! Santos supera altitude e vence Deportivo Pasto por 1 a 0 - 22/02/2007 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  22/02/2007 - 02h09
Santos supera altitude e vence Deportivo Pasto por 1 a 0

Da Redação
Em São Paulo

O Santos cumpriu seu papel e saiu com a vitória na cidade de San Juan Pasto, em sua estréia na fase de grupos da Copa Libertadores. Mesmo com a elevada altitude da cidade colombiana, a equipe da Baixada superou o Deportivo Pasto na madrugada desta quinta-feira por 1 a 0, com gol do meio-campista Maldonado. Esta foi a primeira vez que o jogador chileno balançou as redes adversárias desde que chegou à Vila Belmiro, em janeiro de 2006.

PRINCIPAIS LANCES
EFE
Santistas comemoram gol na Colômbia
EFE
Zé Roberto, um dos destaques, tenta drible
PRIMEIRO TEMPO
11min - Em jogada de contra-ataque, Rodrigo Tiuí recebe passe dentro da área, pela esquerda, e cruza para o meio, mas a defesa colombiana afasta para escanteio.
12min - Zé Roberto vai cobrar escanteio na lateral direita e é atingido por um copo, jogado das arquibancadas do estádio Libertad.
37min - Ramos levanta da esquerda para o meio da área. Vidal acerta cabeceio entre a defesa alvinegra e manda acima da meta de Fábio Costa.
SEGUNDO TEMPO
4min - Rodas recebe passe de Moroy, livra-se da marcação e chuta forte. A bola bate na parte de trás do gol de Fábio Costa.
7min - Kléber cobra falta da meia-direita em direção à área do Deportivo Pasto. Rodrigo Tiuí se adianta e completa de primeira, mas Barahona realiza grande defesa e evita o gol.
17min - GOOOOOLL DO SANTOS!!!!!! Marcos Aurélio dá passe para Maldonado dentro da área adversária, e o meio-campista bate no canto esquerdo para abrir o placar.
VEJA FOTOS DA RODADA
PSICOLÓGICO "CONTRA" ALTITUDE
Com o resultado desta noite, o clube alvinegro marcou seus três primeiros pontos no Grupo 8 e igualou-se ao Defensor Sporting (URU), que venceu o Gimnasia y Esgrima (ARG) em sua estréia. A equipe da Colômbia, por sua vez, ficou ao lado do time portenho sem nenhum ponto.

O técnico Vanderlei Luxemburgo não teve nenhum problema para escalar o time e mandou a campo o que tinha de melhor. Ele optou pelo esquema 3-5-2, com Ávalos atuando na defesa ao lado de Antônio Carlos e Adaílton. A equipe praiana não começava uma partida assim desde a estréia do Campeonato Paulista de 2007, na vitória sobre o Grêmio Barueri por 2 a 1, dia 17 de janeiro.

O Santos também precisou superar os 2.500m de altitude da cidade de San Juan Pasto, com cerca de 26% a menos de oxigênio do que encontra na Vila Belmiro, no nível do mar. Além disso, teve de "ignorar" a seqüência de 12 partidas em 36 dias para conseguir o resultado positivo na Colômbia.

Quando a partida começou, a equipe brasileira se deparou com um adversário bastante fechado no meio-campo. Aos poucos, o clube visitante subiu com maior intensidade, mas não apresentou boa criatividade para aproximar-se da meta rival. Assim, a equipe da Baixada não conseguiu ir para o intervalo com vantagem no placar.

No segundo tempo, o Santos diminuiu o ritmo do jogo e viu o clube anfitrião lançar-se ao ataque. Mesmo assim, conseguiu marcar com o chileno Maldonado, que anotou seu primeiro gol com a camisa alvinegra após 52 partidas.

Depois do lance, o time de Luxemburgo acalmou-se e deu prioridade à marcação. O Deportivo Pasto chegou ao ataque mais do que fez no restante do confronto, mas não ameaçou a meta de Fábio Costa e o triunfo da equipe brasileira.

O Santos volta a campo neste domingo pelo Campeonato Paulista, contra o Marília, no estádio Abreuzão. Na próxima quinta-feira, dia 1º de março, a equipe da Baixada retorna à disputa da Libertadores e recebe o Defensor Sporting, na Vila Belmiro.

DEPORTIVO PASTO-COL
Barahona; Ramos, Díaz, Mera e Monroy; Rodríguez (De La Cruz), Jaranillo, Vidal e Villamil (Valencia); García (Martinez) e Rodas
Técnico: Álvaro Jesus Gomes

SANTOS
Fábio Costa; Ávalos, Adaílton, Antônio Carlos; Pedro, Maldonado, Cléber Santana, Zé Roberto (Pedrinho) e Kléber; Marcos Aurélio (Rodrigo Tabata) e Rodrigo Tiuí (Jonas)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Local: estádio Libertad, em San Juan Pasto, na Colômbia
Árbitro: Manuel Andarcia (VEN)
Assistentes: Juan Soto e Rafael Yanéz (ambos da VEN)
Cartões amarelos: Rodríguez (DP), Pedro (S), Ramos (DP), Díaz (DP) e De La Cruz (DP)
Gol: Maldonado, aos 17min do segundo tempo

Libertadores da América
Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias