! Fluminense joga mal, mas desbanca o Santos - 21/05/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  21/05/2006 - 20h06
Fluminense joga mal, mas desbanca o Santos

Da Redação
No Rio de Janeiro

Uma vitória que ameniza o abatimento no Fluminense e tira a liderança do Santos. Esse é o significado do resultado da partida deste domingo à noite entre os times, no Maracanã, em que a equipe tricolor triunfou por 1 a 0.

Fotocom/Divulgação
O Flu de Roger teve menos chances do que o Santos, mas venceu e embolou a tabela
Com o placar favorável, os cariocas afastaram a tristeza pela eliminação da Copa do Brasil e novamente colaram nos paulistas na ponta da tabela, ambos com 13 pontos. Entretanto, por ter melhor saldo de gols, o time da Vila Belmiro está na frente do Flu, mas atrás do Cruzeiro, novo líder.

"A vitória veio no momento ideal. Perdemos a Copa do Brasil para o Vasco e nada melhor do que ganhar esse jogo contra o Santos para seguirmos bem no Brasileiro", disse o volante Romeu, do Fluminense.

Apesar do triunfo, os cariocas voltaram a jogar mal e só chegaram ao seu gol graças a uma infelicidade do zagueiro Luiz Alberto, que marcou contra, no segundo tempo. E graças ao goleiro Fernando Henrique, com uma atuação impecável.

O camisa 1 do Flu fez pelo menos cinco excelentes defesas, que garantiram a vitória. Por sinal, o goleiro foi um dos poucos aplaudidos pelos torcedores, que ainda não engoliram a eliminação da Copa do Brasil para o Vasco e, mesmo com o triunfo, vaiaram alguns jogadores, como Petkovic e Rogério.

Já o Santos, se tivesse caprichado nas finalizações, teria deixado o Maracanã com o resultado positivo. Entretanto, Rodrigo Tabata, Tiuí, Wellington Paulista e Cléber Santana esbarraram em Fernando Henrique e não conseguiram marcar.

"A nossa equipe teve mais volume de jogo, dominou a partida e poderia ter saído com a vitória, mas o Fluminense ganhou o jogo numa infelicidade nossa", lamentou o técnico Vanderlei Luxemburgo.

DEPOIS DA QUEDA NA SEMI

Lenny comemorou o 1 a 0...


...Petkovic foi vaiado no Rio...


...e o Santos redimiu o Flu
Com a derrota, o Santos perdeu a invencibilidade no Brasileiro e voltou a perder depois de dez jogos, não conseguindo igualar a série positiva do ano passado, quando sob o comando de Galo a equipe passou 11 partidas sem derrota.

Na próxima rodada, o Santos mais uma vez atuará no Maracanã, na quarta-feira, quando enfrentará o Flamengo, às 21h45. No mesmo dia e horário, o Fluminense vai encarar o Fortaleza, no Castelão.

O jogo
Os minutos iniciais da partida foram uma verdadeira pressão do Santos. Do lado do atônito Fluminense somente o goleiro Fernando Henrique, em jornada inspirada, se salvou.

Aos 3min, Cléber Santana bateu forte da intermediária e o goleiro espalmou. Aos 12min, Tabata entrou na pequena área e Fernando Henrique, com os pés, evitou o gol. Aos 16min, foi Wellington Paulista quem invadiu a área e chutou, mas o goleiro espalmou e ainda viu a bola tocar no seu no travessão.

A partir daí, o Santos diminuiu o ritmo e o Flu se livrou do sufoco. Entretanto, ofensivamente os cariocas só ameaçaram nas investidas do ala-esquerdo Marcelo, jogador mais perigoso da equipe.

O time tricolor ainda se livrou de ter o zagueiro Thiago expulso aos 37min, depois do defensor acertar seu braço no rosto de Wellington Paulista, lance não visto pelos auxiliares e pelo árbitro Carlos Eugênio Simon. Algo que revoltou o técnico Vanderlei Luxemburgo, que desandou a falar palavrões na beira do campo.

"Fui querer tomar a bola dele e ele esticou o braço. Acredito que tenha sido sem querer", minimizou Wellington Paulista no intervalo.

O Santos voltou para o segundo tempo com o estreante lateral-direito Dênis na vaga de Neto. Aos 8min, Cléber Santana chutou da entrada da área e Fernando Henrique espalmou. Aos 9min, Kleber foi quem arriscou e o goleiro do Flu de novo defendeu.

FLU IMITA 2005
Assim como no ano passado, o Fluminense conseguiu um importante resultado no Brasileiro depois de sofrer uma decepção na Copa do Brasil. Em 2005, depois de perder a final do torneio para o Paulista, o Flu curou a dor de cabeça com um triunfo contra o Corinthians.

Agora, depois de ser eliminado pelo Vasco, conseguiu esse triunfo contra o líder Santos, que ameniza o clima nas Laranjeiras.
O Fluminense seguiu sem um pingo de imaginação e errando muitos passes, o que irritou sua torcida. À vontade em campo, o Santos continuou atacando e perdendo gols. Aos 19min e 20min foi Geílson quem desperdiçou, primeiro mandando para fora e depois parando em Fernando Henrique.

Mas se não teve competência para fazer a seu favor, o Santos resolveu marcar contra. Aos 24min, o Fluminense deu um chutão para frente e o zagueiro Luiz Alberto, fora da área, cortou mal de cabeça encobriu o goleiro Fábio Costa, abrindo o placar para o Flu.

Aos 27min, foi a vez de Wendell perder outra chance para o Santos obrigando Fernando Henrique a outra ótima intervenção. O técnico Oswaldo de Oliveira então tirou Pet e Rogério, colocando os jovens Juliano e Radamés.

Com mais gás, o Flu conseguiu conter os avanços do Santos e deixou o Maracanã com a vitória.

FLUMINENSE
Fernando Henrique; Thiago Silva, Thiago (Gabriel Santos) e Roger; Rogério (Radamés), Marcão, Romeu, Petkovic (Juliano) e Marcelo; Lenny e Tuta
Técnico: Oswaldo de Oliveira

SANTOS
Fábio Costa; Neto (Dênis), Domingos, Luiz Alberto e Kléber; Maldonado, Wendel, Cléber Santana e Rodrigo Tabata; Rodrigo Tiuí e Wellington Paulista (Geílson)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Local: estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Auxiliares: Aristeu Tavares (Fifa-RJ) e Ednilson Corona (Fifa-SP)
Cartões amarelos: Thiago Silva (F), Thiago (F), Romeu (F), Neto (S), Tiuí (S), Wellington Paulista (S), Domingos (S)
Gol: Luiz Alberto (contra), aos 24min do segundo tempo

Veja também
Leia mais


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias