! Luxemburgo aposta em jogador inativo na "decisão" pelo Santos - 05/04/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  05/04/2006 - 09h08
Luxemburgo aposta em jogador inativo na "decisão" pelo Santos

Por Tales Torraga e Mariana Campos
Da Folhapress
Em Santos

Vanderlei Luxemburgo já disse: conta com o zagueiro Jardel, 20, para a partida que decidirá o Paulista, às 16h de domingo, contra a Portuguesa, na Vila Belmiro.

ÁRBITRO NA VILA SERÁ LÍDER
OU 2º DO RANKING DA FPF
O confronto decisivo entre Santos e Portuguesa será apitado por Wilson Luiz Seneme, o primeiro colocado no ranking de árbitros do Estado, ou por Sálvio Spínola Fagundes Filho, o juiz que vem logo a seguir na classificação.

Os nomes foram revelados hoje por Marcos Marinho, presidente da Comissão de Arbitragem da FPF, que minimizou o fato de Seneme só ter apitado uma partida no Paulista.

Ele adiantou também os candidatos para apitar o confronto entre Ituano e São Paulo, o outro duelo que pode definir o título: Paulo César de Oliveira (quarto na relação oficial da entidade) ou Élcio Paschoal Borborema, que ocupa o 18º posto na listagem.

Marinho afirma que, salvo no caso de Borborema, foram indicados os árbitros com mais tempo de carreira. "O Élcio foi incluído por ter feito boas partidas no Paulista, mostrando a força da renovação", explicou Marinho.

O coronel da reserva da PM afirmou ainda que o único árbitro que já tem os bandeirinhas pré-selecionados é Oliveira. "Ele terá companhia de Emerson de Carvalho, sexto na lista dos auxiliares, e Márcio Luiz Augusto, que é o oitavo da relação", explicou ele.

Marinho disse ainda que os nomes dos demais bandeirinhas não foram definidos e que a lei só exige sorteio dos juízes. "Os assistentes são indicados pela FPF."

O sorteio público que definirá os nomes dos juízes da rodada final será realizado quinta-feira, às 14h50, na sede da federação.
Mais jovem atleta a integrar o elenco santista que vai brigar pelo título estadual, Jardel sofrerá com a falta de ritmo de jogo. Sua última partida oficial foi somente em 30 de agosto do ano passado, quando defendia o Vitória. São mais de sete meses sem atuar.

Domingos, Luiz Alberto e Manzur, titulares no setor, estão suspensos. Caso recue e não coloque Jardel, Luxemburgo tem duas opções: recuar o volante Maldonado ou escalar Ávalos, que operou o ombro e está sem jogar desde novembro de 2005. O único garantido é Ronaldo Guiaro, 32, mais velho atleta do grupo santista.

"O Jardel veio para o Santos porque tem qualidades. Lógico que ele é jovem, mas uma hora isso [ele estrear] aconteceria", defendeu Ronaldo. "Todo jovem tem seu primeiro jogo, e ele ainda está sendo felizardo de jogar uma decisão. Já estreei em uma partida assim. A gente se transforma."

Revelado no Avaí, de Santa Catarina, Jardel chegou ao Vitória em março do ano passado, aos 18 anos. Integrou a equipe júnior do clube baiano e teve ascensão rápida, mesmo não contando com passagens pelas seleções de base. "Ele é ótimo. Sabe sair jogando e trabalha bem com a perna esquerda", disse Sinval Vieira, vice-presidente de futebol do Vitória.

Na campanha que relegou o time à Série C do Brasileiro, Jardel fez 12 partidas, 11 como titular. E passou a sentir fortes dores no púbis em setembro, sendo afastado da equipe. Mesmo assim, seu futebol atraiu clubes de elite. O Grêmio foi um dos interessados, mas o Santos anunciou sua contratação em 15 de janeiro, no mesmo dia em que dispensava Luizão, Giovanni e Cláudio Pitbull.

Escolhido Jardel, recairá sobre o zagueiro uma responsabilidade maior do que sua própria idade.

Dos atletas que entrarão em campo contra a Portuguesa, ele será o único que não era nascido quando o Santos ganhou o Paulista pela última vez, em dezembro de 1984. Os outros dois atletas mais novos do que o período de jejum -o lateral-esquerdo Carlinhos, 19, e o atacante Renatinho, 18- estarão com a seleção brasileira sub-20 que disputará a Copa Mediterrâneo, na Espanha.

Mala preta não assusta
Os jogadores do Santos não estão preocupados com a possibilidade de o São Paulo enviar uma mala preta (gratificação financeira) aos atletas da Portuguesa.

"Independentemente da mala preta, a Portuguesa virá com toda a disposição. Acho que, acima do dinheiro que eles podem receber, está a preocupação de não cair para a segunda divisão", disse o zagueiro Ronaldo Guiaro. Johnson, atacante da Portuguesa, adotou discurso semelhante.

A venda de ingressos para o jogo de domingo começa quinta-feira.

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias