! Botafogo vence Fluminense e dispara na liderança - 18/03/2007 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  18/03/2007 - 20h11
Botafogo vence Fluminense e dispara na liderança

Da Redação
No Rio de Janeiro

Semelhantes na alegria e na tristeza, Botafogo e Fluminense entraram em campo neste domingo, no Maracanã, em busca da quarta vitória seguida na temporada para confirmar a recuperação após o fiasco na Taça Guanabara e embalar na Taça Rio. Com a vitória por 1 a 0 no clássico desta noite, o time alvinegro disparou na liderança do grupo A e atingiu o objetivo.

PRINCIPAIS LANCES
Folha
Jorge Henrique, do Bota, disputa a bola
PRIMEIRO TEMPO
4min - Dodô aproveita a sobra da cobrança de escanteio, traz para o meio e chuta forte, mas Fernando Henrique espalma e salva o Fluminense. Logo depois, o artilheiro aproveita cruzamento de Zé Roberto e cabeceia livre na pequena área, mas por cima do travessão.
19min - Carlos Alberto tabela com Alex Dias na entrada da área e chuta forte. A bola sai rente à trave esquerda do goleiro do Botafogo.
29min - Lucio Flavio dá ótimo passe em profundidade para Zé Roberto, que domina de frente para Fernando Henrique, dribla o goleiro, mas fica sem ângulo e chuta para fora.
31min - Soares invade a área pela esquerda, cai após dividida com Alex e o árbitro marca pênalti. Na cobrança, aos 33min, Carlos Alberto chuta à meia altura no canto direito de Júlio César, que faz a defesa.
SEGUNDO TEMPO
5min - Jorge Henrique chuta forte da meia esquerda e obriga Fernando Henrique a fazer difícil defesa para salvar o Fluminense.
6min - No contra-ataque, Carlos Alberto toca para Soares, que invade a área livre pela esquerda e chuta de bico, mas manda a bola por cima do travessão.
15min - Soares recebe na grande área, passa no meio de dois adversários, mas chuta por cima do travessão, cara a cara com o goleiro.
21min - GOL DO BOTAFOGO! Diguinho arrisca o chute da intermediária e acerta o canto esquerdo de Fernando Henrique.
39min - Alex Dias recebe dentro da área e chuta rasteiro, mas Júlio César cai no seu canto esquerdo e segura firme.
O resultado foi ainda mais frustrante para o Fluminense porque o meia Carlos Alberto perdeu um pênalti no primeiro tempo, quando a partida ainda estava empatada por 0 a 0. O novato goleiro Júlio César caiu no canto certo e fez grande defesa.

"São coisas do jogo. No futebol, acontecem essas coisas. Uns lances você acerta e outros erra", tentou teorizar Carlos Alberto. "Assumo qualquer responsabilidade pela derrota", afirmou o meia.

"O Carlos Alberto bateu muito bem, mas esperei o momento certo, pude adivinhar o canto e fui feliz nessa defesa", comentou Júlio César, de 20 anos, um dos melhores em campo.

Depois disso, o time tricolor desperdiçou várias oportunidades de gol, principalmente com Soares, e foi castigado aos 21min da etapa final, quando Diguinho marcou o gol da vitória com um chute de fora da área. Aos 41min, a equipe alvinegra ainda perdeu Túlio, expulso, mas conseguiu segurar o resultado positivo até o fim.

Com a vitória, o Botafogo foi a seis pontos e abriu três de vantagem em relação ao segundo colocado, já que o Flamengo (com time reserva) perdeu para o Volta Redonda e ficou com três, ao lado da Cabofriense. Além disso, o time alvinegro encerrou a série invicta do Fluminense, que havia vencido seus três últimos jogos neste ano, desde a reestréia do técnico Joel Santana.

"Estamos recuperando o terreno perdido no primeiro turno. Mas a gente não pode se iludir só porque ganhou o clássico. Temos muito o que melhorar", observou Cuca, treinador do Botafogo.

Do outro lado, o resultado manteve o Fluminense com três pontos na chave B, na terceira posição, fora da zona de classificação para a semifinal da Taça Rio.

"A partir de agora, não podemos empatar nenhum jogo. Temos de vencer nossos compromissos para chegar entre os dois primeiros do nosso grupo. O clube que somar de 13 a 15 pontos estará classificado. Podem me cobrar depois. E vamos atrás deste objetivo", disse o técnico tricolor, Joel Santana.

Recuperação alvinegra
A vitória no clássico contra o Fluminense foi importante para o Botafogo ratificar sua reabilitação na temporada.

Após decepcionar na Taça Guanabara, da qual ficou fora da semifinal com uma derrota para o Boavista (que ainda classificou o Flamengo), o time venceu três partidas seguidas, mas todas contra adversários de pouca expressão - CSA-AL e Ceará, pela Copa do Brasil, e Friburguense, pela Taça Rio.

Neste sentido, no Fluminense, a derrota no clássico jogou um balde de água fria na tentativa de recuperação tricolor na temporada.

A exemplo do Botafogo, a equipe também ficou fora da semifinal da Taça Guanabara e esboçou uma reação ao vencer três jogos seguidos contra adversários inexpressivos - Adesg e América-RN, pela Copa do Brasil, e Cabofriense, pela Taça Rio.

Em busca de nova recuperação, o Fluminense volta a campo no próximo sábado para enfrentar o Madureira, em Conselheiro Galvão, pela terceira rodada da Taça Rio. Já o Botafogo joga na próxima quinta-feira, contra o Ceará, pela Copa do Brasil. Pelo Campeonato Estadual, o time alvinegro entra em campo no domingo, para encarar o América, em Édson Passos.

BOTAFOGO
Júlio César; Joilson, Juninho, Alex e Luciano Almeida (Asprilla); Túlio, Diguinho, Lucio Flávio (Leandro Guerreiro) e Zé Roberto; Jorge Henrique (Luis Mário) e Dodô
Técnico: Cuca

FLUMINENSE
Fernando Henrique; Carlinhos, Thiago Silva, Luiz Alberto e Roger (Júnior César); Fabinho, Romeu, Cícero (Lenny) e Carlos Alberto; Soares (Thiago Neves) e Alex Dias
Técnico: Joel Santana

Local: estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Renda: R$ 488.355,00
Público: 24.421 pagantes
Arbitro: William de Souza Nery
Auxiliares: Edney Mascarenhas e Paulo Sérgio Fernandes
Cartões amarelos: Romeu (F), Fabinho (F), Alex (B), Jorge Henrique (B), Roger (F) e Juninho (B)
Cartão vermelho: Túlio (B)
Gol: Diguinho, aos 21min do segundo tempo


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias