! Viola marca, mas Guarani reencontra a vitória - 18/02/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  18/02/2006 - 17h54
Viola marca, mas Guarani reencontra a vitória

Da Redação
Em São Paulo

Depois de amargar jejum de 17 dias, o Guarani voltou a vencer e se afastou da zona de rebaixamento do Campeonato Paulista. Na abertura da décima rodada, na tarde deste sábado, a equipe de Campinas foi até a capital e superou o Juventus por 2 a 1 no estádio Conde Rodolfo Crespi, na Rua Javari.

O time alviverde não conseguiu um triunfo havia quatro partidas, desde o dia 1º de fevereiro, quando bateu o Rio Branco por 3 a 2. Neste período, perdeu para o Ituano (2 a 1) e obteve três empates, dois pelo Paulistão, contra Palmeiras e Ponte Preta, e um pela Copa do Brasil, diante do Estrela do Norte-ES.

Ex-jogador do Guarani, Viola, com seu primeiro gol pelo Juventus, tentou atrapalhar o clube de onde saiu brigado no ano passado de reencontrar a vitória. No entanto, Goeber e Fabiano marcaram para a equipe do interior e asseguraram o triunfo.

Com o resultado, o Guarani chegou aos mesmos 13 pontos do Juventus, que ocupa faixa intermediária da tabela. O time da capital, por sua vez, sofre seu segundo revés consecutivo em casa, já que no jogo anterior caiu diante do São Caetano por 1 a 0.

No primeiro tempo, os dois times fizeram um jogo aberto, mas não conseguiram abrir o placar. O Juventus teve mais chances reais de gol, mas esbarrou na falta de pontaria e na boa atuação do goleiro Fernando, que sofreu com a pressão dos torcedores paulistanos.

"A torcida pega no pé e gosta de xingar, já que fica bem próxima do gramado. É preciso ficar tranqüilo e ter a cabeça boa para não deixar nada te desconcentrar", comentou Fernando, que aprovou a atuação do Guarani, mas alertou sobre o vacilo da equipe no fim da primeira etapa: "Nosso time deixou o Juventus crescer no final".

Após o intervalo, os visitantes inauguraram o marcador logo aos 5min. André Conceição tocou na direita para Juliano, que ajeitou na grande área para Goeber, livre de marcação, finalizar sem chances de defesa para o goleiro Paulo Musse.

Com a vantagem, o Guarani recuou e começou a ser pressionado pelos anfitriões. Precisando do resultado, o técnico Sérgio Soares deixou o Juventus mais ofensivo e foi em busca do empate. E atingiu seu objetivo aos 33min, quando Viola deixou tudo igual.

Contudo, Fabiano voltou a balançar as redes cinco minutos mais tarde e recolocou o time alviverde em vantagem, acabando com o jejum amargado pelos comandados de Luiz Carlos Ferreira.

As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira, às 20h30. O Guarani atua diante de sua torcida, no estádio Brinco de Ouro, contra o Paulista, em partida adiantada da 12ª rodada. O Juventus, por sua vez, pega o Palmeiras no Parque Antarctica, em São Paulo, em jogo atrasado da sexta rodada.

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias