! Dinâmico, São Paulo bate Mogi e assume liderança - 22/02/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  22/02/2006 - 22h26
Dinâmico, São Paulo bate Mogi e assume liderança

Da Redação
Em São Paulo

Líder do Campeonato Paulista e dono do melhor ataque da competição estadual. Este é o dinâmico São Paulo do técnico Muricy Ramalho, que na noite desta quarta-feira venceu o Mogi Mirim por 3 a 0, em partida adiantada da 12ª rodada do certame - no dia certo da etapa (1º de março), o time estréia na Copa Libertadores da América.

ÍDOLO CELEBRADO

"Ão, ão, ão, Rogério é seleção". O canto foi entoado pela torcida do São Paulo na noite desta quarta-feira, assim que o goleiro tricolor entrou em campo, para celebrar a convocação do jogador para defender a seleção brasileira.

Com Marcos, Dida e Júlio César (preferidos do técnico Carlos Alberto Parreira) machucados, o camisa 1 do São Paulo foi chamado para o amistoso contra a Rússia, na próxima quarta-feira, ao lado de Gomes, do PSV.

Mostrando pouca empolgação com o fato, já que havia "jogado a toalha" na semana passada em relação à possibilidade de ir à Copa do Mundo, Rogério Ceni lamentou ter de desfalcar o São Paulo na estréia da Libertadores, contra o Caracas, no mesmo dia.

"A convocação foi momentânea em virtude das lesões dos outros goleiros. Eu vou procurar defender o meu país, mas é uma pena não jogar a Libertadores", comentou o ídolo da torcida são-paulina, que ainda gritou: "é o melhor goleiro do Brasil".
Jogando no estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, porque o Morumbi recebeu o show do U2 na segunda e na terça, o time tricolor demorou a apresentar a constante troca de posições proposta pelo treinador. Muito pela retranca do Mogi.

Na segunda etapa, porém, o São Paulo voltou mais inspirado e sufocou o adversário, que viu o volante Mineiro entrar como atacante na área para marcar o primeiro gol. O ala-direito Souza chegar pelo meio e chutar de fora da área, fazendo o segundo. E também o goleiro Rogério Ceni, de pênalti, assinalando o terceiro.

O resultado levou a equipe tricolor aos 23 pontos na ponta da tabela. Empatado com o arqui-rival Palmeiras, o time do Morumbi vence no saldo de gols (17 contra 11). Mas tem um jogo a mais do que o vice-líder por ter adiantado a partida contra o Mogi.

A vitória desta noite, além da liderança do Paulistão, valeu ao São Paulo a manutenção de uma invencibilidade que agora é de oito jogos. A última derrota aconteceu no dia 25 de janeiro, quando perdeu para o Juventus por 1 a 0, dentro de casa.

Se do lado tricolor os motivos para comemorar são muitos, do lado do Mogi Mirim a preocupação tomou conta. Com o tropeço desta noite, a equipe do interior se manteve na vice-lanterna, com oito pontos, seriamente ameaçada pelo rebaixamento.

O São Paulo retorna a campo pelo Campeonato Paulista no próximo sábado, quando enfrenta a Ponte Preta, às 18h10, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. No mesmo dia e horário o Mogi Mirim recebe o Juventus, no estádio Papa João Paulo II.

O jogo
O São Paulo briga pelo título do Campeonato Paulista. Já o Mogi Mirim para não ser rebaixado no certame estadual. Mas como declarou o técnico Muricy Ramalho antes de o jogo começar, o time da capital não encontrou espaços com facilidade.

"Eles vieram com três zagueiros e vão jogar fechados. Será muito difícil e temos de jogar com muita inteligência para vencer", avaliou o treinador tricolor. E o começo da partida realmente foi complicado para o São Paulo.

INVENCIBILIDADE TRICOLOR
AdversárioDataPlacar
Guarani29/013x3
Marília01/022x0
Palmeiras05/024x2
Portuguesa09/023x1
Portuguesa Santista12/025x0
Bragantino15/023X3
Paulista18/025x1
Mogi Mirim22/023x0
Tanto que a primeira boa chance do duelo foi do Mogi Mirim. Aos 10min, após cobrança de escanteio da direita, a bola passou por toda a zaga tricolor e sobrou para Dinei. O atacante chutou por cima do gol e desperdiçou ótima oportunidade.

Com mais posse de bola, o São Paulo demorou a encontrar espaços para tocar a bola com rapidez. E quando achou parou nas defesas do goleiro Edervan. Aos 12min, Danilo toca para o meio da área e Alex Dias chutou forte. O camisa 1 do Mogi defendeu.

A equipe da capital teve mais duas chances. Uma delas evitada pelo goleiro adversário. Aos 26min, André Dias desviou cruzamento de Thiago. Edervan salvou em cima da linha. Quatro minutos depois, Souza cruzou da esquerda e o zagueiro Diego Lugano, da pequena área e sem marcação, mandou por cima do travessão.

No segundo tempo, o São Paulo começou com um ritmo mais forte. E logo no primeiro minuto quase abriu o placar. Souza fez boa jogada pela direita e tocou para Danilo. O meia achou Josué na grande área e o volante chutou cruzado em cima da zaga.

Não demorou para a pressão são-paulina resultar em gol. Aos 7min, após tabela de Danilo com Josué, a bola sobrou para Júnior na esquerda. O lateral cruzou para o meio da área. Wellington tentou cortar, mas Mineiro ficou com a bola, virou e chutou no ângulo esquerdo do goleiro Edervan para abrir o placar.

Três minutos depois, Souza aumentou a vantagem tricolor. O meia, que joga improvisado na lateral direita desde a saída de Cicinho para o Real Madrid, arriscou chute da meia-lua e acertou o canto direito do goleiro do Mogi Mirim.

Com total domínio das ações do jogo, o São Paulo chegou ao terceiro gol aos 34min. Em cobrança de pênalti, o goleiro Rogério Ceni acertou, com categoria, o canto esquerdo de Edervan. O goleiro do Mogi pulou para o outro lado.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; André Dias, Diego Lugano e Edcarlos; Souza, Mineiro, Josué, Danilo (Rodrigo Fabri) e Júnior; Alex Dias (Leandro) e Thiago
Técnico: Muricy Ramalho

MOGI MIRIM
Edervan; Preto, Alexandre Luz e Xandão; Dudu, Wellington, Pepo (Marcus Vinicius), Fernando (Ramirez) e Wesley; Dinei e Marquinhos Alagoano (Gerson)
Técnico: Círio Quadros

Local: estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP)
Árbitro: Paulo César de Oliveira
Auxiliares: Roberto Gomes da Silva e Caio Henrique Monteiro
Cartões amarelos: Wesley (M), Souza (SP), Thiago (SP)
Gols: Mineiro, aos 7min, Souza, aos 10min, e Rogério Ceni, de pênalti, aos 34min do segundo tempo

Leia mais

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias