! Corinthians vacila e cede empate ao Marília no fim - 05/03/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  05/03/2006 - 20h10
Corinthians vacila e cede empate ao Marília no fim

Da Redação
Em São Paulo

Derrota do São Paulo em Sorocaba. E vitória do Corinthians no Pacaembu. Tudo caminhava para o time do Parque São Jorge assumir o segundo lugar do Campeonato Paulista. Mas, nos acréscimos, o Marília marcou um gol e conquistou o empate por 1 a 1, em partida válida pela 13ª rodada.

Fernando Santos/FI
Nilmar marcou de cabeça e foi a 16 gols, mas Corinthians cedeu empate no Pacaembu
Agora, o time de Parque São Jorge está na quarta colocação com 25 pontos somados. A diferença para o líder Santos já chega aos seis pontos. E o Corinthians não terá a chance de diminuir a desvantagem numérica através do confronto direto. No clássico entre as duas equipes, a equipe do litoral levou a melhor e venceu por 1 a 0.

Na noite deste domingo, mais uma vez, o gol do Corinthians foi marcado por Nilmar. O atacante balançou as redes aos 41min do primeiro tempo e chegou à marca de 16 gols no Paulistão. Ele está cada vez mais isolado no posto de artilheiro do Estadual.

Sem poder contar com Ricardinho, Gustavo Nery e Tevez, que disputaram amistosos por suas seleções no meio de semana, Antônio Lopes armou uma equipe formada por alguns reservas e por exigências da MSI.

Desta maneira, a equipe alvinegra entrou em campo com o goleiro Herrera e promoveu, no segundo tempo, a volta de Mascherano. O volante argentino retornou ao Corinthians após ter ficado sete meses afastado por conta de uma contusão no pé esquerdo.

O jogador, no entanto, não conseguiu se destacar."Sei que não tive uma grande atuação, mas é aquilo que todo mundo sabe: tenho que esperar ganhar ritmo de jogo, melhorar para poder jogar o meu melhor futebol", disse Mascherano.

A equipe do Marília, que era vista como uma espécie de "sparring" para que o Corinthians se preparasse para uma semana cheia de decisões, acabou surpreendendo ao empatar com o time de Parque São Jorge - a equipe do interior segue na zona de descenso. Agora, o time alvinegro terá de procurar a recuperação em uma semana recheada de decisões.

Nesta quinta-feira, o Corinthians vai ao México para encarar o Tigres. A vitória fora de casa leva a equipe alvinegra à liderança do Grupo 4 da Libertadores. No retorno ao Brasil, terá pela frente o rival São Paulo. O clássico será disputado no domingo, no estádio do Morumbi.

O jogo
As últimas vitórias do Corinthians sobre times do interior paulista começaram com os adversários dificultando a vida do atual campeão brasileiro. Nesta noite, não foi diferente. Logo aos 10min Bruno Ribeiro fez boa jogada e rolou para Fernando, que bateu forte de fora da área. A bola, no entanto, passou à direita da meta do goleiro Herrera.

NILMAR EM SEQÜÊNCIA
Apesar do empate, Nilmar segue brilhando no elenco do Corinthians. Com o gol marcado esta noite, o atacante manteve a excelente seqüência de gols que o mantém no posto de artilheiro isolado do Campeonato Paulista.

Nilmar balançou as redes nos últimos cinco jogos do Estadual. Em todos, mais de uma vez. Contra o Mogi Mirim foram quatro, contra o Santo André foram dois e contra o Ituano, mais dois. Em todos o Corinthians conquistou a vitória. No entanto, esta noite, quando Nilmar conseguiu marcar apenas uma vez, a equipe alvinegra não conseguiu sair de campo com três pontos.

Com 16 gols marcados no certame, Nilmar persegue uma marca história. O último artilheiro do Corinthians no Campeonato Paulista foi o centroavante Viola, autor de 20 gols em 1993. Desde então, o time alvinegro não conseguiu mais ter o líder dos goleadores do torneio.
Dois minutos depois, foi a vez de Lino trabalhar na criação. O jogador do Marília se livrou de dois marcadores e passou para Wellington Amorim, que cruzou. O lance acabou não se concretizando porque Sandro Gaúcho não alcançou a bola, que saiu pela linha lateral.

O Corinthians só teve boa chance de abrir o marcador aos 24min. Após batida de longe, o goleiro Guto soltou a bola e Nilmar ficou com a sobra. O atacante tentou a finalização, mas o goleiro se recuperou e fez boa defesa

A resposta do Marília veio aos 27min. Lino arrancou pela esquerda e passou para Sandro Gaúcho. O atacante cruzou na saída do goleiro Herrera para Wellington Amorin, que mandou por cima da desprotegida meta alvinegra.

Quando o final do primeiro tempo já se aproximava, dando a entender que as equipes desceriam para os vestiários com o empate sem gols, o Corinthians abriu o placar. Aos 41min, Rafael Moura cruzou da esquerda para Nilmar, que subiu de cabeça e colocou os donos da casa em vantagem.

Com o resultado na mão, o Corinthians decidiu administrar o placar e o jogo ficou bastante truncado no meio-campo. Aos 9min, Antônio Lopes decidiu promover a volta de Mascherano e sacou Wendel.

No entanto, quem chamou a atenção no meio-campo dos donos da casa foi Carlos Alberto, ao conseguir uma expulsão após uma suposta cotovelada em Zumbi. O atacante do Marília revidou com um pontapé e também recebeu o cartão vermelho.

No minuto final, Bruno Ribeiro se livrou da marcação e bateu de fora da área para deixar tudo igual.

CORINTHIANS
Herrera; Coelho (Rosinei), Betão, Marcus Vinícius (Marquinhos) e Rubens Júnior; Wendel (Mascherano) Marcelo Mattos, Roger e Carlos Alberto; Nilmar e Rafael Moura
Técnico: Antônio Lopes

MARÍLIA
Guto; David (Chico Marcelo), Gum, Gian e Bruno Ribeiro; Fernando, João Marcos, Alexandre (Éder) e Lino; Wellington Amorim e Sandro Gaúcho (Zumbi)
Técnico: Fito Nevez

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Cléber Wellington Abade
Auxiliares: Ana Paula de Oliveira e Evandro Luiz Silveira
Cartões amarelos: Herrera (C) e Bruno Ribeiro (M)
Cartões vermelhos: Carlos Alberto (C) e Zumbi (M)
Gols: Nilmar, aos 41min do primeiro tempo; e Bruno Ribeiro, 48min do segundo tempo

Leia mais

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias