! Corinthians vence a Ponte Preta com time reserva - 02/04/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  02/04/2006 - 20h05
Corinthians vence a Ponte Preta com time reserva

Da Redação
Em São Paulo

Preocupado com a Libertadores da América e sem chances no Campeonato Paulista, o Corinthians foi com um time reserva a Campinas pegar a Ponte Preta, neste domingo, no estádio Moisés Lucarelli, e venceu por 1 a 0. O time do Parque São Jorge não vencia pelo Estadual havia um mês.

BRAGA NEGA TESTES
O técnico do Corinthians, Ademar Braga, não considera que os jogadores reservas do Corinthians estão sendo testados nos últimos jogos do Campeonato Paulista - o time alvinegro não tem mais chances de título. Para o comandante, os garotos que entram em campo já passaram por testes nas categorias de base e agora estão prontos.

Nas últimas duas rodadas do campeonato estadual, contra os campineiros Guarani e Ponte Preta, o time do Parque São Jorge entrou com um time misto. Leia mais
Os torcedores da equipe campineira que foram ao estádio protestaram contra o time. As principais vítimas foram o técnico Vadão e o capitão Élson, que perdeu um pênalti no segundo tempo. Porém, as chances de o time de Campinas cair para a segunda divisão do Paulista são nulas, já que os outros resultados da rodada favoreceram - o time tem 22 pontos. O Corinthians foi a 30 e continua na sexta colocação.

A partida no primeiro tempo foi muito fraca. Apesar da boa movimentação, nenhum dos dois times conseguiu chegar com muito perigo ao gol adversário. "Precisa mudar tudo", disse Vadão, muito irritado, no intervalo.

A segunda etapa não foi diferente. A Ponte voltou melhor depois da bronca de seu treinador, mas falhou nas conclusões. Na melhor chance do time no jogo, Élson bateu um pênalti para fora.

Melhor para o Corinthians, que marcou com Renato e vence. A última vitória do clube do Parque São Jorge no Campeonato Paulista havia sido no dia 2 de março, contra o Ituano, por 3 a 2 - depois disso, três empates e duas derrotas. Desde que Antônio Lopes deixou o comando da equipe, após a derrota para o São Paulo, o time alvinegro desistiu do Estadual e pensou somente na Libertadores.

Na próxima quinta-feira, o time da capital vai ao Chile enfrentar a Universidad Católica, no estádio San Carlos de Apoquindo, às 21h15. Se vencer, o time de Carlitos Tevez dá um grande passo rumo às oitavas-de-final do torneio sul-americano, sonho do clube e de sua torcida.

Na última rodada do Estadual, o Corinthians recebe o Paulista no Pacaembu, e a Ponte vai a Bragança Paulista enfrentar o Bragantino. Os dois times apenas cumprem tabela.

O jogo
Sem nenhuma aspiração no campeonato, as duas equipes começaram se movimentando bastante, mas sem criar chances claras de gol. O lance mais perigoso foi logo aos 3min com Rafael Moura, que recebeu na área e chutou paro o gol, obrigando Jean a fazer boa defesa.

Depois dos dez minutos iniciais, o jogo ficou mais organizado e os dois times começaram a aplicar boa marcação. Os dois times buscaram o gol, porém, sem muita criatividade.

Aos 26min, o Corinthians armou a jogada mais perigosa do primeiro tempo. Élton enfiou para Renato bater da entrada da área. Jean espalmou por cima do gol. Na cobrança do escanteio, Xavier subiu e cabeceou no canto esquerdo do goleiro da Ponte, que novamente desviou pela linha de fundo.

O lance mais perigoso da Ponte Preta foi aos 44min. Almir aproveitou cruzamento de Élson pela esquerda e Herrera fez a defesa com dificuldade.

Apesar da bronca que Vadão deu em seus jogadores no intervalo, o jogo continuou igual no começo do segundo tempo. A única chance de gol dos primeiros 15 minutos foi num chute de Élson da intermediária, aos 7min. Herrera espalmou por cima do travessão. A Ponte estava melhor no jogo. Aos 16min, depois de jogada de Adauto pela esquerda, Paulo Rodrigues bateu sem ângulo, por cima do gol.

Aos 20min, o time campineiro perdeu sua melhor chance para abrir o placar. Élson desperdiçou um pênalti sofrido por Adauto. O camisa 10 da Ponte bateu para fora, no canto direito do goleiro corintiano.

O Corinthians só se defendia. E só aos 25min o time levou perigo à meta de Jean. Elton arriscou de fora da área, mas a bola subiu demais e passou longe do gol.

Faltando dez minutos para o final da partida, a Ponte foi para cima. Aos 35min, Iran bateu cruzado e Herrera fez grade defesa. No minuto seguinte, Thiago bateu de novo e o goleiro corinthiano agarrou.

Mesmo não tendo muitas chances no segundo tempo, foi o Corinthians que chegou ao gol. Renato aproveitou cruzamento de Rubens Jr e fez de cabeça, aos 37min.

PONTE PRETA
Jean; Iran, Thiago Matias, Rafael Santos e Paulo Rodrigues; Ricardo Conceição, Da Silva, Dionísio (Adauto) e Élson (Danilo); Almir e Luís Mário
Técnico: Oswaldo Alvarez

CORINTHIANS
Herrera; Eduardo, Marquinhos, Renato Santos e Rubens Júnior; Carlão, Xavier, Edson e Renato Élton (Akai) e Rafael Moura
Técnico: Ademar Braga

Local: estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Árbitro: Alex Sander da Rosa Lefeu
Auxiliares: Nilson de Souza Monção e Caio Mesquita de Almeida
Cartões amarelos: Xavier (C), Thiago Matias (P), Eduardo (C), Edson (C), Herrera (C)
Cartão vermelho: Rubens Junior (C)
Gol: Renato, aos 36min do segundo tempo

Leia mais

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias