! Portuguesa perde do Juventus e segue em risco - 18/03/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  18/03/2006 - 17h03
Portuguesa perde do Juventus e segue em risco

Da Redação
Em São Paulo

A cada rodada que passa do Campeonato Paulista, a Portuguesa se aproxima mais do rebaixamento para a segunda divisão estadual. Na tarde deste sábado, na Rua Javari, o time rubro-verde perdeu para o Juventus por 2 a 0 e chegou ao oitavo jogo sem vitória no certame - o último triunfo foi sobre o Santo André, dia 5 de fevereiro.

Com apenas 11 pontos somados em 15 rodadas, o clube do Canindé segue na vice-lanterna.

"Cada jogo que passa nossa situação fica mais difícil. Tínhamos uma meta traçada de quatro vitórias em cinco jogos, mas agora é de quatro vitórias em quatro jogos. Fico chateado porque não merecíamos estar nessa situação", lamentou o goleiro Gléguer.

Do lado do Juventus, a situação é bem mais tranqüila. Com esta vitória, a equipe da Mooca chegou aos 21 pontos, na oitava colocação. Campeã da Série A2 no ano passado, a equipe grená mantém certa regularidade no certame.

O triunfo sobre a Portuguesa acabou também com um incômodo jejum do Juventus. Até então, o clube havia vencido apenas uma partida como mandante. A campanha em casa agora é de duas vitórias, dois empates e três derrotas.

Na próxima rodada, a Portuguesa enfrenta o Paulista, no Canindé, às 18h10 de domingo, dia 26. No dia anterior, também às 18h10, o Juventus encara o Santos, no estádio do Pacaembu, em São Paulo.

O jogo
Com o gramado do estádio Conde Rodolfo Crespi encharcado por causa da forte chuva que atingiu São Paulo neste sábado, o primeiro tempo do confronto entre Juventus e Portuguesa foi de poucas oportunidades de gol.

Mesmo assim, o time da Mooca soube aproveitar melhor as oportunidades e abriu o placar aos 47min da etapa inicial. Após cobrança de escanteio, a zaga da equipe do Canindé se atrapalhou e o atacante Rafael Silva mandou para o fundo do gol.

"O campo está molhado demais e não estamos conseguindo jogar. Nosso time é muito técnico. Precisamos melhorar no segundo tempo e buscar a virada. Não podemos ficar nessa situação", avaliou o lateral Jackson, da Portuguesa.

No segundo tempo, porém, a equipe rubro-verde não se encontrou. Pior: aos 20min, Gaúcho cometeu falta violenta e deixou o time com um jogador a menos. Fato que dificultou ainda mais a criação de jogadas dos visitantes.

Em vantagem no placar e no número de atletas em campo, o Juventus se arriscou mais no ataque. Mas o segundo gol veio em lance polêmico. Aos 41min, Rafael Silva chutou, a bola bateu no travessão e no chão. O árbitro, apesar das reclamações, confirmou o gol para os anfitriões.

Minutos depois, Gilvan, do Juventus, demorou para sair com a bola e foi expulso de campo pelo árbitro, deixando o número de jogadores de cada lado igual novamente.

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias