! Atlético-PR vence o São Paulo e se classifica para a Sul-Americana - 02/12/2007 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

02/12/2007 - 17h59

Atlético-PR vence o São Paulo e se classifica para a Sul-Americana

Do UOL Esporte
Em Curitiba
Com um gol no último minuto, marcado pelo zagueiro Antonio Carlos, o Atlético-PR derrotou o São Paulo por 2 a 1, neste domingo, na Arena da Baixada e se classificou para a Copa Sul-Americana. Com o resultado, o Furacão chegou aos 54 pontos e terminou na 12.ª colocação, garantindo a última vaga para a competição continental.

ATLÉTICO-PR MARCA NO ÚLTIMO MINUTO
O São Paulo, já campeão Brasileiro, jogou com um time misto. O time não teve o zagueiro André Dias, o volante Hernanes e meio-campista Souza, todos suspensos com três cartões amarelos. Além deles, o goleiro e capitão Rogério Ceni foi poupado. Temendo represálias da torcida, Muricy Ramalho também não escalou a dupla de ataque Dagoberto e Aloísio.

Incentivado por mais de 24 mil torcedores, o Atlético tomou a iniciativa do jogo e abriu o placar aos, 11 minutos. A jogada nasceu dos pés do zagueiro Rodolpho, que caiu pela direita e cruzou na medida para Marcelo Ramos, na segunda trave, mergulhar de cabeça.

ATLÉTICO DERROTA O SÃO PAULO
Vipcomm/Divulgação
Zagueiro Miranda (dir.) desvia de cabeça durante a derrota do São Paulo por 2 a 1
Vipcomm/Divulgação
Richarlyson (esquerda) tenta jogada no último jogo do São Paulo no Brasileirão
MAIS NOTÍCIAS DO ATLÉTICO-PR
MAIS NOTÍCIAS DO SÃO PAULO
CLASSIFICAÇÃO DO BRASILEIRO
VEJA FOTOS DA ÚLTIMA RODADA
Foi o terceiro gol do atacante no Brasileiro. Ele não marcava desde o dia 23 de setembro, quando fez os dois gols, na vitória por 2 a 1 sobre o Paraná, na Arena.

O atacante estava com apetite e quase fez o segundo, aos 14 minutos. Ele bateu por cobertura, mas Bosco fez uma bela defesa e desviou par fora.

O Furacão foi melhor no primeiro tempo, embora não tenha criado muitas jogadas de gols. O Tricolor só tentou sair para o jogo depois que tomou o gol, mas pouco perigo levou para o goleiro Vinícius.

Na saída para os vestiários, Marcelo Ramos festejou o gol e elogiou o passe de Rodolpho. "Foi perfeito, perfeito. Não foi nem um cruzamento, foi um passe. Eu fui feliz e pude finalizar bem.", declarou.

Pelo lado do São Paulo, Jorge Wagner disse que faltou finalizar a gol. "A gente fez até umas jogadas pelo meio, mas faltou chutar a gol", reclamou.

O São Paulo quase se complicou no início do segundo tempo. Após um sobra de bola, Rodolpho ficou livre para marcar. Sozinho, ele conseguiu chutar em cima do goleiro e perdeu.

Após os 20 minutos, o Tricolor passou a buscar mais o gol. Depois de insistir e perder algumas oportunidades, chegou ao empate, aos 38 minutos. Francisco Alex, que havia substituído Júnior, recebeu na entrada da área e bateu forte para vencer o goleiro Vinícius.

O Furacão porém, não desistiu e chegou a gol da vitória, aos 48 minutos. Após uma cruzamento na área Antonio Carlos desviou de cabeça para dar a sonhada classificação ao time. "É muito gostoso fazer um gol assim, ainda mais com esta torcida apoiando aí", disse o herói atleticano.

ATLÉTICO-PR
Vinicius; Jancarlos, Rhodolfo, Antonio Carlos, Danilo e Michel; Alan Bahia, Valencia (Roberto) e Netinho (Ramon); Taílson (Pedro Oldoni) e Marcelo Ramos.
Técnico: Ney Franco

São Paulo
Bosco; Danilo Silva, Breno e Miranda; Leandro (Serginho), Fernando, Richarlyson, Jorge Wagner e Júnior (Francisco Alex); Borges e Diego Tardelli (Eric).
Técnico: Muricy Ramalho

Data: 2/12/2007 (domingo)
Horário: 16h00
Local: estádio Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Árbitro: Leonardo Gaciba (Fifa/RS)
Assistentes: Fracio Vilarinho da Silva (GO) e José Antônio Chaves Franco Filho (RS)
Público: 23.055 pagantes (total de 24.437)
Renda: R$ 374.315,00
Cartões amarelos: Fernando, Michel, Leandro, Danilo, Jancarlos, Antonio Carlos, Jorge Wagner
Gols: Marcelo Ramos, aos 11 minutos; Francisco Alex, aos 38 minutos e Antonio Carlos, aos 48 minutos do segundo tempo.

Hospedagem: UOL Host