paulista. O goleiro Fernando ainda tocou na bola.

Um minuto depois, o meia Elvis empurrou Souza na lateral após desentendimento e foi expulso de campo. O São Paulo foi para cima, mas não soube aproveitar a superioridade numérica. Pelo contrário, deu espaço para o segundo gol do adversário.

Aos 44min, Edmílson avançou no contra-ataque pela esquerda e tocou para o meio da área. Rodrigo Sá, que fechava na pequena área, desviou para o fundo do gol.

"Não está nada bom. Não adianta eu marcar gol e o São Paulo perder. Vamos voltar com tudo para o segundo tempo e conquistar a virada", disse o são-paulino Thiago.

E ele estava certo. O São Paulo conquistou a virada. Logo no primeiro minuto da etapa final, Souza recebeu a bola perto da grande área e chutou forte. O goleiro Fernando não teve oportunidade de evitar o gol de empate da equipe tricolor.

A virada saiu dos pés de Roger, ex-jogador da Ponte Preta, arqui-rival do Guarani. O atacante, que entrara no lugar de Rodrigo Fabri no intervalo, aproveitou o cruzamento de Júnior da esquerda e, da pequena área, desviou para as redes.

Com a vantagem, o São Paulo continuou dando espaços para o Guarani, que chegou ao empate aos 39min. Em cobrança de pênalti, feito por Fabão em Daniel, Edmílson marcou o dele - ele já tinha sofrido o outro pênalti e dado uma assistência - e deu números finais ao jogo.

SÃO PAULO
Bosco, Fabão, Lugano e Alex; Souza, Mineiro, Josué (Denílson), Danilo e Júnior; Rodrigo Fabri (Roger) e Thiago
Técnico: Muricy Ramalho

GUARANI
Fernando, Nelsinho, César, Sandro e Daniel; Goeber, Rodrigo Sá (Mariano), Bilu (Fabiano) e Elvis; Adeílson (Umberto) e Edmílson
Técnico: Luiz Carlos Ferreira

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Auxiliares: Carlos Augusto Nogueira Jr. e Alessandro Pitol Arantes
Cartões amarelos: Fabão (SP), Bilu (G), Rodrigo Sá (G), Josué (SP), Lugano (SP)
Cartão vermelho: Elvis (G)
Gols: Bilu, de pênalti, aos 20min, Thiago, aos 30min, e Rodrigo Sá, aos 44min do primeiro tempo; Souza, a 1min, Roger, aos 20min, e Edmílson, de pênalti, aos 39min do segundo tempo

Leia mais

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias