! Ex-presidente do Olímpia chama uruguaio Orteman de criminoso - 07/07/2008 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

07/07/2008 - 20h35

Ex-presidente do Olímpia chama uruguaio Orteman de criminoso

Das agências internacionais
Em Assunção (Paraguai)
O ex-presidente do Olímpia do Paraguai, Osvaldo Domínguez chamou o meia-atacante uruguaio Sergio Orteman de criminoso, após o jogador ter sido detido neste domingo em seu país.

Em declarações a uma rádio de Assunção, Dominguez acusou ainda outro uruguaio, o atacante Rodrigo López, utilizando o mesmo adjetivo dado ao compatriota Orteman, por infringirem as leis de transferência do Paraguai.

Orteman foi apreendido neste último domingo no aeroporto de Montevidéu, em cumprimento de uma ordem de busca e captura com fins de extradição, dada pelo Interpol do Paraguai.

O mandato de detenção do jogador foi dado em agosto de 2007 pelo juiz paraguaio Hugo Sosa Pasmor, após o fiscal Juan de Rosa Ávalos acusar Orteman de ter negociado sua transferência para o clube argentino Independiente, ainda no ano de 2004, sem a autorização do Olímpia, seu time à época.

Orteman chegou ao Olímpia em 2001, e quem realizou sua compra pelo clube paraguaio havia sido o então presidente do time, Osvaldo Domínguez. O ex-dirigente ainda falou que o meio-campo simplesmente desapareceu do país, após receber US$ 66 mil de sua transferência.

O motivo pela acusação a López é o mesmo do que de Orteman. Também havia sido o ex-presidente Dominguez que contratara o atleta, que depois deixou o Olímpia sem resultar lucros ao clube.

Hospedagem: UOL Host