! São Paulo demite Rodrigo Fabri por justa causa - 23/02/2007 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  23/02/2007 - 19h15
São Paulo demite Rodrigo Fabri por justa causa

Evandro César Lopes
Em São Paulo

O São Paulo anunciou, nesta sexta-feira, que demitiu, por justa causa, o meia Rodrigo Fabri. O clube alega abandono de emprego. De acordo com a diretoria, o jogador não comparece para treinar desde o início da temporada.

A briga entre as duas partes estourou no começo do ano, quando Muricy Ramalho não relacionou Fabri no elenco que disputaria a Libertadores e o Campeonato Paulista.

Vipcomm
Sem chance no elenco, Rodrigo Fabri é demitido e vai brigar com time na Justiça
SÃO PAULO QUER RECORDE DOMINGO
LEANDRO GANHA DESCANSO FORÇADO
Fora do grupo principal, Fabri deveria atuar no São Paulo B, que viajou para Índia em excursão esportiva. De acordo com a diretoria, o jogador se recusou a treinar na cidade de Cotia, onde os atletas não aproveitados por Muricy se prepararam para a viagem.

"O São Paulo tentou algumas negociações, mas ele não aceitou nenhuma", afirmou Marco Aurélio Cunha, superintendente de futebol do clube. "Chegamos a sugerir que ele se transferisse para outra equipe, e tentamos envolve-lo em alguns negócios, ele sempre se negou."

O atleta de 31 anos, revelado pela Portuguesa, foi trazido ao clube do Morumbi no começo de 2006, depois de atuar por duas temporadas pelo Atlético Mineiro -seu contrato com o São Paulo iria até o final de 2007.

De acordo com o jogador, seu vínculo prevê participação apenas no time profissional e não na equipe B. O São Paulo nega a informação. As duas partes devem se encontrar agora na Justiça, em audiência que ainda não tem data definida.

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias