! Organizada do Corinthians exige retratação de Tevez - 24/07/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  24/07/2006 - 09h00
Organizada do Corinthians exige retratação de Tevez

Folhapress
Em São Paulo

CORINTHIANS É LANTERNA
Com as vitórias do Palmeiras (3 a 1 sobre o Goiás, em Goiânia) e do Santa Cruz (3 a 0 sobre os reservas do Flamengo, em Recife), o Corinthians passou a ser o último colocado do Campeonato Brasileiro. Nem uma vitória na próxima rodada tirará a equipe das últimas quatro colocações. Leia mais
Irritada com o gesto de silêncio que Tevez fez para parte dos corintianos que foram ao Morumbi no último sábado, a Gaviões da Fiel, principal torcida organizada do clube, promete cobrar com vigor o atacante.

A direção da uniformizada fala em fazer um acampamento na porta da casa do jogador, caso ele não se retrate com os fãs. "Ele se queimou. Vai ser cobrado por isso", afirmou Wildner Rocha, o Pulguinha, vice-presidente da Gaviões da Fiel.

"Se ele continuar com atitudes assim, vamos exigir que ele saia. Inicialmente, queremos que ele converse com a torcida e se concentre no time, para que o Corinthians reaja", disse.

"Vamos ao clube para cobrar na mesa, como estamos fazendo. Se ele achar que está acima disso, vamos ver como o Tevez enfrenta uma cobrança articulada e organizada da nossa parte. Ninguém agüenta uma pressão constante. Eles [jogadores] não estão preparados para isto. E nós estamos preparados."

Alguns torcedores dizem até que o argentino corre risco de ser agredido nas ruas. A Gaviões nega qualquer intenção do tipo, mas reconhece ser impossível frear o ímpeto dos mais fanáticos.

A torcida do Corinthians é muito grande. O Tevez tinha que pensar nisso. De repente, ele pode estar andando em um shopping e aí...
Pulguinha, vice-presidente da Gaviões da Fiel

"A torcida o Corinthians é muito grande. O Tevez tinha que pensar nisso. De repente, ele pode estar andando em um shopping e aí...", segue Pulguinha. "Ele será cobrado por todo mundo, não só por torcidas organizadas", fala Ernesto Teixeira, presidente do Comitê de Preservação da Memória Corintiana. "Não lembro de algum jogador do Corinthians marcar um gol e fazer gesto mandando a torcida calar a boca", prossegue.

Uma reação violenta dos torcedores é o que a diretoria acredita que o argentino está esperando para forçar sua saída. Antes da derrota para o Palmeiras, na rodada anterior, Alberto Dualib, presidente do clube, disse isso a alguns de seus vices. Para a diretoria, a MSI está fazendo de tudo para negociar o atleta, mas, até agora, temia a reação da torcida.

Além de cobrar satisfações de Tevez, a Gaviões também atacou Roger, Ricardinho e Gustavo Nery. "Eles estão convidados a pensar melhor se vale a pena ficar no Corinthians. Eles e a MSI têm toda a liberdade de procurar o que for melhor para eles", finaliza Pulguinha.

Veja também



ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias