! São Paulo vence Barueri e volta a respirar no Paulista - 12/03/2008 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

12/03/2008 - 21h36

São Paulo vence Barueri e volta a respirar no Paulista

Julyana Travaglia*
Em São Paulo
SÃO PAULO VENCE BARUERI NO FIM
Com dois gols de Borges, o São Paulo venceu o Barueri por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, no Morumbi, e fica na terceira posição no Campeonato Paulista com 26 pontos.

A equipe de Muricy Ramalho ainda torceu contra o Corinthians, mas o rival paulistano bateu o Rio Preto e tirou o time do Morumbi da segunda colocação no G-4.

Com problemas para escalar o time por conta de cartões e contusões, o técnico Muricy Ramalho precisou, como já havia adiantado em sua última entrevista antes da partida, se virar e improvisar a equipe.

Sem o zagueiro André Dias, recuperando-se de uma lesão muscular, a solução foi usar o novo curinga Zé Luís na posição, ao lado de Miranda e Juninho.

Aloísio, suspenso por ter sido expulso na derrota do São Paulo para a Portuguesa, no último sábado, não deixou dúvidas de que a dupla de ataque seria composta por Adriano e Borges.

PRINCIPAIS LANCES
 Divulgação/Vipcomm
São-paulinos comemoram o primeiro gol de Borges na partida
PRIMEIRO TEMPO
24min - GOOOOOOOOOOOL DO SÃO PAULO!!! Borges recebeu na entrada da área, cortou para o pé esquerdo e solta uma bomba indefensável, no ângulo do goleiro René, para abrir o placar para o São Paulo.
33min - Rodrigo Pontes recebeu bom passe de calcanhar e chutou forte de fora da área. Rogério Ceni espalmou para dentro da pequena área, mas conseguiu tirar com o pé antes de Pedrão chegar.
35min -Alex Maranhão chutou forte de fora da área e Rogério Ceni fez defesa complicada, espalmando a bola para escanteio.
42min - Depois de boa jogada de Adriano, Carlos Alberto recebeu pela ponta, cruzou e a defesa do Barueri tirou. No rebote, Joílson chutou mascado e a bola saiu pelo lado direito do gol.
SEGUNDO TEMPO
2min - GOOOOOOOL DO BARUERI!!! Em um contra-ataque rápido do Barueri, Pedrão recebeu na entrada da área e chutou no canto. A bola ainda tocou no pé da trave antes de entrar.
8min - Em cobrança de falta próxima à área, Adriano chutou muito forte e o goleiro René fez boa defesa.
17min - Depois de boa jogada na entrada da área, Adriano passou para Borges, que dominou e rolou de volta para Adriano. O Imperador soltou a bomba, mas ela saiu por cima.
31min - Após cobrança de escanteio de Jorge Wagner, Adriano sobe mais que a defesa do Barueri, mas sua cabeçada sobe muito.
42min - GOOOOOOOOOL DO SÃO PAULO!!! Adriano faz boa jogada individual na entrada da área e tocou para Borges, que entrou pelas costas da defesa do Barueri e tocou de bico para marcar seu segundo gol.
VEJA PÁGINA DO PAULISTÃO
VEJA IMAGENS DA PARTIDA
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO SÃO PAULO
E Richarlyson, voltando ao time depois de suspensão, compôs novamente a dupla de contenção com Hernanes.

Depois de se recuperar de um corte no pé direito, o meia Carlos Alberto ganhou a oportunidade de começar pela primeira vez uma partida desde que chegou ao clube. E tirou um pouco do buraco que existia entre o meio-campo e o ataque do time.

No primeiro tempo, o São Paulo foi mais solto que o adversário do interior. Conseguiu ameaçar primeiro a meta de Renê, enquanto que o Barueri limitava-se a viver de contragolpes esporádicos. Pedrão, artilheiro do time, passou boa parte da primeira etapa isolado no ataque.

Embora mais incisivo no ataque, o São Paulo desperdiçou várias oportunidades de abrir o marcador com chutes de longa distância de Jorge Wagner.

Sorte que Borges, artilheiro da temporada passada com 13 gols, mostrou-se inspirado e marcou um golaço que deixou o time do Morumbi à frente no placar.

Após receber na entrada da grande área, o atacante cortou um zagueiro e mandou uma pancada com o pé esquerdo, vencendo o goleiro Renê.

Na segunda etapa, o Barueri voltou mais ligado e logo empatou a partida. Pedrão recebeu longo lançamento pelo lado direito do ataque e bateu cruzado para vazar a meta são-paulina e decretar o 1 a 1, logo aos 2 minutos.

Depois do gol, o São Paulo voltou a dominar a partida, mas errava muito nas finalizações, dando chances de o Barueri agir nos contragolpes. Na tentativa de abastecer o ataque, Muricy sacou Joilson e pôs Dagoberto, que esteve fora do time por duas semanas por conta de um estiramento na coxa.

Mas foi o Barueri quem quase virou a partida com Guaru, após tabelar com Márcio Careca. Rogério Ceni fez bela defesa.

A medida que o jogo se aproximava do fim, a situação ficava mais dramática para o São Paulo.

E em um lampejo de brilhantismo de Adriano, ele encontrou Borges livre na pequena área para marcar seu segundo gol no jogo e sacramentar a vitória são-paulina por 2 a 1.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Juninho, Miranda e Zé Luís; Joilson (Dagoberto), Hernanes, Richarlyson, Carlos Alberto (Júnior) e Jorge Wagner; Borges e Adriano
Técnico: Muricy Ramalho

BARUERI
Renê; Max Carrasco (Amaral), Renato Santos e Diego; Marcos Pimentel, Rodrigo Pontes, Flávio, Alex Maranhão (Guaru) e Márcio Careca; Júlio César (André Neles) e Pedrão
Técnico:Márcio Araújo

Local: estádio Morumbi, em São Paulo/SP
Árbitro: Marcelo Rogério
Assistentes:Evandro Luiz Silveira e Herman Brumel Vani
Cartões amarelos:Max Carrasco, Miranda (SP), Guaru, Flávio, Carlos Alberto (SP)
Gols:Borges, aos 24min do primeiro tempo. Pedrão, aos 2min, Borges aos 43min do segundo tempo

*Atualizada às 23h49

Hospedagem: UOL Host