! Corinthians e Leão entram em acordo, e o técnico deixa o clube - 03/04/2007 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  03/04/2007 - 09h25
Corinthians e Leão entram em acordo, e o técnico deixa o clube

Marcius Azevedo
Em São Paulo

Emerson Leão não é mais o treinador do Corinthians. Na manhã desta
terça-feira, o técnico confirmou algo que todos sabiam: está deixando o clube de Parque São Jorge.

LEÃO FALA APÓS DEMISSÃO
A saída do treinador estava definida desde sexta-feira passada, quando ele se reuniu com o presidente Alberto Dualib e o empresário Renato Duprat, espécie de braço direito do mandatário corintiano.

Restava saber apenas quando Leão iria deixar o cargo. Apesar da situação insustentável, o técnico não queria pedir demissão para não precisar pagar multa. O Corinthians pensava na mesma maneira. As duas partes se acertaram, e o treinador foi embora.

Nesta terça-feira, Leão subiu ao campo já sem o uniforme do clube, conversou rapidamente com os jogadores e desceu. Logo depois, o treinador fez um pronunciamento. "Ontem [segunda-feira] à noite recebi um telefonema do Renato [Duprat] e tomamos café juntos, quando decidimos tudo. Estou deixando o Corinthians hoje. A situação era difícil e eles entendiam que o melhor seria minha saída. Portanto isto ocorreu, está tudo certo, tudo resolvido", discursou o ex-técnico corintiano.

"Quero agradecer ao Corinthians. Foi o trabalho mais difícil da minha vida, o trabalho mais arriscado da minha vida que eu aceitei fazer. Eu lembro o quanto tínhamos que conquistar quando cheguei, conquistamos e continuamos nesta situação, que é na primeira divisão [no Brasileiro]. Agora, com alguns reforços, podemos conquistar algo melhor. Assim, hoje, encerro minha passagem pelo Corinthians", finalizou.

LEÃO NO CORINTHIANS
JOGOS46
VITÓRIAS22
EMPATES13
DERROTAS11
APROVEITAMENTO57,2%
O QUE SERÁ DO CORINTHIANS?
FOTOS DE LEÃO NO CLUBE
Em seguida, Renato Duprat explicou o motivo pela saída de Leão. "Tivemos que tomar esta atitude para uma correção de rotas. A nossa idéia era mantê-lo por muito tempo, mas o Brasil ainda não tem esta cultura. Infelizmente, o Leão deixa o clube neste momento", afirmou o dirigente, que não quis revelar o nome do novo treinador.

"Vamos discutir o assunto nas próximas duas semanas. Até lá não teremos nenhum nome", disse Duprat.

Ao lado do treinador, também vão embora o auxiliar Pedro Santilli e o preparador físico Fernando, sobrinho de Leão. Neste período, o Corinthians será dirigido por um treinador do futebol amador do clube.

Assim, o técnico encerra um ciclo de pouco mais de sete meses. Leão, que estreou com uma vitória sobre o Fluminense, no dia 16 de agosto, no Maracanã, dirigiu o Corinthians em 46 jogos, com 22 vitórias, 13 empates e 11 derrotas. Um aproveitamento de 57,2%.

O treinador também vê fechado um mercado que envolve os três grandes da capital, já que deixou São Paulo e Palmeiras também de maneira traumática.

No Morumbi, quando já mantinha uma relação desgastada com os dirigentes, Leão pediu demissão logo após conquistar o título paulista de 2005 para ir para o Vissel Kobe, do Japão. Após quatro meses, o treinador voltou para trabalhar no Palmeiras, onde saiu em virtude de atritos com jogadores e diretoria em abril de 2006.

Leia mais

Grupos de discussão


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias