! Santos empata com Palmeiras, segue em 3º e vê rival fora do G-4 - 13/10/2007 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

13/10/2007 - 20h12

Santos empata com Palmeiras, segue em 3º e vê rival fora do G-4

Do UOL Esporte
Em São Paulo
Santos e Palmeiras repetiram neste sábado na Vila Belmiro o placar que é mais comum na história do clássico paulista. Pela 50ª vez em 284 confrontos, os rivais empataram por 1 a 1, resultado que manteve o time da Baixada Santista em terceiro lugar, com 52 pontos, e tirou a equipe da capital do G-4.

CLÁSSICO PAULISTA FICA NO 1 A 1
Com o triunfo do Grêmio por 2 a 1 sobre o Goiás, o Palmeiras retorna à quinta colocação com 51 pontos, mesma pontuação da equipe gaúcha, que leva vantagem no número de vitórias.

Já o Santos perdeu a oportunidade de assumir pela primeira vez a vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Se ganhasse, ultrapassaria o Cruzeiro, que só empatou nesta que foi 31ª rodada da competição e soma 53 pontos.

Além disso, o clube alvinegro completou sete partidas sem perder para o alviverde. A última vez que o Palmeiras triunfou sobre o rival foi em 2005, no primeiro turno do Brasileiro (2 a 1, no Parque Antarctica). Na Vila, o Santos não perde desde 2004.

PRINCIPAIS LANCES DO JOGO
Folha Imagem
Após marcar pela primeira vez gol olímpico, Caio festeja com colegas
Folha Imagem
Renatinho pega rebote de Diego na área e marca seu 3º gol no Brasileiro
PRIMEIRO TEMPO
17min - Thiago arrisca chute da intermediária em uma cobrança de falta, e Diego Cavalieri espalma a bola que foi no seu canto esquerdo
16min - Caio cobra falta pela direita do ataque, e a bola cruza toda a área do Santos, assustando o goleiro Fábio Costa
29min - Caio cobra falta pelo lado esquerdo direto para o gol e Fábio Costa espalma para escanteio
33min - GOOOOOLLLLL do PALMEIRAS!!!!! Caio bate escanteio pelo lado esquerdo do ataque e marca um gol olímpico
SEGUNDO TEMPO
13min - GOOOOLLLL DO SANTOS!!!!! Alessandro vai ao fundo pelo lado direito, cruza, Kléber Pereira cabeceia, Diego espalma, e Renatinho faz no rebote
17min - Após o empate o Santos pressiona em uma seqüência de três escanteios. Na última cobrança, Petkovic tenta repetir gol olímpico de Caio, mas Diego tira em cima da linha
31min - Pedrinho recebe de Rodrigo Tabata, arrisca de primeira de fora da área e Diego Cavalieri espalma para escanteio
38min - O Palmeiras assusta em mais uma cobrança de escanteio: na pequena área, Fábio Costa defende um desvio de Luís
VEJA MAIS NOTÍCIAS DO PALMEIRAS
VEJA MAIS NOTÍCIAS DO SANTOS
FOTOS DA RODADA
CLASSIFICAÇÃO DO BRASILEIRO
As duas equipes tiveram desempenhos distintos nos dois tempos do clássico. Na etapa inicial, os visitantes foram superiores e chegaram ao gol com Caio; na final, as substituições do técnico Vanderlei Luxemburgo surtiram efeito, os donos da casa cresceram e igualaram o marcador com Renatinho, que entrou na partida durante o intervalo.

Nos primeiros 45 minutos, o Palmeiras explorou principalmente os lances de bola parada no molhado gramado da Vila Belmiro. Depois de assustar por duas vezes o goleiro Fábio Costa em cobranças de falta, Caio abriu o placar aos 33min com um gol olímpico.

"Primeira vez que faço um gol olímpico, nunca tinha feito, mas venho sempre trabalhando a bola parada nos treinos. Procuro bater fechado no primeiro pau pro Valdivia, mas ninguém desviou e entrou direto", comentou o artilheiro do alviverde no Brasileiro com oito gols.

"Esperava que fossem fazer o um-dois no escanteio, mas o Caio acabou batendo no primeiro pau", justificou o goleiro Fábio Costa, que se adiantou no momento da batida e ficou fora da linha do gol.

Com uma nova postura após o intervalo, o Santos empatou aos 13min do segundo tempo. Alessandro cruzou pela direita, Kléber Pereira cabeceou, Diego Cavalieri espalmou e o Renatinho balançou as redes no rebote.

Diego Cavalieri teve que trabalhar em mais dois lances de perigo do Santos no segundo tempo: em um chute de Pedrinho e em outro de Renatinho. O Palmeiras assustou Fábio Costa com Luís e Valdivia.

SANTOS 1 X 1 PALMEIRAS

SANTOS
Fábio Costa; Alessandro, Domingos, Marcelo e Thiago; Adoniran, Rodrigo Souto, Petkovic (Rodrigo Tabata) e Vítor Júnior (Pedrinho); Kléber Pereira e Moraes (Renatinho)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

PALMEIRAS
Diego Cavalieri, Paulo Sérgio, Gustavo, Dininho e Valmir (Leandro); Pierre, Makelele, Valdivia e Caio (Luís); Luiz Henrique e Rodrigão (Francis)
Técnico: Caio Júnior

Local: estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Sálvio Spinola Fagundes Filho/SP (Fifa)
Assistentes: Ednilson Corona/SP e Márcio Luiz Augusto/SP
Público: 16.006 pagantes
Renda: R$ 264.510,00
Gols: Caio, aos 33min do primeiro tempo, e Renatinho, aos 13min do segundo tempo
Cartões amarelos: Rodrigo Souto (S), Fábio Costa (S), Rodrigão (P) e Francis (P)

Hospedagem: UOL Host