! Com time misto, São Paulo perde do Fortaleza - 23/04/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  23/04/2006 - 20h14
Com time misto, São Paulo perde do Fortaleza

Da Redação
Em São Paulo

Com a cabeça no jogo de quarta-feira, contra o Palmeiras, pela Copa Libertadores da América, o São Paulo foi ao estádio do Castelão, neste domingo, com um time sem oito titulares. E se deu mal na segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Com um gol de Finazzi, no primeiro tempo, o time paulista perdeu por 1 a 0 do Fortaleza e agora se concentra na competição sul-americana.

O técnico Muricy Ramalho decidiu poupar alguns de seus atletas por causa da seqüência da Copa Libertadores. Danilo, que participou dos 26 jogos do São Paulo na temporada, é o que mais preocupa. O jogador está fisicamente desgastado, e é uma peça chave para o jogo contra o Palmeiras.

ESTRÉIAS MARCAM O DUELO
Duas estréias marcaram o jogo deste domingo, em Fortaleza. O meia Lenílson, destaque do Campeonato Paulista atuando pelo Noroeste, entrou no lugar de Danilo, poupado, e fez seu primeiro jogo com a camisa do atual campeão do mundo.

No Fortaleza, o estreante ficou no banco comandando a equipe. Márcio Bittencourt, ex-Corinthians, chegou para o lugar de Jair Picerni, demitido após perder o Campeonato Cearense para o arqui-rival Ceará.

O técnico chegou pedindo tranqüilidade. "Tem que ficar tranqüilo, entrar em campo e jogar bola", afirmou o treinador.
Os únicos titulares que entraram em campo no Castelão foram os zagueiros Fabão e Lugano, e o goleiro Rogério Ceni.

Com uma equipe sem entrosamento, o São Paulo não conseguiu se organizar em campo no primeiro tempo. Depois do gol de Finazzi, aos 19min, o time de Muricy Ramalho demorou a se equilibrar, e só levou perigo com Lima cabeceando uma bola na trave, aos 34min.

No intervalo, Muricy pediu para seus atletas ficarem mais com a bola. "Nós não valorizamos a posse de bola. Nesse campo, se você não faz isso, você morre. Não pode errar passe num campo desse tamanho", disse o técnico.

No segundo tempo, o time paulista começou melhor. Rogério quase empatou a partida em cobrança de falta, porém, a equipe continuou desorganizada dentro de campo e não conseguiu chegar ao gol de empate.

O goleiro são-paulino não colocou a culpa da derrota no fato de o time jogar sem oito titulares. "Não pesou, os outros jogadores foram muito bem", afirmou Rogério. Já o atacante Alex Dias crê que a falta dos principais jogadores pesou. "A gente sentiu um pouco no entrosamento. O time que jogou pouco treinou", afirmou o camisa 11 do São Paulo.

Com o resultado, o time de Muricy Ramalho permanece com três pontos (venceu o Flamengo, por 1 a 0, na estréia). Já o Fortaleza consegue seus três primeiros pontos na competição. Na primeira rodada, o time cearense havia perdido para o Botafogo, no Rio de Janeiro.

Na próxima rodada, o São Paulo enfrenta o Santa Cruz, no estádio do Morumbi, enquanto o Fortaleza recebe o São Caetano no estádio do Castelão. Antes, na quarta-feira, o time paulista faz o clássico contra o Palmeiras, pelas oitavas-de-final da Copa Libertadores.

O jogo
O São Paulo começou melhor, mas a primeira jogada de perigo aconteceu apenas aos 11min. Denílson arriscou de fora da área e obrigou Maisena a fazer boa defesa, espalmando para escanteio.

A resposta do Fortaleza veio aos 16min. Bechara cobrou falta da entrada da área, levando perigo ao gol de Rogério Ceni. Um minuto depois, Alex Dias recebeu na direita e chutou cruzado. Maisena colocou pela linha de fundo.

Jogando no contra-ataque, o Fortaleza abriu o placar aos 19min. Dude enfiou para Igor na esquerda. O meia cruzou no segundo pau para a chegada de Finazzi, que cabeceou para fazer 1 a 0.

Depois do gol, o São Paulo não conseguiu mais chegar. Porém, o time da casa não pressionou. Apenas aos 27min o goleiro são-paulino trabalhou. Rabicó chutou forte de fora da área e Rogério espalmou para escanteio. Dois minutos depois, Ivan bateu cruzado e Ceni desviou mais uma vez.

A equipe do Morumbi só conseguiu levar perigo aos 34min. Fábio Santos cruzou da direita na cabeça de Lima. O atacante escorou na trave.

No segundo tempo, o São Paulo chegou perto de empatar o jogo logo aos 5min. Rogério bateu falta no ângulo, mas Maisena espalmou para escanteio.

Três minutos depois, Lenílson invadiu a área, chutou com força e o goleiro do Fortaleza colocou pela linha de fundo de novo. Aos 10min, Ramalho chegou a empatar para a equipe paulista, mas estava impedido e o gol foi anulado.

Melhor na partida, o São Paulo não conseguia fazer o gol, e quase viu o Fortaleza ampliar a vantagem. Aos 25min, o atacante Finazzi recebeu na área, girou e bateu para fora, à direita do gol são-paulino.

Aos 28min, Rogério bateu falta e Maisena espalmou, num lance muito parecido com o do começo do segundo tempo. Dois minutos depois, Aloísio levantou para Alex Dias na segunda trave. O atacante cabeceou por cima do gol.

Depois disso, o São Paulo tentou pressionar no final, mas não foi feliz nas conclusões.

FORTALEZA
Maisena, Ivan, Alan, Glauber e Mazinho Lima; Dude, Rabicó, Igor e Bechara (Walter); Rinaldo (Telles) e Finazzi
Técnico: Márcio Bittencourt

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Fabão, Lugano e Edcarlos (Rodrigo Fabri); Leandro, Denílson (Alê), Ramalho, Lenílson e Fábio Santos; Lima (Aloísio) e Alex Dias
Técnico: Muricy Ramalho

Local: estádio Castelão, em Fortaleza
Árbitro: Willian Marcelo Souza Neri (RJ)
Auxiliares: Hilton Moutinho Rodrigues e Avelino Pimentel (RJ)
Cartões amarelos: Fabão (SP), Rabicó (F), Dude (F), Leandro (SP)
Gol: Finazzi, aos 19min do primeiro tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias