! Ibrahimovic marca dois, e Inter conquista o Italiano na última rodada - 18/05/2008 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

18/05/2008 - 11h55

Ibrahimovic marca dois, e Inter conquista o Italiano na última rodada

Do UOL Esporte
Em São Paulo
Depois de perder chances de conquistar o Campeonato Italiano com antecedência, a Internazionale venceu o Parma por 2 a 0 neste domingo (18), fora de casa, rechaçou as chances da Roma e ergueu o troféu na última rodada de uma das mais épicas edições da competição.

AFP
O gol de Vucinic sobre o Catania garantiu o título italiano à Roma por alguns minutos
AFP
Mas Ibrahimovic, que entrou no segundo tempo em Parma, fez os dois gols da Inter
AFP
Com a vitória, o time de Milão conquistou
o tricampeonato na Itália com 85 pontos
VEJA IMAGENS DA ÚLTIMA RODADA
MILAN VENCE, MAS FICA FORA DA LIGA
CLASSIFICAÇÃO FINAL DO ITALIANO
MAIS NOTÍCIAS DE FUTEBOL
Com o resultado no estádio Enio Tardinni, o clube milanista chegou aos 85 pontos, depois de liderar a tabela do início ao fim, enquanto a rival da capital fechou a competição com 82.

Em partidas que começaram exatamente no mesmo horário, eram notórios apreensão e nervosismo nas atitudes dos jogadores da Inter em Parma. Só uma vitória asseguraria matematicamente a conquista desenhada por torcida, diretoria e atletas em um ano em que a festa parecia "barbada".

Invicta há oito rodadas, com seis vitórias neste período, a Roma deslanchou nas últimas partidas de um campeonato que sustentou o suspense em função de vacilos incríveis da Inter.

E Vucinic, aos 7min do primeiro tempo no Angelo Massimino, aproveitou a até então conspiração a favor do time da capital para abrir o placar, invadindo a área do Catania e batendo cruzado, no canto do goleiro. Mas aos 40min, Martinez empatou o jogo para salvar o Catania do rebaixamento.

E Ibrahimovic, aos 15min da etapa complementar do outro jogo, recebeu passe na intermediária, driblou um marcador e chutou forte, de fora da área.

Aos 33min, o sueco aproveitou ótima jogada de Maicon pela direita e, na segunda trave, completou cruzamento para fazer 2 a 0.

Os "gols salvadores" do centroavante evitaram um vexame na Itália, que assistiu a deslizes da Inter que quase "entregaram" o título à Roma.

Um deles foi na penúltima rodada, quando o clube milanista empatou por 2 a 2 com o Siena. O desastre foi personificado no zagueiro Materazzi, que "cavou" um pênalti, bateu e o desperdiçou.

Pivô da expulsão de Zidane na final da última Copa do Mundo, o defensor foi duramente criticado e xingado por torcida e pelo treinador Roberto Mancini.

Justamente uma temporada depois de Materazzi marcar os dois gols da Inter contra o mesmo Siena, na 33ª rodada do Calccio 2006/2007, que deu o bicampeonato ao clube.

Um outro tropeço que impediria o troféu de ir para Milão foi a derrota por 2 a 1 no clássico com o eterno rival Milan, na 36ª rodada, quando uma simples vitória garantiria a conquista com dois jogos de antecedência.

Hospedagem: UOL Host