! São Paulo vence Inter no Morumbi e encosta na liderança - 03/07/2007 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

03/07/2007 - 22h29

São Paulo vence Inter no Morumbi e encosta na liderança

Da Redação
Em São Paulo
O São Paulo criou e finalizou bastante, mas não conseguiu abrir o placar com bola rolando. Foi só de pênalti, com Rogério Ceni, que o time do técnico Muricy Ramalho obteve o triunfo sobre o Internacional nesta terça-feira, no Morumbi. Com a vitória por 1 a 0, os donos da casa encostaram na liderança do Campeonato Brasileiro e complicaram a situação da equipe gaúcha na tabela.

PRINCIPAIS LANCES
Vipcomm
Aloísio dá chapéu na vitória são-paulina
Folha Imagem
Rogério Ceni comemora o gol da vitória
PRIMEIRO TEMPO
9min - Aloísio faz jogada pela esquerda, entra na área e rola para Jorge Wagner. O ala é travado na hora do chute e, na sobra de bola, tenta driblar Clemer. O árbitro nada marca e manda o lance seguir.
17min - Aloísio recebe na entrada da área, dá um chapéu em Sidnei, entra na área e tenta encobrir Clemer, mas a bola passa raspando a trave esquerda do Inter.
45min - Rogério Ceni cobra falta da entrada da área com a perna direita, mas o chute forte acerta a trave direita de Clemer.
SEGUNDO TEMPO
12min - GOOOLLL DO SÃO PAULO!!! Lenílson invade a área, é derrubado e sofre pênalti. Rogério Ceni cobra no canto direito e abre o placar.
23min - Depois de cruzamento da esquerda, Marcão cabeceia com perigo, à direita de Rogério Ceni, que estava batido no lance.
37min - Iarley arranca e entra na área do São Paulo perseguido por três zagueiros. Quando Rogério Ceni sai do gol, o atacante, pressionado, conclui mal e a bola passa à esquerda da meta são-paulina.
MAIS NOTÍCIAS DO SÃO PAULO
MAIS NOTÍCIAS DO INTER
CLASSIFICAÇÃO DO BRASILEIRÃO
ÁLBUM DE FOTOS DA RODADA
VEJA O GOL DO SÃO PAULO
O resultado deixou o São Paulo na segunda colocação do campeonato, já que o Goiás, que ocupava a posição antes da terça-feira, apenas empatou por 1 a 1 em casa com o líder Botafogo e chegou apenas aos 16 pontos.

Já o Inter corre o risco de terminar a rodada na zona do rebaixamento. Com oito pontos, os gaúchos estão na 16ª colocação. O problema é que o Flamengo, que está logo atrás, jogará na próxima quarta-feira, contra o Atlético-MG, no complemento da rodada, e, caso vença, deixará a equipe colorada na área do perigo.

A partida foi a segunda do São Paulo com o mesmo panorama. Assim como aconteceu contra o Figueirense, em Florianópolis, quando empatou por 0 a 0, o clube tricolor criou mais chances que o adversário, mas pecou nas finalizações e parecia que não iria sair da igualdade sem gols.

Um lance isolado no segundo tempo, porém, deu a vitória ao time do Morumbi. Depois de receber lançamento nas costas da defesa colorada, Lenílson driblou Clemer, foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Rogério - que já havia acertado uma bola na trave em cobrança de falta - bateu e fez aos 12min o seu quinto gol na temporada, todos da mesma forma.

A ineficiência do ataque, no entanto, volta a preocupar o torcedor são-paulino. Entre a eliminação na semifinal do Campeonato Paulista para o São Caetano e a vitória por 2 a 0 sobre o Vasco há quatro rodadas, os atacantes da equipe do Morumbi passaram em branco em sete jogos.

Contra os cariocas e no clássico diante do Santos, Borges (2), Aloísio e Dagoberto marcaram. A melhora, porém, não durou muito, e agora os atacantes já somam duas partidas sem marcar gols e com muitos erros de finalização.

"Nosso time está com um ataque, ou melhor, um número de gols abaixo do esperado, mas tenho certeza que logo vamos encaixar e isso vai melhorar", disse Rogério Ceni, artilheiro do time no Brasileiro.

A defesa, em compensação, mantém-se invicta. Melhor setor defensivo do campeonato com apenas dois gols sofridos em nove jogos, o São Paulo foi vazado pela última vez há quatro jogos, quando perdeu por 1 a 0 para o Atlético-MG, no Morumbi.

Só que desta vez o ataque adversário deu trabalho. Como precisava vencer, o Inter partiu para cima depois de sofrer o gol e incomodou Rogério Ceni, principalmente nas jogadas aéreas, com Sidnei e Christian, que entrou na segunda etapa no lugar de Adriano.

"Acho que a fase não é boa. A equipe vem trabalhando a cada jogo, tentamos melhorar, mas infelizmente as coisas nao vêm acontecendo da forma que a gente quer", explicou Christian, sobre o mau momento de sua equipe.

Na próxima rodada, no sábado, dia 7 de julho, o São Paulo receberá o Flamengo no Morumbi, enquanto o Internacional buscará sua recuperação no Beira-Rio contra o Figueirense.

São Paulo
Rogério Ceni; André Dias, Breno e Miranda; Ilsinho, Richarlyson, Hernanes, Leandro (Souza) e Jorge Wagner; Dagoberto (Hugo) e Aloísio (Lenílson)
Técnico: Muricy Ramalho

Internacional
Clemer; Ceará (Luciano Henrique), Índio (Élder Granja), Sidnei e Marcão; Edinho, Magal, Pinga e Alex; Iarley e Adriano (Christian)
Técnico: Alexandre Gallo

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Elvécio Zequetto (MS)
Auxiliares: Adnílson da Costa Pinheiros e Paulo César de Freitas (ambos de MS)
Cartões amarelos: Hernanes (S), Clemer (I), Edinho (I), Magal (I), Miranda (S) e Alex (I)
Gol: Rogério Ceni, aos 12min do segundo tempo

Hospedagem: UOL Host