! Desencontrado, Santos perde para Lusa na estréia do Paulista - 16/01/2008 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

16/01/2008 - 23h51

Desencontrado, Santos perde para Lusa na estréia do Paulista

Do UOL Esporte
Em São Paulo
PORTUGUESA SUPERA O SANTOS
Sem ritmo de jogo e entrosamento, o Santos foi derrotado pela Portuguesa por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, no Morumbi, na estréia das duas equipes no Campeonato Paulista.

Os times foram ao gramado com desfalques em relação às formações que treinaram para o confronto. A Lusa perdeu o lateral Juninho Goiano, que teve um problema estomacal e deu lugar a Osmar, enquanto o atual campeão foi desfalcado por Rodrigo Souto, que sentiu dores musculares e abriu espaço para Adriano.

O confronto na capital paulista representou o reencontro do campeão que provocou o rebaixamento de um rival há dois anos. O Santos garantiu o título estadual de 2006 na última rodada ao vencer a Portuguesa e mandá-la para a segunda divisão, de onde saiu no ano passado como campeã.

PRINCIPAIS LANCES
Folha Imagem
Jogadores da Portuguesa comemoram o gol de Christian, o primeiro da vitória da Lusa
PRIMEIRO TEMPO
12min - GOOOLLL da Portuguesa. Christian aproveita cobrança de escanteio, sobe mais do que a zaga santista e marca de cabeça
15min - Kleber bate lateral para Renatinho, que invade a área e cruza para trás para Tabata chutar nas mãos de André Luís.
37min - Tabata encontra Wesley entrando na área, dá assistência perfeita e o atacante, de frente para o gol, chuta para fora.
41min - Wesley recebe passe na entrada da área, limpa o lance e chuta forte, rasteiro, para defesa de André Luís.
SEGUNDO TEMPO
3min - Diogo puxa contra-ataque pela direita, cruza para Christian e o centroavante perde o lance ao dominar a bola e permitir o bloqueio santista.
7min - Diogo recebe cruzamento na área, domina a bola e gira o corpo para tentar uma bicicleta; Fábio Costa defende com facilidade.
25min - Kleber Pereira recebe bola na área, e sem marcação levanta, vira bicicleta e manda para fora.
38min - GOOOLLL da Portuguesa. Dias bate escanteio, Ramon cabeceia a bola na trave e Marcelo aproveita o rebote, livre, para marcar.
FOTOS DA PRIMEIRA RODADA
PONTE PRETA ESTRÉIA VENCENDO
CLASSIFICAÇÃO DO PAULISTA 2008
O QUE SERÁ DO SANTOS EM 2008?
KLÉBER PEREIRA COBRA MELHORA
PRESIDENTE RESPONDE VAIAS
LUSA PROMETE SER CHATA EM 2008
"Turbinada" pelas lembranças de um ano de 2007 praticamente impecável, quando conseguiu retornar à elite do Campeonato Brasileiro com o terceiro lugar na Série B além de erguer o troféu da divisão de acesso o Estadual, a Lusa decidiu partir para cima do adversário.

Os primeiros minutos reservaram certo desconforto para o time de Emerson Leão, que reestreou no comando do clube litorâneo, em sua terceira passagem pela Vila Belmiro. O experiente Christian e o novato Diogo levaram perigo à dupla de zaga Betão-Evaldo.

Sem ritmo, o Peixe tentava tocar a bola e esfriar a temperatura do duelo. Principalmente com o lateral Kleber, que foi substituído por Carlinhos ainda no primeiro tempo em função de uma lesão muscular.

Antes disso, a Lusa chegaria ao gol de Fábio Costa após falha de marcação em cobrança de escanteio. E mais tarde, sem o ala canhoto, a equipe perdia em qualidade. Mesmo assim conseguiu boas chances com o jovem Wesley.

O segundo tempo foi como o final do primeiro: com o Peixe pressionando, mas sem sucesso. Leão inclusive optou por trocar Renatinho por Moraes, autor do gol do título paulista de 2007.

Mas a substituição não surtiu efeito, com o jovem tendo poucas chances de tocar na bola. Para piorar, Vagner Benazzi reforçou a marcação da Lusa e conseguiu evitar o empate, ampliando a vantagem em uma falha de marcação santista.

Depois desta quarta-feira, a Portuguesa volta a campo no sábado, contra o Ituano, no estádio Novelli Jr. Já o Alvinegro praiano recebe o Palmeiras, na Vila Belmiro, para o primeiro clássico do Paulista-2008.

PORTUGUESA 2 x 0 SANTOS

Portuguesa
André Luís, Patrício, Erick, Bruno Rodrigo e Osmar; Dias, Carlos Alberto (Júlio Santos), Marco Aurélio e Preto; Diogo (Ramon) e Christian (Marcelo)
Técnico: Vagner Benazzi

Santos
Fábio Costa; Filipi, Evaldo, Betão e Kleber (Carlinhos); Adriano, Marcinho Guerreiro e Rodrigo Tabata (Vítor Júnior); Wesley, Renatinho (Moraes) e Kléber Pereira
Técnico: Emerson Leão

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Rodrigo Braghetto
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior e Maria Eliza Correia Barbosa
Cartões amarelos: Carlos Alberto, Preto, André Luís, Dias (P); Marcinho Guerreiro, Wesley (S)
Cartão vermelho: Dias (P)
Gols: Christian, aos 12min do primeiro tempo, e Marcelo, aos 38min do segundo

Hospedagem: UOL Host