! Com dificuldades, Santos vence e chega à liderança do Grupo 8 - 01/03/2007 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  01/03/2007 - 20h55
Com dificuldades, Santos vence e chega à liderança do Grupo 8

Da Redação
Em São Paulo

Não foi fácil, mas o Santos cumpriu seu papel e chegou à liderança do Grupo 8 da Copa Libertadores. Nesta quinta-feira, o time alvinegro venceu o Defensor Sporting por 1 a 0, com belo gol do meia Zé Roberto, aos 3min do segundo tempo.

PRINCIPAIS LANCES
Reuters
Santistas se aglomeram para comemorar o gol de Zé Roberto, que garantiu a vitória
PRIMEIRO TEMPO
8min - Zé Roberto invade a área pela esquerda e cruza para o meio. Marcos Aurélio completa de cabeça, na frente do gol, mas manda em cima do zagueiro visitante.
10min - Peinado rouba bola de Antônio Carlos dentro da área alvinegra e bate rasteiro, mas manda para fora.
30min - Zé Roberto domina a bola dentro da área e chuta cruzado. A bola passa muito perto, mas sai à esquerda da meta de Martín Silva.
SEGUNDO TEMPO
3min - GOOOOOLL DO SANTOS!!!!!! Zé Roberto recebe passe na entrada da área, livra-se do marcador e bate forte no canto direito para abrir o placar.
7min - Após jogada de contra-ataque, Fernández arrisca da entrada da área, e Fábio Costa realiza grande defesa no canto esquerdo para evitar o gol.
34min - A equipe uruguaia continua pressionando o Santos. O time brasileiro, por sua vez, volta a encontrar dificuldades para se aproximar da meta rival.
SANTOS 'SIMPLES' ESQUECE SHOW
TÉCNICO PÕE PEDRO NA GELADEIRA
VEJA FOTOS DA PARTIDA
"Se compararmos com os outros jogos que tivemos em casa, esse foi o mais difícil de todos. Na minha opinião, foi uma partida ainda mais difícil do que a derrota para o São Bento no Paulista. Por isso, ficou de ótimo tamanho para nós", comemorou Zé Roberto após o confronto.

Com o triunfo, a equipe brasileira ultrapassou o próprio Defensor Sporting e chegou ao primeiro lugar da chave, com seis pontos ganhos. O time do Uruguai permanece com três, agora na segunda colocação.

O resultado também aumentou a invencibilidade do Santos na Vila Belmiro para 16 partidas pela Libertadores. Desde 1984 o clube da Baixada não sofre um revés em casa contra times do exterior na competição. De lá para cá, foram 12 vitórias a favor da equipe alvinegra e quatro empates.

Para o confronto desta quinta, o técnico Vanderlei Luxemburgo manteve a mesma base da equipe que estreou no torneio. A única alteração foi a entrada do lateral Dênis no lugar de Pedro.

Quando a partida começou, no entanto, o Santos não conseguiu superar a forte marcação dos visitantes, tanto pelas alas, como pelo meio-campo, e ficou sem balançar as redes até o intervalo.

"Foi difícil esse começo. Ali no meio-campo, que é o nosso setor mais forte, estávamos muito precipitados. Esse é um dos pontos que precisamos melhorar para vencer o jogo", explicou o zagueiro Adaílton após a etapa inicial.

Logo no início do segundo tempo, o Santos mostrou a evolução que o defensor queria e saiu na frente do placar, depois de bela jogada de Zé Roberto pelo meio. Entretanto, o clube da Baixada não conseguiu manter o ritmo no decorrer do jogo e passou a ser pressionado pelo adversário. Com isso, Luxemburgo promoveu as entradas de Ávalos e Pedrinho, que ajudaram a segurar o placar até o apito final.

No próximo domingo, o Santos retorna à disputa do campeonato estadual, em partida contra o Paulista, novamente na Vila Belmiro. O time alvinegro volta a atuar pela Libertadores apenas no dia 14, contra o Gimnasia y Esgrima-ARG, também em casa.

SANTOS
Fábio Costa; Dênis, Adaílton, Antônio Carlos e Kléber; Maldonado, Rodrigo Souto, Cléber Santana (Ávalos) e Zé Roberto; Marcos Aurélio (Jonas) e Rodrigo Tiuí (Pedrinho)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

DEFENSOR SPORTING-URU
Martín Silva; Ithurralde, Martínez e Cáceres; Díaz (Morales), Pereira (Ariousa), Fadeuille, González e Pezzolano (De Souza); Fernández e Peinado
Técnico: Jorge da Silva

Local: estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Héctor Baldassi (ARG)
Assistentes: Sérgio Cagni e Juan Carlos Rebollo (ambos da ARG)
Renda: R$ 134.950,00
Público: 9.409
Cartões amarelos: Antônio Carlos (S), Martínez (DS), Pereira (DS) e Dênis (S)
Gol: Zé Roberto, aos 3min do segundo tempo

Libertadores da América
Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias