! Ricardinho e Tevez iniciam arrancada corintiana - 01/02/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  01/02/2006 - 22h26
Ricardinho e Tevez iniciam arrancada corintiana

Da Redação
Em São Paulo

Ídolos alvinegros, Ricardinho e Tevez deram início à arrancada do Corinthians no Campeonato Paulista. Na noite desta quarta-feira, a dupla comandou a equipe da capital na goleada de 5 a 0 sobre o São Bento, no Pacaembu. A partida marcou o reencontro da fiel torcida com o meia, que marcou um dos gols da partida e deu início à jogada de outros dois.

Rubens Cavallari/Folha Imagem
Tevez brilha, marca três e, ao lado de Ricardinho, conduz o Corinthians à goleada
O argentino Tevez também foi um dos grandes destaques da partida. Melhor jogador do Brasileirão do ano passado e um dos mais entusiasmados com a chegada de Ricardinho ao Corinthians, ele marcou três vezes. Agora, se igualou a Nilmar na artilharia do Estadual. Cada um tem cinco gols.

A vitória deu início ao "projeto liderança", instalado por Antônio Lopes no Parque São Jorge. O plano do treinador é chegar ao final de semana empatado com o Palmeiras, que tem 15 pontos. Agora, para atingir o objetivo, precisa bater o Bragantino no próximo sábado e torcer pela derrota do rival alviverde e também do Noroeste.

Foi a primeira vez que o Corinthians conseguiu duas vitórias consecutivas nesta temporada. Nas primeiras quatro partidas, quando Lopes utilizou 'rodízio' de jogadores, a equipe alvinegra alternou bons e maus resultados. Diante do Rio Branco, no último domingo, a diretoria do clube exigiu o fim do sistema. Com 'força total', o time goleou os últimos dois adversários.

O meia Carlos Alberto, que briga com Rosinei e Roger por uma vaga no meio-campo do Corinthians, creditou o crescimento de produção nas últimas rodadas a Ricardinho.

"Ele foi o grande destaque da partida de hoje [quarta-feira]. A chegada dele mudou nosso time. Veio para somar e, sem dúvida, vai fazer um grande trabalho aqui com a gente", afirmou Carlos Alberto.

Os elogios não vieram apenas dos colegas de equipe. A torcida também vibrou com Ricardinho no gol de falta marcado pelo meia. O jogador, que também teve passagens por Santos e São Paulo, retribuiu.

"Aqui é o meu lugar. Existe o carinho do torcedor e também da minha parte pela torcida. Meu retorno poderia ter acontecido antes, mas aconteceu agora e estou muito feliz", vibrou Ricardinho.

Neste sábado, o Corinthians recebe o Bragantino, às 18h10, novamente no Pacaembu. O retorno de Roger, que era previsto para este jogo, terá de ser adiado. O meia ainda não está totalmente recuperado de lesão na perna direita e só deverá estar à disposição de Antônio Lopes na próxima semana.

O São Bento, que com a derrota segue sem vencer e na lanterna do Paulistão, receberá o São Caetano. A partida está marcada para o domingo, às 17h, no estádio Walter Ribeiro.

O jogo
O jogo começou truncado e o São Bento foi o primeiro a levar perigo em cobrança de falta da entrada da área com Márcio Martins, aos 10min. O zagueiro cobrou com força e Marcelo espalmou para fora.

No minuto seguinte, após a cobrança de escanteio sem efeito dos visitantes, Rosinei arrancou em velocidade e tocou para Tevez. O argentino invadiu a área, se enroscou com o volante Leandro Moreno e caiu. O árbitro, que estava distante da jogada, não teve dúvidas e assinalou o pênalti. O próprio Tevez bateu e abriu o placar para o Corinthians.

16 ANOS DEPOIS...
A goleada desta noite marcou o reencontro entre Corinthians e São Bento no Estadual.

As duas equipes não se enfrentavam desde 1990. No Paulistão daquele ano, o time de Parque São Jorge derrotou a equipe de Sorocaba por 1 a 0 com gol de Viola.
Depois do gol, o Corinthians passou a dominar a posse de bola e ter maior volume de jogo. Os jogadores do São Bento, no entanto, abusaram das faltas para frear as investidas da equipe alvinegra. E foi justamente em uma cobrança de bola parada que o time de Antônio Lopes ampliou.

Aos 33min, o árbitro marcou falta inexistente sobre Nilmar na entrada da área. Ricardinho cobrou com perfeição e ampliou. O goleiro Fabiano nem se mexeu.

No finalzinho do primeiro tempo, Rosinei sentiu a virilha e deixou o gramado sentindo dores. Na vaga do meia, o técnico colocou Carlos Alberto.

O Corinthians voltou para o segundo tempo sem alterações e, logo aos 13min, ampliou a vantagem. Nilmar foi derrubado por Márcio Martins dentro da área e o árbitro assinalou o pênalti. Tevez cobrou com força e fez o terceiro do time de Parque São Jorge.

Aos 18min, novamente em lance de bola parada, o Corinthians marcou o quarto. Ricardinho cobrou falta com perfeição, Gustavo Nery escorou de cabeça e Marcelo Mattos, livre de marcação, completou para o fundo do gol.

O Corinthians fechou a goleada aos 44min. Tevez aproveitou cobrança de escanteio e marcou o quinto gol do Corinthians.

CORINTHIANS
Marcelo; Eduardo (Marinho), Wescley, Betão e Gustavo Nery; Marcelo Mattos, Bruno Octávio (Xavier), Rosinei (Carlos Alberto) e Ricardinho; Nilmar e Tevez
Técnico: Antônio Lopes

SÃO BENTO
Fabiano; Odirlei, Márcio Martins (Aílton) e Toninho; Rincón, Leandro Moreno, Magal, Thiago Amaral e Émerson; Genílson (Celsinho) e Marciano.
Técnico: Abelha

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Luciano Aparecido Severo
Auxiliares: Marcelino Tomaz de Brito Neto e James Anderson Moraes
Cartões amarelos: Leandro Moreno(S), Wescley(C), Odirlei(S), Bruno Octávio(C), Tevez(C), Rincón(S)
Cartão vermelho: Betão(C)
Gols: Tevez, aos 13min, Ricardinho, aos 33min do primeiro tempo; Tevez, aos 13min, Marcelo Mattos, aos 18min, e Tevez, aos 44min do segundo tempo

Veja também
Leia mais


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias