! São Paulo bate Marília e cumpre primeira meta - 01/02/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  01/02/2006 - 23h45
São Paulo bate Marília e cumpre primeira meta

Da Redação
Em São Paulo

Atual campeão paulista, o São Paulo deu um importante passo para seguir na defesa do título estadual. Na noite desta quarta-feira,a equipe conquistou sua segunda vitória na competição ao bater o Marília por 2 a 0, no estádio Bento de Abreu Sampaio, em duelo válido pela sexta rodada.

Vipcomm/Diário de Marília
Júnior (ao centro) é abraçado por companheiros após marcar o primeiro do São Paulo em Marília
Assim, o time tricolor cumpre a primeira etapa da meta traçada por Muricy Ramalho, que exigiu seis pontos até o próximo final de semana para continuar apostando suas fichas no Paulista. Do contrário, o treinador já adiantou que irá utilizar reservas no torneio estadual para fazer uma preparação ideal para a Copa Libertadores.

O resultado também ajuda o elenco são-paulino a recuperar a confiança perdida em 2006, como disse o volante Mineiro: "Tivemos uma derrota e um empate em casa, o que sempre tem um gosto muito amargo. O importante dessa vitória é que ela nos ajuda a conseguir a confiança necessária para embalarmos".

Depois de um ano recheado de glórias, a equipe começou a atual temporada cambaleando e ainda busca preencher as lacunas abertas com as saídas de importantes peças.

Após perder jogadores como Amoroso, Cicinho, Grafite e Christian, além de não poder contar com o goleiro Rogério Ceni, que se recupera de cirurgia, o São Paulo, aos poucos, tenta ganhar nova cara. Para isso, contratou Alex Dias, André Dias e Leandro, que ainda não fizeram suas estréias.

MARÍLIA VÊ OUTRA 'TROCA'
Uniforme de goleiro virou sinônimo de "problema" para o Marília neste Campeonato Paulista, sobretudo contra os principais times do estado.

Nesta quarta-feira, embora não tenha causado grande atraso ao início da partida, o árbitro Antônio Rogério Batista do Prado fez o goleiro Guto trocar de uniforme antes do jogo, alegando que a camisa do jogador poderia causar confusão.

Há dez dias, o Marília estava presente em outro duelo com acontecimento parecido. Diante do Santos, na Vila Belmiro, o goleiro Fábio Costa também precisou mudar o uniforme antes do apito inicial.

Naquela oportunidade, porém, o camisa 1 santista demorou para efetuar a troca e acabou punido com o cartão amarelo. O juiz era Rodrigo Martins Cintra.
O triunfo desta noite leva o time tricolor a sete pontos na classificação, deixando a zona de rebaixamento. A equipe tem um jogo a menos por ter iniciado mais tarde sua caminhada no Paulista. O Marília, por sua vez, permanece com quatro pontos e na faixa de descenso à Série A-2.

O São Paulo volta a campo no próximo domingo, quando faz o clássico diante do Palmeiras, às 18h10, no estádio do Morumbi. Um dia antes, o Marília vai até Jundiaí, onde atua no Jaime Cintra contra o Paulista, também às 18h10.

O jogo
Com as duas equipes precisando da vitória para deixar a parte inferior da tabela, a partida começou bastante aberta. A primeira boa chance foi do Marília. Logo aos 2min, Wellington Amorim invadiu a área pela direita e chutou cruzado, exigindo grande defesa de Bosco. No rebote, o camisa 7 bateu com força, mas parou na marcação.

O troco são-paulino aconteceu no minuto seguinte. Souza avançou pela direita em velocidade e cruzou na medida para Aloísio. O atacante tentou o disparo de primeira, mas pegou muito mal na bola, mandando para fora.

Aos 9min, foi a vez de Souza, em cobrança de falta, assustar novamente o goleiro Guto. O ala chutou com categoria e acertou o travessão do Marília, muito próximo ao ângulo direito. Mas se a bola parada de Souza não resultou em gol, Júnior teve mais sucesso.

Aos 28min, o lateral-esquerdo bateu com força da meia direita e colocou a bola sobre a barreira, surpreendendo o goleiro para colocar o São Paulo em vantagem. Para piorar a situação dos anfitriões, o goleiro Guto se lesionou e precisou ser substituído por Bruno.

Na etapa final, o técnico do Marília, Wladimir Araújo, abandonou o esquema com três zagueiros ao substituir Gian pelo meia Éder. A alteração tornou o time da casa mais ofensivo e a partida, mais aberta.

Assim, o Marília logo assumiu o comando das ações no meio-campo. No entanto, a equipe encontrou dificuldades para penetrar na defesa do São Paulo, que passou a apostar nas saídas em velocidade para surpreender e sacramentar a vitória.

Os chutes de longa distância e os cruzamentos na área, então, foram as principais armas dos anfitriões. Wellington Amorim, pelas pontas, infernizou o setor defensivo tricolor, dando muito trabalho a Fabão. O zagueiro, inclusive, tomou o terceiro cartão amarelo e está suspenso para a próxima rodada.

Cobranças de falta próximas da grande área levaram constante perigo à meta de Bosco, mas o goleiro reserva do São Paulo resistiu. Sandro Gaúcho, pelo meio da área, também atormentou os três zagueiros tricolores, perdendo boa oportunidade aos 40min, depois de jogada pela esquerda.

O São Paulo procurou trocar o maior número possível de passes para deixar o tempo rolar. Dessa maneira, conseguiu assustar Bruno pelo lado esquerdo. Souza e Júnior ameaçaram a meta do Marília, mas não tiveram sucesso. Roger, porém, mostrou melhor pontaria e, após bom passe de Souza, marcou o segundo gol dos visitantes aos 45min, fechando o placar.

MARÍLIA
Guto (Bruno); Gian (Éder), Gum e Téio; Bruno, Fernando (Juninho), João Marcos, Danilo e Michael; Sandro Gaúcho e Wellington Amorim
Técnico: Wladimir Araújo

SÃO PAULO
Bosco; Fabão, Alex e Edcarlos; Souza, Mineiro, Josué, Danilo e Júnior; Aloísio (Roger) e Thiago (Richarlyson)
Técnico: Muricy Ramalho

Local: estádio Bento de Abreu Sampaio Vidal, em Marília (SP)
Árbitro: Antônio Rogério Batista do Prado
Auxiliares: Hilton Francisco de Melo e Leonardo Ferreira Alves
Público: 13.257 torcedores
Renda: R$ 181,072.00
Cartões amarelos: Aloísio (SP), Téio (M), Mineiro (SP), Gian (M), Josué (SP), Fabão (SP), Juninho (M), Gum (M)
Gols: Júnior, aos 28min do primeiro tempo; Roger, aos 45min do segundo tempo

Leia mais

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias