! São Paulo vence Cruzeiro e vê título brasileiro ficar muito perto - 21/10/2007 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

21/10/2007 - 18h03

São Paulo vence Cruzeiro e vê título brasileiro ficar muito perto

Marcius Azevedo*
Em São Paulo
Aos gritos de "é campeão" dos torcedores, o São Paulo entrou em campo neste domingo e saiu dele ainda mais próximo do quinto título brasileiro ao derrotar o Cruzeiro por 1 a 0, no estádio do Morumbi.

SÃO PAULO FATURA "FINAL" NO MORUMBI
Agora, o time do técnico Muricy Ramalho soma 67 pontos e tem 13 de vantagem para o vice-líder Palmeiras, sendo favorecido também pelo vitória do Figueirense sobre o Santos, que ficou com 52.

Já o Cruzeiro por pouco não fechou esta rodada fora da zona de classificação à Libertadores de 2008. A equipe do técnico Dorival Júnior permaneceu com 53 pontos, mas contou com os tropeços de Santos e Grêmio para ficar em terceiro.

E, assim como aconteceu em 2006, o São Paulo pode conquistar o título perto da torcida. Depois do jogo contra o Sport, no próximo final de semana, em Recife, os são-paulinos recebem o já rebaixado América-RN e podem confirmar o pentacampeonato em casa. "Não sei quando vamos comemorar, nem onde. O importante é conquistar o título, não importa quando", afirmou o goleiro Rogério Ceni.

PRINCIPAIS LANCES DO JOGO
Diego Padgurschi/Folha Imagem
Lance da vitória do São Paulo sobre o Cruzeiro no Morumbi
PRIMEIRO TEMPO
8min - Souza recebe lançamento de Richarlyson na direita e cruza na área. Dagoberto chega um pouco atrasado, e Fábio defende.
22min - Roni recebe na área pelo lado direito da defesa são-paulina e arrisca chute, que passa à direita de Rogério Ceni.
37min - Leandro Domingues aproveita indecisão de Alex Silva e Richarlyson para chutar com perigo por cima do gol.
40min - Fernandinho lança Leandro Domingues, que dribla Rogério Ceni e cruza na área para Roni, mas Breno afasta o perigo.
44min - Rogério Ceni cobra falta próxima da área pelo lado esquerdo e quase abre o placar. A bola ainda tocou na trave.
SEGUNDO TEMPO
9min - Dagoberto ajeita de calcanhar para Júnior, que arrisca o chute de fora da área, mas pega mal e facilita para o goleiro Fábio.
17min - Alecssandro recebeu de Leandro Domingues na área, se livrou da marcação e chutou cruzado para defesa de Rogério Ceni.
24min - GOOOLLL do SÃO PAULO!!! Diego Tardelli faz ótima jogada pelo lado esquerdo e cruza para Jorge Wagner, que, livre de marcação, chuta rasteiro sem defesa para Fábio.
31min - Dagoberto recebe na entrada da área, gira e chuta forte. Fábio, bem colocado, fez ótima defesa.
MAIS NOTÍCIAS DO SÃO PAULO
MAIS NOTÍCIAS DO CRUZEIRO
PÁGINA DO CAMPEONATO BRASILEIRO
CONFIRA FOTOS DA RODADA
JUCA: O PENTA MAIS FÁCIL
O jogo começou com o São Paulo, apesar de jogar em casa, adotando uma postura mais cautelosa, se postado mais atrás e confiando na velocidade de Leandro e Dagoberto para puxar os contra-ataques.

O Cruzeiro, por outro lado, também não arriscava, demorou algum tempo para perceber que o rival dava espaço. Quando o fez, o time mineiro até conseguiu chegar ao gol defendido por Rogério Ceni, mas faltou qualidade na finalização.

Aos poucos, no entanto, o São Paulo avançou suas peças e inverteu os papéis no jogo, indo com mais ênfase ao ataque, mas concedendo o contra-ataque ao Cruzeiro.

Na saída para o intervalo, são-paulinos e cruzeirenses davam o tom do equilíbrio que foi o primeiro tempo. "A gente está chegando, estamos em casa e basta ter tranqüilidade. O gol vai sair", afirmou Hernanes. "Tivemos chances de marcar. Acho que o gol vai sair no segundo tempo", respondeu Leandro Domingues.

A partida ficou mais aberta na etapa final. A preocupação defensiva, principalmente pelo lado do Cruzeiro, ficou em segundo plano. E os times foram para o ataque. Melhor para o São Paulo, que abriu o placar aos 24min.

Diego Tardelli, que havia acabado de entrar no lugar de Souza, fez ótima jogada pelo lado esquerdo do ataque, deixou Charles para trás e cruzou para Jorge Wagner, que, livre na marca no pênalti, chutou rasteiro sem defesa para Fábio.

O gol foi a senha para o início da festa do Morumbi, com os torcedores gritando "é campeão!!!", interrompido apenas pelo gol do Náutico contra o Corinthians, comemorado tanto quanto o gol de Jorge Wagner.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Alex Silva, Breno e Miranda; Souza (Diego Tardelli), Richarlyson, Hernanes, Jorge Wagner e Júnior; Leandro (Fernando) e Dagoberto (André Dias)
Técnico: Muricy Ramalho

CRUZEIRO
Fábio; Ângelo (Mariano), Léo Fortunato, Thiago Heleno e Fernandinho; Ramires, Charles, Leandro Domingues (Guilherme) e Wagner; Roni (Marcinho) e Alecsandro
Técnico: Dorival Júnior

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Sérgio da Silva Carvalho/DF
Auxiliares: Altemir Hausmann (Fifa/RS) e Milton Otaviano (Fifa/RN)
Público: 60.378
Renda: R$ 954.894,00
Cartões amarelos: Breno (São Paulo); Leandro Domingues e Wagner (Cruzeiro)
Gol: Jorge Wagner, aos 24min do segundo tempo

*Atualizado às 20h10

Hospedagem: UOL Host