! Maior público do BR vê Flamengo desbancar líder São Paulo - 04/10/2007 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

04/10/2007 - 22h28

Maior público do BR vê Flamengo desbancar líder São Paulo

Da Redação
Em São Paulo
Diante do maior público do atual Campeonato Brasileiro (59.098 pagantes), o Flamengo foi o responsável por impor uma derrota ao líder São Paulo depois de 16 rodadas de invencibilidade. Na noite desta quinta-feira, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, os cariocas venceram os paulistas por 1 a 0, gol de Ibson.

FLA DERRUBA SÉRIE DO SÃO PAULO
A última derrota do clube do Morumbi havia sido também para um time carioca: o Fluminense. No dia 18 de julho, na capital paulista, o São Paulo perdeu de 1 a 0, gol de pênalti do atacante Somália.

Com esse triunfo, a equipe do técnico Joel Santana mantém bom retrospecto atuando no Maracanã e se afasta ainda mais da zona de rebaixamento. Agora dono de 40 pontos, o Flamengo aparece na décima colocação.

Já o São Paulo segue disparado na liderança, com 63 pontos, 12 a mais que o vice-líder Cruzeiro. Embora a distância já seja mais do que confortável, a equipe do técnico Muricy Ramalho perdeu a chance de aumentar para 15 essa diferença. Isso porque os mineiros perderam do Santos na última quarta-feira.

PRINCIPAIS LANCES DO JOGO
FernandoSoutello/Agif/AE
Ibson comemora gol da vitória
PRIMEIRO TEMPO
18min - Dagoberto domina na grande área, recebe a marcação de Rômulo e cai pedindo o pênalti. O árbitro manda o jogo seguir.
26min - Cristian recebe a bola na intermediária, arrisca chute de longa distância e acerta o travessão do goleiro Rogério Ceni.
29min - Boa chance para o São Paulo. Jorge Wagner cobra falta bem fechada na área do Flamengo, a bola passa por vários são-paulinos e sai pela linha de fundo.
35min - Cristian tabela com Maxi, invade a área pela esquerda e chuta forte. Rogério Ceni defende.
SEGUNDO TEMPO
4min - GOOOOLLLL DO FLAMENGO!!! Zaga do São Paulo bate cabeça, e a bola sobra para Ibson tocar com categoria para o fundo do gol.
9min - Ibson faz boa jogada pelo meio e toca para Maxi na direita. O argentino invade a área e chuta rasteiro. Ceni defende.
27min - Borges domina no peito e tenta dar uma bicicleta, mas é bloqueado por Ronaldo Angelim.
42min - Após cobrança de escanteio de Jorge Wagner, Aloísio cabeceia. Bruno espalma e a bola bate no travessão.
VEJA MAIS NOTÍCIAS DO FLAMENGO
VEJA MAIS NOTÍCIAS DO SÃO PAULO
CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO
DERROTA DO SP IRÁ INFLUIR NO CLÁSSICO CONTRA O CORINTHIANS?
COMO FICA O FLAMENGO APÓS VENCER O LÍDER DO BRASILEIRÃO?
FLA COMEMORA COMO TÍTULO
JOEL: PARTIDA TRANQÜILA
ZÉ LUÍS FAZ EXAMES NO RIO
ELENCO CONSIDERA DERROTA JUSTA
VEJA AS FOTOS DA RODADA
JUCA KFOURI: ATÉ CRISTO VIBRA
O início da partida foi de pressão do Flamengo. O time carioca sufocou o São Paulo no campo de defesa, mas não conseguiu entrar na área com perigo. As melhores oportunidades foram em chutes de Cristian. O primeiro de longe, aos 26min, acertou travessão de Rogério Ceni. E no segundo, da área, o goleiro defendeu.

"Criamos várias jogadas, mas não conseguimos concluir muito em gol", declarou o lateral-direito Leonardo Moura no intervalo da partida. "Com o estádio lotado como está era normal que eles viessem para cima no início do jogo, vamos ver a reação da equipe no segundo tempo", comentou o goleiro Rogério Ceni.

A equipe tricolor teve problemas de criação no primeiro tempo. Tanto que não levou perigo ao goleiro Bruno. Aos 38min, o problema foi físico. O volante Zé Luis teve de ser substituído por Fernando depois de sentir dores na cabeça.

No segundo tempo, a defesa do São Paulo facilitou a conclusão a gol pedida por Leonardo Moura no intervalo. Aos 4min, após bate cabeça dos zagueiros tricolores, a bola sobrou para Ibson na grande área. Ele tocou com categoria na saída do goleiro Rogério Ceni e abriu o placar no estádio do Maracanã.

O gol deu ainda mais ânimo para o Flamengo, que manteve certa pressão nos minutos seguintes. O São Paulo, por sua vez, sentiu e demorou a se reencontrar. E quando isso aconteceu não conseguiu chegar com perigo. A entrada de Aloísio deu mais força ao ataque, mas as finalizações continuaram escassas.

A melhor chance de empate aconteceu aos 42min, quando Jorge Wagner cobrou escanteio da esquerda, Aloísio cabeceou e Bruno espalmou no travessão.

Flamengo e São Paulo voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo. E ambos têm clássicos pela frente. No domingo, às 18h10, o time rubro-negro encara o arqui-rival Fluminense, no estádio do Maracanã. No mesmo dia, só que às 16h, a equipe tricolor recebe o Corinthians, no estádio do Morumbi.

FLAMENGO
Bruno; Leonardo Moura, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Juan; Rômulo, Jaílton, Cristian e Ibson (Léo Medeiros); Maxi (Roger) e Souza
Técnico: Joel Santana

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Alex Silva, Breno, André Dias e Jadílson (Diego Tardelli); Zé Luis (Fernando), Richarlyson, Jorge Wagner e Leandro; Dagoberto (Aloísio) e Borges
Técnico: Muricy Ramalho

Local: estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Sérgio da Silva Carvalho (DF)
Auxiliares: Milton dos Santos (RN) e Altemir Hausmann (RS)
Público: 59.098 pagantes
Cartões amarelos: Leandro (SP), Jadílson (SP), Souza (F), Maxi (F)
Gol: Ibson, aos 4min do segundo tempo

Hospedagem: UOL Host