! Flu busca empate, e Santos segue sem vencer cariocas - 21/09/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  21/09/2006 - 00h00
Flu busca empate, e Santos segue sem vencer cariocas

Da Redação
Em São Paulo

A sina carioca do Santos no Campeonato Brasileiro atrapalhou os planos do time paulista de iniciar uma arrancada na competição. Nesta quarta-feira à noite, a equipe alvinegra empatou por 1 a 1 com o Fluminense, na Vila Belmiro, pela 25ª rodada.

O gol santista foi marcado por Cléber Santana, aos 33min do segundo tempo, em cobrança de pênalti polêmico. Mas, aos 40min, Luiz Alberto, contra, empatou a partida para o time tricolor, em saída errada do goleiro Fábio Costa.

A atuação do camisa 1, inclusive, irritou os santistas. Após o jogo, Fábio Costa foi agredido por um torcedor na porta do vestiário, tentou revidar, mas foi contido por seguranças do clube. O goleiro sofreu um leve hematoma no rosto e ainda levou três pontos na mão.

EMPATE ENTRE SANTOS E FLU
Ricardo Nogueira/FI
Jogadas atrapalhadas marcaram a partida como duelo Kleber x Evando
Ricardo Nogueira/FI
Sem entrosamento, Zé Roberto ainda mostrou todo seu potencial
Ricardo Nogueira/FI
Cléber Santana, em pênalti inexistente, abriu o placar na Vila
Ricardo Nogueira/FI
Mas Luiz Alberto, contra, tirou a vitória do Santos no fim da partida
PÁGINA DO BRASILEIRÃO
VEJA FOTOS DA RODADA
VEJA OS GOLS DA PARTIDA
FÁBIO COSTA É AGREDIDO
LIBERTADORES VIRA ALVO
LUXEMBURGO ISENTA ÁRBITRO
Além dos gols, os dois times criaram poucas chances claras de gol. Preso na forte marcação tricolor, o meia Zé Roberto, que fez sua estréia na Vila Belmiro, teve atuação apagada, mesmo ficando em campo até o final da partida.

Agora, dos 11 jogos em que disputou em seu estádio, o Santos venceu oito, perdendo para o Vasco e empatando com Botafogo e Fluminense. A última chance de derrotar um carioca na Vila pelo Brasileiro acontecerá no domingo, quando os santistas recebem o Flamengo.

O prejuízo sofrido contra os times cariocas em seu estádio - oito pontos, é próximo à diferença que separa o Santos do São Paulo, líder do nacional. A equipe tricolor tem 49 pontos, contra 40 dos santistas, que pretendem alcançar o rival estadual com uma seqüência de partidas em casa.

A desvantagem, com mais 13 jogos para o Santos realizar, já começam a gerar um desânimo na Vila Belmiro, com relação à disputa pelo título. "Claro que a conquista pelo título ficou distante", afirmou o técnico Vanderlei Luxemburgo, que garante a motivação de sua equipe pela disputa por uma vaga na Copa Libertadores de 2007.

Além do jogo contra o Flamengo, o Santos terá ainda mais três dos próximos seis confrontos na Vila Belmiro. Grêmio, Figueirense e São Caetano serão recebidos em Santos, intercalados com os jogos contra Corinthians e Botafogo, fora.

Para o Fluminense, apesar de não ter conseguido a vitória, o empate mantém a tranqüilidade no clube, que vinha de vitória sobre o Figueirense na última rodada. Com 34 pontos, a equipe tricolor segue sonhando com uma vaga na Copa Libertadores - está três pontos atrás do Paraná, na área de classificação para o torneio continental.

O Fluminense ainda poderá subir na tabela se conseguir aproveitar a proximidade de sua torcida. No próximo sábado, o time carioca recebe o Fortaleza, no Maracanã. Depois disso, enfrenta Flamengo e São Paulo, no mesmo estádio.

O jogo
Os primeiros 15 minutos de jogo tiveram total domínio do Santos. Enquanto o Fluminense não conseguiu armar suas jogadas de ataque, os santistas perderam duas boas chances, com o zagueiro Luiz Alberto, de cabeça, e em chute para fora do lateral Kléber.

O Santos manteve mais posse de bola, mas parou de criar. Com isso, o Fluminense, mesmo tímido, saiu mais para o jogo. O time tricolor quase marcou aos 31min. Evando tabelou com Tuta e chutou de fora da área, com força. A bola passou perto do gol santista.

Com muita marcação, o jogo ficou concentrado no meio e sem chances de gol. O Fluminense conseguiu manter a partida equilibrada. A insatisfação do técnico Vanderlei Luxemburgo com o Santos ficou clara após o intervalo.

FLU PERDE DOIS NO JOGO
Vipcomm
O Fluminense começou a partida com dois desfalques - Anderson e Marcelo, suspensos. Mas, em pouco mais de 30 minutos, o time tricolor ainda perdeu Roger e Marcão (foto), com problemas médicos.
DESFALQUES DO FLU DOBRAM
JEAN DÁ OPÇÃO NA LATERAL
André Luiz deixou o jogo para a entrada do meia Rodrigo Tabata. Como na primeira etapa, o time paulista tentou pressionar no início. E o próprio Tabata, aos 9min, arriscou um chute que passou perto do gol tricolor.

O Fluminense, porém, respondeu rapidamente. Evando recebeu bom passe na área, aos 11min, e, na saída de Fábio Costa, tocou por cima do gol. O time tricolor teve nova boa chance aos 25min, mas Tuta, também na área, pegou mal na bola.

Sem achar espaços na marcação tricolor, o Santos só voltou a levar algum perigo aos 28min. Kléber cobrou falta cruzando na área e o zagueiro Manzur desviou de cabeça, à esquerda do gol de Diego.

Ainda insatisfeito com seu time, Luxemburgo mudou a dupla de ataque. Jonas e Wellington Paulista foram substituídos por Rodrigo Tiuí e Leandro. Aos 31min, Tiuí, de cabeça, acertou o travessão tricolor. Na seqüência, Zé Roberto atrapalhou cabeçada de Cléber Santana, desperdiçando ótima chance.

Crescendo no jogo, o Santos chegou ao gol em um lance polêmico. Aos 33min, Rodrigo Tabata recebeu lançamento na área e caiu com a aproximação de Fernando. O árbitro Leonardo Gaciba marcou o pênalti, convertido por Cléber Santana.

Sem mostrar muita força para chegar ao gol, o Fluminense conseguiu o empate aos 40min com uma ajuda do Santos. Petkovic cobrou falta cruzada na área, o goleiro Fábio Costa saiu mal do gol e o zagueiro Luiz Alberto desviou contra para marcar.

SANTOS
Fábio Costa; Denis, Luiz Alberto, Manzur e Kléber; Maldonado, André Luiz (Rodrigo Tabata), Cléber Santana e Zé Roberto; Jonas (Rodrigo Tiuí) e Wellington Paulista (Leandro)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

FLUMINENSE
Diego; Rissut, Henrique, Thiago Silva e Roger (Jean); Marcão (Fernando), Romeu, Rogério e Petkovic; Evando (Beto) e Tuta
Técnico: Antonio Lopes

Local: estádio Vila Belmiro, em Santos
Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva (RS)
Assistentes: José Javel Silveira e Altemir Hausmann (RS)
Cartões amarelos: Jean (F), Cléber Santana (S), Evando (F), Maldonado (S)
Gol: Cléber Santana, aos 33min, e Luiz Alberto, contra, aos 40min do segundo tempo

Leia mais

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias