! Santos aproveita 'vazio' e ameniza eliminação - 06/05/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  06/05/2006 - 20h08
Santos aproveita 'vazio' e ameniza eliminação

Da Redação
Em São Paulo

Eliminado da Copa do Brasil, o Santos encontrou completa paz neste sábado para se recuperar da queda e seguir na ponta da tabela do Campeonato Brasileiro. Sem poder atuar na Vila Belmiro devido a uma punição, a equipe alvinegra recebeu o Fortaleza no estádio Bruno José Daniel, em Santo André, e venceu por 2 a 0, pela quarta rodada.

Folha Imagem
Rodrigo Tabata vibra com primeiro gol santista, que contou com ajuda do zagueiro Gláuber
Devido a incidentes de 2005, o time paulista foi obrigado a atuar sem a presença da torcida nesta noite e fora de sua casa, onde possui ótimo retrospecto na temporada (12 vitórias e um empate). O fato, porém, não foi tão lamentado pelo Santos, que temia pressão de seus torcedores devido ao fracasso na Copa do Brasil.

Com isso, no "vazio", a equipe de Vanderlei Luxemburgo conquistou sua terceira vitória na competição e chegou aos 10 pontos, mantendo-se na liderança do Brasileiro na abertura da rodada. E seguiu invicto em 2006 nas partidas em que fez como mandante. No total de 15 jogos, triunfou em 14 e empatou apenas um, diante do Ipatinga, pela Copa do Brasil.

Após a partida, Rodrigo Tabata comemorou o resultado positivo e ainda ressaltou a recuperação da equipe após o tropeço diante do Ipatinga, pela Copa do Brasil. "O time teve hombridade, levantou a cabeça e conseguiu fazer um bom jogo. Agora temos que pedir o apoio do torcedor e ir sempre em busca das vitórias", comentou.

SANTOS COMO MANDANTE EM 2006
AdversárioDataPlacar
Mogi Mirim15/01/062x0
Marília22/01/063x2
Santo André02/02/063x0
Noroeste08/02/061x0
Ponte Preta19/02/061x0
Sergipe22/02/063x0
Rio Branco25/02/061x0
Palmeiras05/03/061x0
Ituano19/03/062x0
Bragantino29/03/063x1
Portuguesa09/04/062x0
Brasiliense12/14/062x1
Atlético-PR23/04/062x0
Ipatinga26/04/061x1
Fortaleza06/05/062x0
Desfalcado de Luiz Alberto, Fabinho, Cléber Santana, Reinaldo e De Nigris, o Santos contou com a boa estréia de Rodrigo Tiuí em seu setor ofensivo. Um dos destaques do Noroeste no Campeonato Paulista, o atacante fez o segundo gol alvinegro neste sábado e foi bem em sua primeira apresentação.

O Fortaleza, por sua vez, perdeu o embalo e permaneceu com seis pontos na classificação. A equipe do técnico Marcio Bittencourt havia batido seus últimos dois adversários do Brasileiro (São Caetano e São Paulo, ambos no Ceará) e chegou à quarta rodada sonhando com a liderança.

O revés também aumenta a vantagem santista no retrospecto com o adversário tricolor. Na história do Campeonato Brasileiro, o time alvinegro nunca perdeu para o Fortaleza. Agora, são 11 confrontos, com seis vitórias para o Santos e cinco empates.

As duas equipes voltam a campo pelo Nacional no próximo fim de semana. No sábado, o Santos reencontra a Vila Belmiro diante da Ponte Preta, pela quinta rodada. No dia seguinte, o Fortaleza vai até o Rio de Janeiro, onde visita o Flamengo no estádio do Maracanã.

O jogo
A vitória era preponderante para o Santos amenizar o clima depois da eliminação da Copa do Brasil. Por isso, a equipe paulista começou o jogo com a marcação bastante adiantada, sem dar espaços ao adversário na saída de bola. A pressão durou menos de dez minutos e não surtiu o resultado esperado por Vanderlei Luxemburgo.

Wellington Paulista, de bicicleta, e Rodrigo Tabata, em forte chute da entrada da área, foram os únicos a ameaçar a meta de Maizena, mas sem perigo real. Aos poucos, o Fortaleza passou a equilibrar as ações no meio-campo e a exigir as primeiras intervenções de Fábio Costa.

As primeiras investidas dos cearenses foram em contra-ataques e bolas levantadas na área. O Santos, contudo, soube conter o ímpeto tricolor. Aos 23min, Tabata por pouco não inaugurou o marcador. Wendel avançou pela esquerda e tocou para o meia, que limpou o lance e chutou para fora de dentro da área.

O troco do Fortaleza aconteceu aos 26min, quando Bechara bateu falta direto para o gol e Fábio Costa apareceu bem no canto direito para fazer a defesa. No outro lado do campo, Maizena nada pôde fazer aos 39min para evitar o primeiro gol do Santos. Rodrigo Tabata cruzou da esquerda e Gláuber afastou contra a própria meta.

Animado, o time anfitrião conseguiu ampliar a vantagem seis minutos depois. Após boa jogada pela direita, Neto levantou a bola na área e o estreante Rodrigo Tiuí, de cabeça, completou para o fundo das redes de Maizena, garantindo diferença confortável antes do intervalo.

Na volta para o segundo tempo, Marcio Bittencourt trocou Maurílio por Chicão e mandou seus atletas pressionarem o Santos. A postura dos cearenses até foi mais ofensiva, tanto que Ivan, em forte chute da direita, quase marcou para o Fortaleza aos 6min.

No entanto, logo o Santos impôs seu ritmo para atormentar novamente o goleiro Maizena. Aos 14min, Tiuí recebeu lançamento de Rodrigo Tabata, driblou seu marcador e chutou de esquerda, parando no camisa 1 tricolor.

Um dos melhores em campo do Fortaleza, Ivan voltou a assustar Fábio Costa aos 19min. Ele invadiu a área pela direita e chutou rasteiro para defesa do goleiro. No rebote, a bola ficou com Finazzi, mas ele desperdiçou.

No prejuízo, o time cearense se atirou mais ao ataque, aproveitando recuo do adversário, que tentou explorar os contra-ataques. Nos minutos finais, o Santos voltou a pressionar a saída de bola do Fortaleza, conseguindo evitar maior perigo em sua área.

SANTOS
Fábio Costa; Domingos, Ronaldo e Manzur; Neto, Maldonado, Wendel, Rodrigo Tabata (Magnum) e Kléber; Wellington Paulista (Galvão) e Rodrigo Tiuí (Léo Lima)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

FORTALEZA
Maizena; Ivan, Alan (Galeano), Gláuber e Mazinho Lima; Dude, Rabicó, Bechara e Maurílio (Chicão); Rinaldo (Teles) e Finazzi
Técnico: Márcio Bittencourt

Local: estádio Bruno José Daniel, em Santo André
Árbitro: Luiz Antonio Silva Santos (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e José Cláudio Paranhos (RJ)
Cartões amarelos: Galeano (F), Gláuber (F), Magnum (S)
Gols: Rodrigo Tabata, aos 39min, e Rodrigo Tiuí, aos 45min do primeiro tempo


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias