! Atlético-PR e Vasco jogam por seus técnicos e para fugir da crise - 20/07/2008 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

20/07/2008 - 08h29

Atlético-PR e Vasco jogam por seus técnicos e para fugir da crise

Do UOL Esporte
Em Curitiba e Rio de Janeiro
Atlético-PR e Vasco colocam suas crises em campo, neste domingo, a partir das 16h, na Arena da Baixada, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ambos estão em situação ruim na tabela e enfrentam muita pressão contra seus treinadores, Roberto Fernandes e Antônio Lopes

Depois de uma semana turbulenta, na qual Roberto Fernandes esteve com o cargo ameaçado, o Furacão busca uma vitória para se afastar da zona de rebaixamento e melhorar a situação interna. O time é o 15º colocado, com 13 pontos e pode ficar perigosamente próximo da área de risco, caso não vença.

O Vasco entra em campo pelo emprego do técnico Antônio Lopes, ameaçado de demissão em caso de derrota, e também pela melhora na tabela, na qual é o 11º colocado, com 15 pontos, depois de empatar em casa, por 1 a 1 com o Goiás, na última rodada. Um resultado negativo poderá deixar o time próximo da zona de rebaixamento.

Depois de sofrer muita pressão, após o empate por 1 a 1 com Internacional, em casa, e a derrota por 1 a 0 para o Cruzeiro, na quarta-feira, o técnico Roberto Fernandes ganhou um voto de confiança da diretora atleticana e permaneceu na Baixada.

"Esta semana um órgão de credibilidade em Curitiba disse que eu não permaneceria, independentemente do resultado do jogo com o Cruzeiro e eu estou aqui ainda", declara o técnico, que acusa a imprensa de tentar derrubá-lo.

Neste domingo, pela primeira vez, o treinador terá todos os jogadores que disputaram a rodada anterior, mas ele ainda não definiu o time. Na tentativa de melhorar o rendimento do ataque, pode escalar Ânderson Aquino, ao lado de Joãozinho. Neste caso, Ferreira voltaria a atuar no meio-de-campo, para a saída de Julio dos Santos.

No Vasco o presidente Roberto Dinamite ameaça os jogadores com dispensas e exige mais dedicação do time. "Sei de tudo dentro de campo. Passei por tudo isso durante vinte anos. Já participei de times fortes e fracos e já conquistei títulos com equipes fortes e fracas. É necessário empenho", pediu o dirigente.

Em relação ao time, a grande novidade fica por conta da estréia do atacante nigeriano Abubakar, que teve o visto de trabalho regularizado. Com isso, Alex Teixeira sai da equipe e fica como opção no banco de reservas.

O atacante Edmundo, poupado, sequer viajou para a capital paranaense. O Animal ficou no Rio de Janeiro "descansando" para o clássico da próxima quarta-feira, dia 23, contra o Fluminense, no Maracanã, pela 14ª rodada do certame.


ATLÉTICO-PR x VASCO

Atlético-PR
Galatto; Antônio Carlos, Rhodolfo e Danilo; Nei, Alan Bahia, Valencia, Julio dos Santos (Ânderson Aquino) e Márcio Azevedo; Joãozinho e Ferreira.
Técnico: Roberto Fernandes

VASCO
Tiago, Rodrigo Antônio, Eduardo Luiz e Luizão; Wagner Diniz, Jonilson, Morais, Jean e Pablo; Abubakar e Leandro Amaral.
Técnico: Antônio Lopes

Data: 20/07/2008 (domingo)
Horário: 16h
Local: Estádio Arena da Baixada, em Curitiba/PR
Árbitro: Wallace Nascimento Valente (ES).
Assistentes: Gerson Pimentel Rodrigues (ES) e Eremilson Xavier Macedo (DF).

Hospedagem: UOL Host