! Santos cumpre dever, bate Ituano e segue líder - 19/03/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  19/03/2006 - 20h02
Santos cumpre dever, bate Ituano e segue líder

Da Redação
Em São Paulo

Depois da vitória do Palmeiras sobre a Ponte Preta, o Santos entrou em campo para enfrentar o Ituano com a obrigação de vencer para seguir na liderança do Campeonato Paulista. Antes mesmo de a partida começar, o técnico Vanderlei Luxemburgo decretou: "Vamos provar que temos tudo para ser campeão". E foi isso que a equipe da Vila Belmiro fez. Dentro de casa, bateu o time de Itu por 2 a 0.

SANTOS CONFIRMA A PONTA

Luis Alberto abre o placar


André Luis falha no 2º gol...


...mas se redime no pênalti

A vitória sobre o Ituano abriu caminho para a série de resultados positivos que, segundo Luxemburgo, é o caminho para que o Santos conquiste o título paulista. A fila da equipe alvinegra no Estadual já dura 22 anos. A última conquista aconteceu no ano de 1984.

Ainda na ponta da tabela do Estadual, o Santos foi a 34 pontos, com dois de vantagem em relação ao Palmeiras, segundo colocado.

Seguindo o padrão "magro"- o Santos não marcou mais que três gols em nenhuma das partidas do Paulistão -, estilo de jogo que marcou a conquista estadual do Bragantino de Luxemburgo em 1990, a equipe da Vila Belmiro balançou as redes duas vezes na noite deste domingo. Os dois tentos contaram com a participação direta de Léo Lima.

Destaque da partida, o meia figura nas listas de dispensas desde quando foi contratado, em 2005. Com Luxemburgo no comando, subiu de produção e é encarado como um dos jogadores chaves da equipe mesmo sem ter ainda se firmado como titular.

"Léo Lima é um cara diferente, que pode definir uma partida a qualquer momento, pois ele tem potencial para isso. Ele terá uma nova chance no time e torço para que nos ajude a mais uma vitória", elogiou o companheiro Maldonado.

O Santos volta a campo pelo Campeonato Paulista no próximo sábado. Na briga por se manter na liderança do Estadual, a equipe de Vanderlei Luxemburgo encara o Juventus, fora de casa.

Antes disso, no entanto, o time da Vila Belmiro volta suas atenções para a Copa do Brasil. Na quarta-feira, o time vai até Minas Gerais para enfrentar o URT.

O jogo
Com a vitória do Palmeiras sobre a Ponte Preta, a equipe do Santos entrou em campo com a obrigação de bater o Ituano para conseguir se manter na liderança do Estadual. Sabendo de sua responsabilidade, a equipe de Vila Belmiro começou arrasadora e abriu o placar logo aos 4min.

O CAMINHO DO SANTOS
AdversárioDataLocal
Juventus 25/03fora
Bragantino29 ou 30/03casa
São Paulo01 ou 02/04fora
Portuguesa09/04casa
Em jogada ensaiada, Léo Lima cruzou da esquerda e Luiz Alberto, na primeira trave, desviou de cabeça para o fundo da meta do Ituano.

Depois de contemplar o companheiro com uma assistência, Léo Lima fez o seu. Aos 22min, o meia marcou em cobrança de falta. A bola entrou no ângulo esquerdo do goleiro André Luís.

Com a vantagem no marcador, o Santos tratou de administrar a posse de bola e seguiu criando oportunidades de gol. Aos 27min, Tabata faz bela jogada pela esquerda e bateu por cobertura na saída do goleiro. A bola, no entanto, bateu no travessão.

Na etapa final, o Santos caiu de produção e chegou a ser vaiado pela torcida presente na Vila Belmiro. O Ituano, com pouca qualidade na criação das jogadas, não soube aproveitar a fraqueza do adversário.

A melhor chance dos donos da casa aconteceu aos 22min do segundo tempo. Tabata pedalou para cima da zaga do Ituano e cruzou. Fabinho cabeceou e Samuel tirou com o braço. O árbitro marcou pênalti. A cobrança, no entanto, foi desperdiçada por Tabata.

SANTOS
Fábio Costa; Fabinho, Manzur, Luiz Alberto e Kléber; Maldonado, Wendel, Léo Lima (Magnum) e Rodrigo Tabata (Renatinho) e Ronaldo; Reinaldo.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

ITUANO
André Luís; Ricardo Lopes, Erivélton, Samuel e Kauê; Adriano, Pierre, Juliano (Reginaldo) e Paulo Santos; Cris e Rômulo (Gílson).
Técnico: Leandro Campos

Local: estádio Urbano Caldeira, a Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Alex Sander da Rosa Lefeu
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse e Hérman Brúmel Vani
Cartões amarelos: Pierre (I), Samuel (I)
Gols: Luiz Alberto, aos 4min, e Léo Lima, aos 22min

Leia mais

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias