! Corinthians surpreende e vence clássico contra o Santos - 02/09/2007 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

02/09/2007 - 17h57

Corinthians surpreende e vence clássico contra o Santos

Da Redação
Em São Paulo
O Corinthians superou a crise interna e o mau momento dentro dos gramados para vencer o Santos no clássico do Pacaembu. Neste domingo, o clube do Parque São Jorge venceu por 2 a 0 e frustrou as intenções do rival, que pretendia se aproximar da zona de classificação à Copa Libertadores.

PRINCIPAIS LANCES DA PARTIDA
Folha Imagem
Boliviano Arce pula para cabecear...
Folha Imagem
... e faz o segundo gol do clássico
Folha Imagem
Felipe vai ao alambrado comemorar
PRIMEIRO TEMPO
3min - O Santos quase abre o marcador. Petkovic pega a sobra na entrada da área corintiana e, sem deixar a bola cair, chuta forte para belíssima defesa de Felipe.
9min - GOOOOOLLLL DO CORINTHIANS!!!!!!! Um golaço do time de Parque São Jorge. Nilton acerta um lindo chute em cobrança de falta da intermediária, no ângulo da meta de Fábio Costa.
34min - Carlos Alberto domina na ponta direita e cruza. Adaílton afasta mal. A bola sobra para Arce, que limpa um zagueiro e chuta para belíssima defesa de Fábio Costa, que salva o Santos.
SEGUNDO TEMPO
7min - GOOOOOLLLL DO CORINTHIANS!!!!!! Finazzi recebe na esquerda e cruza na cabeça de Arce que, livre, só tem o trabalho de tocar para o gol e ampliar o resultado.
14min - Tabata recebe na ponta esquerda e cruza na cabeça de Renatinho, que conclui sobre a meta de Felipe e perde grande chance.
22min - Nilton salva o Corinthians. Renatinho recebe livre na área do time da casa e chuta. O zagueiro afasta, em cima da linha, com a cabeça.
28min - Felipe faz duas defesas e salva o Corinthians. Primeiro, o goleiro pula em seu canto esquerdo após cabeçada de Pet, e na sobra, tira com o pé chute de Kléber Pereira à queima-roupa.
CLASSIFICAÇÃO DO BRASILEIRO
MAIS FOTOS DO DOMINGO
VEJA OS GOLS DO CORINTHIANS
LEIA BLOG DO JUCA
PÁGINA DO CORINTHIANS
PÁGINA DO SANTOS
Esta foi a primeira vitória do Corinthians em clássicos no Campeonato Brasileiro. Depois de dois empates e uma derrota, a equipe consegue vencer o primeiro arqui-rival. Já o Santos não conseguiu nenhum triunfo em partidas deste tipo. Foram duas igualdades e dois reveses até o momento.

Com o resultado, o clube do Parque São Jorge chegou aos 30 pontos, agora na 13ª colocação, quatro acima da zona do rebaixamento. O triunfo no clássico ainda significa o fim de uma crise do time dentro de campo. A equipe paulistana não vencia há quatro partidas, período em que Paulo César Carpegiani foi demitido do cargo de treinador.

Já o Santos perde a oportunidade de continuar seguindo os clubes mais bem colocados da competição. Com a derrota, a equipe da Baixada Santista permanece com 36 pontos, no quinto lugar, agora 14 atrás do líder São Paulo.

Além disso, os comandados de Vanderlei Luxemburgo também lamentam mais um tropeço em meio a uma boa seqüência. Quatro rodadas atrás, o Santos caiu para o Fluminense fora de casa (3 a 0) depois de uma série de três triunfos consecutivos. Agora, o clube litorâneo perde novamente depois de três vitórias seguidas.

"Nosso time deixou de fazer o que combinou durante a semana. Agora tem de trabalhar para melhorar", disse Maldonado. "Hoje [domingo] tudo que estava acontecendo estava dando errado pra nós", completou Rodrigo Tabata.

Para o clube do Parque São Jorge, que comemorou 97 anos no último sábado, os três pontos no clássico podem significar o início de uma recuperação. A grande mudança apontada pelos atletas foi a determinação.

"O pessoal entrou bem. Estávamos mordidos. Foi o pequeno Davi derrubando o Golias. Temos de fazer assim sempre. O Corinthians mostrou hoje o que nós precisamos para continuar no campeonato", disse o zagueiro Betão.

A busca pelo gol foi premiada logo no início. Em cobrança de falta, Nilton bateu da intermediária com força, e acertou o ângulo direito do goleiro Fábio Costa, que nem se mexeu.

Mesmo com desvantagem no marcador, o Santos não conseguiu equilibrar as ações, assustou pouco o time mandante e ainda sofreu com os contra-ataques. Foi assim que Arce, de cabeça, ampliou aos 7min do segundo tempo.

CORINTHIANS
Felipe; Nilton, Betão e Zelão; Carlos Alberto, Bruno Octávio, Vampeta, Everton Santos (Moradei) e Carlão; Arce (Lulinha) e Finazzi (Clodoaldo)
Técnico: Zé Augusto

SANTOS
Fábio Costa; Baiano (Vitor Júnior), Adaílton, Marcelo e Kléber; Maldonado, Rodrigo Souto, Petkovic e Pedrinho (Rodrigo Tabata); Kléber Pereira e Marcos Aurélio (Renatinho)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa-SP)
Auxiliares: Valter José dos Reis e Ednílson Corona (Fifa-SP)
Cartões amarelos: Bruno Octávio (C) e Adaílton (S)
Cartão Vermelho: Adaílton (S)
Gols: Nilton, aos 9min do primeiro tempo; Arce, aos 7min do segundo tempo

Hospedagem: UOL Host