! Alemanha aplica maior goleada das eliminatórias da Eurocopa - 06/09/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  06/09/2006 - 18h44
Alemanha aplica maior goleada das eliminatórias da Eurocopa

Das agências internacionais
Em Serravelle (San Marino)

A Alemanha venceu nesta quarta-feira San Marino por 13 a 0, aplicando a maior goleada da história das Eliminatórias para a Eurocopa de 2008. O antigo recorde era da Espanha, que venceu Malta por 12 a 1 em 1983.

OS ARTILHIEROS DA GOLEADA
Reuters
Podolski cabeceia para marcar um dos seus quatro gols na vitória sobre San Marino
Podolski4
Klose2
Schweinsteiger 2
Hitzlsperger 2
Ballack1
Schneider1
Friedrich 1
ArtilheirosGols
O atacante Lukas Podolski, revelação da equipe que conquistou o terceiro lugar para a Alemanha na Copa do Mundo, marcou quatro gols. Klose, Schweinsteiger e Hitzlsperger fizeram dois gols cada, enquanto Ballack, Friedrich e Schneider também marcaram.

Foi a terceira vitória do técnico Joachim Loew, que assumiu a seleção após a saída de Jurgen Klinsmann, que comandou o time na Copa do Mundo. Na estréia nas Eliminatórias, os alemães venceram a Irlanda por 1 a 0.

O resultado foi também a maior vitória fora de casa da história da seleção alemã. A maior vitória até esta quarta tinha sido 9 a 1 contra Luxemburgo, em 1934. No ranking da Fifa, San Marino ocupa a 191ª colocação entre 197 seleções ligadas à entidade. Aequipe acumula agora 35 derrotas e nenhuma vitória em jogos válidos pelas eliminatórias para a Eurocopa ou Copa do mundo.

"Sabíamos que esse seria o time mais fraco do grupo e fizemos de tudo para marcar o maior número possível de gols", afirmou Podolski. O atacante abriu o placar aos 12 minutos do primeiro tempo, aproveitando de cabeça um cruzamento de Schneider.

Os alemães dominaram completamente o jogo e ampliaram aos 29 minutos, com Schweinsteiger. A partir daí, a defesa de San Marino se rendeu. Klose marcou aos 30 e Ballack, aos 35, seu primeiro gol desde o dia 2 de junho.

Antes do intervalo, os alemães marcaram mais duas vezes e foram ao vestiário vencendo por 6 a 0. Podolski voltou a marcar, novamente completando um cruzamento de Schneider. O sexto foi de Klose, que aproveitou uma bola enfiada por Ballack.

No Segundo tempo, o ritmo continuou intenso. Aos dois minutos, Schweinsteiger chutou de fora da área para marcar o sétimo. Sem encontrar resistência por parte de San Marino, Podolski e Hitzlsperger marcaram mais dois gols cada um, ampliando o placar para 11 a 0.

Para fechar a goleada, Friedrich marcou seu primeiro gol com a camisa da seleção alemã e, aos 33 minutos, Schneider completou o placar, de pênalti. O goleiro Lehmann chegou a correr para área de San Marino para fazer a cobrança, mas desistiu depois de reclamaçãos dos adversários.

"A torcida estava gritando para que eu batesse, mas depois de pensar melhor, vi que poderia ser interpretado como humilhação para San Marino. Os jogadores também estavam pedindo por 'fair-play', então eu voltei para o gol. Acho que foi melhor assim", afirmou o goleiro do Arsenal, da Inglaterra.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias