! Time inspirado no Grêmio faz sucesso em ano do Inter no Japão - 12/12/2006 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  12/12/2006 - 12h37
Time inspirado no Grêmio faz sucesso em ano do Inter no Japão

Evandro César Lopes
Enviado Especial do UOL
Em Tóquio

No ano em que o Internacional faz sua estréia no Mundial de Clubes da Fifa, no Japão, quem faz sucesso no país asiático é um "time gêmeo" do rival Grêmio. O Kawasaki Frontale, que disputa a primeira divisão da J-League, a liga japonesa.

Divulgação
Camisas do Kawasaki Frontale do modelo antigo. Ambas inspiradas nas do Grêmio
Divulgação
O jogador Ito Hiroki, do Kawasaki Frontale, com o novo uniforme da equipe japonesa
INTER RENOVA COM ABEL BRAGA
FERNANDÃO BUSCA SIMPATIA
GRAMADO DIVIDE OPINIÕES
CONFIRA PÁGINA DO MUNDIAL
VEJA FOTOS DO TREINO DO INTER
Criada no ano de 1996, a equipe que tem sua sede na área metropolitana de Tóquio, terminou a competição nacional deste ano na segunda colocação - atrás apenas do Urawa Red Diamonds, do atacante Washington -e garantiu classificação direta para a Copa da Ásia, que distribui uma das vagas no Mundial de Clubes da Fifa.

Em seus primeiros anos de vida, o Frontale chegou até mesmo a utilizar uma camisa com as cores e o distintivo exatamente iguais às utilizadas pela equipe gaúcha. Até mesmo o uniforme reserva era semelhante.

Uma parceria entre as duas equipes também foi firmada. Tinga, hoje no Borussia Dortmund, formado pelas categorias de base do Grêmio, foi um dos primeiros a fazer parte do intercambio com os japoneses.

Após o final dos anos 90, um novo lay-out foi criado para a camisa do time, mas as cores continuaram as mesmas. A inspiração para fazer do uniforme do Frontale uma réplica do time gaúcho aconteceu após a participação do Tricolor no Mundial de Clubes em 1995, quando o Grêmio terminou a competição na segunda posição.

Considerado pelos japoneses como uma espécie de São Caetano do Japão, o Frontale também conta com a ajuda de muitos brasileiros em seu elenco. Neste ano, Marcão, Juninho (ex-Palmeiras) e Magnum (ex-Vitória) fizeram parte do time que foi vice-campeao japonês neste ano, após subir para a primeira divisão em 2004.

Apesar da presença em massa dos brasileiros, quem faz mesmo sucesso no time japonês é o meio-campista Kengo Nakamura, que também faz parte da seleção japonesa e é verdadeiramente adorado pelos fãs do Frontale.

Apesar das semelhanças, a torcida do Frontale não guarda nenhum tipo de rancor contra o Internacional e nem mesmo pretende "secar" o rival gremista. Com o final da J-League, diretores, jogadores e até mesmo os funcionários sociais do clube entraram em férias e nenhuma manifestação de sua torcida está marcada.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias