! De virada, São Paulo vence o Fluminense no Rio - 07/10/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  07/10/2006 - 20h05
De virada, São Paulo vence o Fluminense no Rio

Da Redação
No Rio de Janeiro

O São Paulo deu mais um importante passo para conquistar o título do Campeonato Brasileiro de 2006. Neste sábado à noite, no Maracanã, a equipe derrotou o Fluminense por 2 a 1 de virada e completou a 17ª rodada seguida na liderança do certame, enquanto o time carioca se aproxima a cada partida da zona do rebaixamento.

Mauricio Val/Fotocom.net
Com a vitória sobre o Fluminense, líder São Paulo de Leandro (dir) chega a 56 pontos
SÃO PAULO X FLUMINENSE
JUCA COMENTA O JOGO
VOTE NA ENQUETE
VEJA OS GOLS DA PARTIDA
Por coincidência, a má fase do Flu - atualmente com 34 pontos, na 14ª posição - começou exatamente após a derrota por 1 a 0 para o São Paulo no primeiro turno. Naquele momento, os cariocas perdiam a liderança do Brasileiro para os paulistas e, de lá para cá, venceram apenas três jogos em 20 disputados.

Já o São Paulo não saiu mais da liderança e agora contabiliza 56 pontos. Se o Grêmio - vice-líder, com 48 pontos - não vencer o Santos - terceiro, com 46 pontos - neste domingo, o time paulista abrirá sete pontos de vantagem para o segundo colocado.

Dentro de campo, os times demonstraram o porquê da enorme diferença na tabela de classificação. De um lado, um Flu caótico, que irritou mais uma vez os poucos torcedores que se aventuraram ao Maracanã e viram a zona do rebaixamento ficar mais perto, já que a Ponte Preta venceu o Juventude e chegou aos 33 pontos.

"Vontade não faltou, não. Não se pode falar isso, mas fomos desatentos e sofremos dois gols. Depois pressionamos no segundo tempo, mas não conseguimos marcar", defendeu-se o volante Marcão.

Do outro lado, um São Paulo organizado e que sobrou em campo, dominando o meio-campo com toque de bola e inteligência, se aproveitando da frágil defesa tricolor.

ATACANTES ENCERRAM JEJUM
O ataque do São Paulo voltou a funcionar. Depois de ficar sete partidas sem marcar nenhum gol com os jogadores de frente, o Tricolor finalmente encerrou o jejum ofensivo, com gols de Leandro e Aloísio na vitória deste sábado, por 2 a 1, sobre o Fluminense.

O último gol marcado por um atacante havia acontecido na derrota para o Boca Juniors por 2 a 1, no primeiro jogo da final da Recopa, no dia 7 de setembro, em Buenos Aires. Na ocasião, Thiago abriu o placar para o clube do Morumbi, iniciando a falta de gols dos avantes.

No entanto, neste fim de semana a seqüência que já durava um mês foi terminada. Aloísio fez o primeiro gol do São Paulo, empatando a partida contra a equipe carioca, aos 18min do primeiro tempo.
LEIA MAIS
"Começamos o jogo desatentos e sofremos um gol muito cedo. Mas não perdemos a calma e conseguimos virar a partida", disse o centroavante Aloísio, que marcou o primeiro gol do São Paulo na partida.

Agora, a equipe tricolor paulista só volta a jogar no próximo sábado, quando tentará manter a folgada liderança no Morumbi, diante de sua torcida.

O São Paulo vai encarar o Juventude, às 18h10, e poderá contar com o retorno do volante Mineiro, que foi desfalque nas duas últimas rodadas por estar na seleção brasileira.

Já o Flu entrará em campo na quarta-feira, às 22h, pela Copa Sul-Americana. O time fará o jogo de volta das oitavas-de-final do torneio contra o Gimnasia y Esgrima, da Argentina. Pelo Brasileiro, o compromisso será domingo, às 16h, contra o Inter, em Porto Alegre.

O jogo
O São Paulo sequer havia tocado na bola quando o Fluminense abriu o placar. Logo a 1min, após uma troca de passes pelo setor esquerdo, o zagueiro Roger chegou à linha de fundo e cruzou rasteiro. A defesa paulista parou e Tuta entrou sozinho na área, completando sem chances para Rogério Ceni.

O gol desestabilizou por alguns minutos os visitantes, que demonstraram nervosismo e erraram alguns passes fáceis. Contudo, a supremacia carioca terminou aos 18min. Após cruzamento na área do Flu, Aloísio dominou no peito e, sem qualquer marcação, tocou de bico, no canto esquerdo de Fernando Henrique, empatando o jogo.

A partir daí, o São Paulo tomou conta da partida. Aos 28min, Danilo bateu de fora da área no ângulo de Fernando Henrique, que salvou o Flu em bela defesa. Em um de seus raros ataques, Tuta chutou fraco e perdeu ótima chance para o Fluminense aos 32min.

Contudo, Leandro não vacilou aos 35min e virou o jogo para o São Paulo. Após passe de Ilsinho, o atacante entrou sozinho na área e chutou forte, no alto de Fernando Henrique. Após o gol, Leandro, ex-Fluminense, não comemorou.

Na segunda etapa, o Flu, mesmo desorganizado, se lançou todo ao ataque desde o início. Aos 8min, Petkovic cobrou falta na área e Rissut, com Rogério Ceni batido no lance, perdeu oportunidade incrível. Aos 18min, Tuta tentou de bicicleta, mas Rogério Ceni defendeu.

Retraído, o São Paulo só foi ameaçar com Thiago, aos 21min, em chute de fora da área que passou rente à trave. Depois disso, PC Gusmão mexeu no Flu e tirou o zagueiro Anderson, colocando o meia Pedrinho. Mais tarde, sacou Romeu e pôs Lenny.

O Flu seguiu pressionando, mas a defesa paulista suportou sem maiores dificuldades a pressão carioca e o São Paulo deixou o Maracanã mais próximo do título.

FLUMINENSE
Fernando Henrique; Anderson (Pedrinho), Thiago Silva e Roger; Rissut, Marcão, Romeu (Lenny), Petkovic e Ulisses (Henrique); Beto e Tuta
Técnico: Paulo César Gusmão

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Ilsinho (Alex Dias), Fabão, Miranda e Júnior; Josué, Souza, Danilo e Leandro (Ramalho); Aloísio (Alex Silva) e Thiago
Técnico: Muricy Ramalho

Local: estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Rogério Carlos Rolim (PR)
Cartões amarelos: Anderson (F), Josué (S), Ilsinho (S), Fabão (S), Souza (S)
Gols: Tuta, a 1min, Aloísio, aos 18min, Leandro, aos 35min do primeiro tempo

Veja também
Leia mais


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias