! Adriano marca dois, São Paulo vence e fica a uma vitória da semi - 30/03/2008 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

30/03/2008 - 17h55

Adriano marca dois, São Paulo vence e fica a uma vitória da semi

Do UOL Esporte*
Em São Paulo
Uma vitória contra o Juventus no Morumbi, no próximo final de semana, será suficiente para o São Paulo brigar pelo título do Campeonato Paulista. Neste domingo, a equipe tricolor ganhou fora de casa do Bragantino por 2 a 0, com dois gols de Adriano, foi a 35 pontos e precisa de mais três para se classificar às semifinais sem depender de outros resultados na última rodada.

Como o Corinthians venceu o Marília em casa, foi a 33 pontos e terá que superar o Noroeste fora de casa e torcer por um empate entre São Paulo x Juventus ou entre Santos x Ponte Preta para participar do mata-mata.

O Grêmio Barueri também tem chances, mas para isso precisa vencer o Palmeiras em casa e torcer por uma combinação de resultado nos jogos de São Paulo, Ponte Preta e Corinthians. O Guaratinguetá ganhou do Sertãozinho por 2 a 0 e já está classificado.

Mais uma vez o São Paulo apresentou um futebol burocrático e fez apenas o necessário para conquistar os três pontos. Já o Bragantino, que segue com 25 pontos, sequer criou uma boa chance de gol durante os 90 minutos.

PRINCIPAIS LANCES DA PARTIDA
Bruno Miranda/Folha Imagem
Em contra-ataque rápido, Adriano dribla o goleiro Gilvan e abre o placar em Bragança
PRIMEIRO TEMPO
7 min - GOOOLLL DO SÃO PAULO!!! Adriano parte sozinho pelo meio e, em condições legais, recebe de Hernanes. Avança, se atrapalha ao driblar o goleiro, mas marca o seu sétimo gol no Paulista
20 min - GOOOLLL DO SÃO PAULO!!! Após cobrança de escanteio de Jorge Wagner, a bola sobra para Adriano. Sozinho no segundo pau, ele domina e só rola para o gol sem goleiro
39 min - Borges domina na área, dribla o zagueiro e bate colocado no canto, mas o goleiro Gilvan espalma
SEGUNDO TEMPO
10 min - Adriano cruza, Borges tenta se antecipar a Gilvan, mas na dividida a bola bate no atacante do São Paulo e sai pela linha de fundo
13 min - Rogério Ceni sai bem do gol duas vezes de soco e afasta cruzamentos com perigo do Bragantino na área são-paulina
26 min - Escanteio para o São Paulo: Adriano sobe mais do que todo mundo na área e cabeceia para fora, próximo ao canto esquerdo de Gilvan
45 min - Dagoberto faz bela jogada no ataque e toca para Adriano. O camisa 10 invade a área, mas chuta em cima de Gilvan, no meio do gol
"Fizemos um bom jogo hoje [domingo]. O time dominou a partida, não correu riscos, jogou de forma consciente e mereceu a vitória", opinou o técnico Muricy Ramalho após o confronto.

Adriano aproveitou dois vacilos da zaga da equipe de Bragança Paulista para decidir a partida. O centroavante tem agora oito gols no Estadual e dez com a camisa tricolor.

Aos 9 min de jogo, num contra-ataque rápido do São Paulo, a defesa do Bragantino marcou em linha, e Hernanes lançou o camisa 10, que partiu sozinho do meio-campo em direção ao gol. Ele ainda se atrapalhou ao tentar driblar o goleiro, mas conseguiu abrir o placar .

O segundo gol saiu 11 minutos depois. Jorge Wagner cruzou na área, em cobrança de escanteio, o goleiro Gilvan saiu mal do gol e a bola sobrou para Adriano. Sozinho no segundo pau, ele dominou a bola e só tocou para as redes.

Além dos gols, aconteceu apenas mais um lance de ataque na etapa inicial, e foi com Borges. Mas o artilheiro do clube do Morumbi no Paulistão, com nove gols, parou nas mãos de Gilvan.

No segundo tempo, o Bragantino continuou sem qualidade para superar a retranca tricolor, e Rogério Ceni apenas assistiu ao duelo. No ataque, Adriano quase marcou o terceiro com uma cabeçada, mas a bola foi para fora. No último lance do jogo, o centroavante ficou na cara de Gilvan, depois de boa jogada de Dagoberto, mas finalizou em cima do goleiro.

BRAGANTINO 0 X 2 SÃO PAULO

BRAGANTINO
Gilvan; Cris, Vanderlei e Tiago Vieira; Somália, Moradei, Tiago Matos, Léo e Paulinho (André Gaspar); Nunes (Didi) e Malaquias (Bruno Cezarini)
Técnico: Marcelo Veiga

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Joílson, André Dias, Miranda e Richarlyson; Zé Luís, Fábio Santos, Hernanes e Jorge Wagner; Borges (Aloísio) e Adriano (Dagoberto)
Técnico: Muricy Ramalho

Local: estádio Marcelo Stefani, em Bragança Paulista
Árbitro: Wilson Luiz Seneme
Assistentes: João Bourgalber Nobre Chaves e Reinaldo Rodrigues dos Santos
Gols: Adriano aos 9 min e aos 20 min do primeiro tempo
Cartões amarelos: Cris (B), Vanderlei (B), Nunes (B); Joílson (SP), André Dias (SP), Hernanes (SP)
Cartão vermelho: Tiago Matos

*Atualizado às 21h25

Hospedagem: UOL Host