! Santos vira com dois de Zé Roberto e se classifica na Libertadores - 10/05/2007 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

10/05/2007 - 20h29

Santos vira com dois de Zé Roberto e se classifica na Libertadores

Da Redação
Em São Paulo
O Santos precisou mostrar novamente poder de superação para sair de um resultado adverso e conquistar uma vitória decisiva. Só que, desta vez, conseguiu o feito graças a uma grande exibição de Zé Roberto. Nesta quinta-feira, o time da Baixada chegou a estar perdendo por 2 a 0, mas correu atrás do resultado e virou a partida contra o Caracas-VEN por 3 a 2, com dois gols do meia, na Vila Belmiro. Como havia empatado o jogo de ida por 2 a 2, na Venezuela, a equipe se classificou para as quartas-de-final da Copa Libertadores.

PRINCIPAIS LANCES
EFE
Zé Roberto toca de letra para empatar
AFP
Meia faz dois e brilha na vitória santista
PRIMEIRO TEMPO
22min - GOOOLLL DO CARACAS!!! Rey cobra falta da meia direita com chute rasteiro para o gol. A bola passa ao lado da barreira e vai direto no canto esquerdo da meta santista.
32min - GOOOLLL DO CARACAS!!! Após cruzamento da direita, Carpintero se adianta à marcação e desvia de cabeça no canto esquerdo para fazer o segundo.
34min - GOOOLLL DO SANTOS!!! Marcos Aurélio invade a área pela direita em jogada individual e rola para Adaílton. O zagueiro dá um toque de primeira e manda para o fundo da rede.
41min - GOOOLLL DO SANTOS!!! Kléber avança pela esquerda e toca dentro da área para Marcos Aurélio. O atacante rola para Zé Roberto, que completa de letra para marcar um belo gol e empatar a partida.
SEGUNDO TEMPO
21min - GOOOOLLLL DO SANTOS!!!!!!! Zé Roberto tabela com Marcos Aurélio e chuta forte no canto direito da meta de Tuyo.
31min - Ótima chance para o Santos. Tabata recebe na intermediária do Caracas, gira e chuta forte. Tuyo faz bela defesa.
43min - O Caracas quase empata no fim. Depois de boa jogada pela esquerda, a bola chega a Castellín, que bate forte, mas Ávalos salva o Santos.
VEJA FOTOS DA PARTIDA
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO SANTOS
"Estou muito feliz com o que aconteceu. Agora é só descansar, pois estou muito cansado. O jogo valeu como presente para o Luxemburgo, com certeza", comemorou Zé Roberto, dedicando o triunfo ao treinador santista, que completou 55 anos nesta quinta.

Agora, o Santos terá pela frente o América-MEX, que eliminou o Colo Colo-CHI. A primeira partida das quartas-de-final será na próxima semana, no México, e o jogo da volta, que ainda não tem data definida, será na Vila Belmiro, onde o time brasileiro tem 100% de aproveitamento nesta Libertadores.

A classificação foi alcançada de forma parecida com a da conquista do Campeonato Paulista, no último fim de semana. No Estadual, o Santos precisou fazer um placar de 2 a 0 no São Caetano para ficar com o título. Já na noite desta quinta, o time ficou em desvantagem e teve que virar o marcador para obter a vaga.

Contra o Caracas-VEN, o técnico Vanderlei Luxemburgo repetiu a escalação da final do Estadual. Sem poder contar com o lateral-direito Alessandro, recém-contratado, o treinador deslocou Maldonado para o setor. Com isso, Pedrinho ganhou nova chance entre os titulares.

Logo no início da partida, os times imprimiram forte ritmo no meio-campo. A equipe visitante não ficou acuada na defesa e saiu em busca do gol, o que conseguiu aos 22 min, em falta cobrada por Rey. Dez minutos depois, os venezuelanos aproveitaram-se da instabilidade da defesa alvinegra para ampliar, com Carpintero.

Somente após levar o segundo gol, o Santos acordou e mostrou melhor aproveitamento na criação das jogadas. Aos 34min, o zagueiro Adaílton fez o primeiro para os anfitriões e, sete minutos depois, Zé Roberto igualou o confronto com um lindo gol de letra.

No segundo tempo, os dois times voltaram com uma postura mais cuidadosa. Aos poucos, o clube alvinegro ficou mais solto na frente e contou novamente com o talento de Zé Roberto para decretar a virada, aos 21min. Depois disso, o Santos se concentrou na marcação e conseguiu segurar as investidas do adversário. Aos 43min, o Caracas quase chegou ao empate, mas Ávalos impediu o gol dos vistantes e assegurou sua equipe na fase seguinte.

O resultado também serviu para o clube praiano manter a escrita de nunca ter sido eliminado nas oitavas-de-final da Libertadores, em nove participações no torneio.

Após garantir a classificação nesta quinta-feira, o Santos descansa e voltará a campo no próximo domingo. O time alvinegro viajará para Recife, onde enfrentará o Sport, na Ilha do Retiro, em sua estréia no Campeonato Brasileiro.

SANTOS
Fábio Costa; Maldonado, Adaílton, Ávalos e Kléber; Rodrigo Souto, Cléber Santana, Pedrinho (Rodrigo Tabata) e Zé Roberto; Jonas (Renatinho) e Marcos Aurélio (Marcelo)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

CARACAS-VEN
Toyo; Rouga, Vizcarrondo, Rey e Pérez; Vera (Guerra), Olivares (Depablos), Rojas e González; Velásquez (Castellín) e Carpintero
Técnico: Noel Sanvicente

Local: estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Carlos Amarilla (PAR)
Auxiliares: Atilio Invernizzi e Manuel Bernal (ambos do PAR)
Público: 10.826 pagantes
Renda: R$ 168.960,00
Cartões amarelos: Vizcarrondo (C), Vera (C), González (C) e Rojas (C)
Cartão vermelho: Adaílton (S)
Gols: Rey, aos 22min, Carpintero, aos 32min, Adaílton, aos 34min, e Zé Roberto, aos 41min do primeiro tempo e aos 21min do segundo tempo

Hospedagem: UOL Host