! Rogério Ceni marca, e São Paulo sofre para vencer o Botafogo - 20/07/2008 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

20/07/2008 - 20h06

Rogério Ceni marca, e São Paulo sofre para vencer o Botafogo

Carlos Padeiro
Em São paulo
Foi sofrido, mas o São Paulo ganhou do Botafogo por 2 a 1 no estádio do Morumbi, neste domingo, e obteve a sua segunda 'trinca' - seqüência de três vitórias - na atual edição do Campeonato Brasileiro. O gol salvador aconteceu aos 43min do segundo tempo e foi marcado por Dagoberto.

ASSISTA AOS GOLS DA PARTIDA
Entretanto, o clube tricolor não conseguiu debutar no G-4, grupo dos quatro primeiros colocados. Isso porque o Vitória ganhou do Flamengo no Maracanã e segue na quarta colocação. O São Paulo é quinto, com os mesmos 23 pontos do time baiano, porém em desvantagem nos critérios de desempate (tem uma vitória a menos).

Já o Botafogo perdeu pela primeira vez sob o comando do técnico Ney Franco e segue com 15 pontos, agora na 13ª posição.

O primeiro gol tricolor foi marcado por Rogério Ceni, que não balançava as redes desde o dia 6 de abril. Em cobrança de pênalti, o capitão são-paulino anotou o seu primeiro gol no certame e o de número 80 em toda a sua carreira.

PRINCIPAIS LANCES DO JOGO
Eduardo Knapp/Folha Imagem
Com gol no fim do jogo, São Paulo venceu Botafogo em casa mas não entrou no G-4
PRIMEIRO TEMPO
2min - Em cobrança de escanteio, a bola sobra para Zé Luis. O volante cabeceia, e Triguinho tira, de cabeça, em cima da linha do gol
13min - Mais um escanteio pelo lado direito do ataque: Jorge Wagner cruza na cabeça de Zé Luis, e o volante acerta o travessão
17min - Wellington Paulista lança Zé Carlos. O camisa 11 bate de primeira, da entrada da área, e Rogério Ceni espalma
32min - Jorge Wagner lança, Alex Cazumba tenta driblar o goleiro Castillo e é derrubado na área. O juiz Leandro Pedro Vuaden marca pênalti para o São Paulo
34min - GOOOOLLLL DO SÃO PAULO!!!! Rogério Ceni bate o pênalti forte e no alto, sem chances de defesa para Castillo
SEGUNDO TEMPO
5min - Wellington Paulista coloca Lúcio Flávio na cara gol. O meia deixa Rogério Ceni no chão e dá um toque por cobertura, mas Alex Silva tira de cabeça em cima da linha
12min - Triguinho cruza da esquerda e, sozinho no segundo pau, Jorge Henrique finaliza com o pé, mas pra fora do gol
32min - GOOOOLLLL DO BOTAFOGO!!!! Carlos Alberto arrisca chute da intermediária, a bola desvia na zaga e engana Rogério Ceni
34min - Jorge Henrique novamente recebe sozinho na área, mas dessa vez chuta na rede pelo lado de fora
43min - GOOOOLLLL DO SÃO PAULO!!!! Jorge Wagner cruza na área, e Dagoberto marca de cabeça, sozinho no segundo pau
VEJA FOTOS DA RODADA
COMENTÁRIO DO JUCA KFOURI
CLASSIFICAÇÃO DO BRASILEIRÃO
MAIS NOTÍCIAS DO SÃO PAULO
MAIS SOBRE O BOTAFOGO
Carlos Alberto, dispensado pelo São Paulo no início do ano, entrou no segundo tempo e empatou aos 32min, mas Dagoberto assegurou a vitória tricolor de cabeça no final.

O jogo

No primeiro tempo, as duas equipes demonstraram deficiência para criar jogadas ofensivas. Os donos da casa começaram melhor e quase marcaram em duas cobranças de escanteio de Jorge Wagner. Na primeira, Zé Luis cabeceou e Triguinho tirou a bola em cima da linha; na segunda, o mesmo Zé Luis acertou o travessão.

A partir dos 15 minutos, o Botafogo equilibrou o jogo e finalizou duas vezes com perigo ao gol tricolor. Zé Carlos exigiu uma boa defesa de Rogério Ceni, e Thiaguinho errou o alvo em um chute da entrada da área.

Apesar de não realizar uma boa partida, o São Paulo abriu o placar aos 34min. Jorge Wagner lançou, o lateral Alex Cazumba invadiu a área e foi derrubado pelo goleiro Castillo. Rogério Ceni bateu bem, alto e forte.

O time alvinegro carioca voltou melhorar para a etapa final, pressionado o clube paulista. Logo aos 5min, Lúcio Flávio perdeu uma grande chance de empatar. Ele recebeu na área, deixou Rogério Ceni no chão e deu um toque por cobertura, mas Alex Silva tirou de cabeça em cima da linha.

Sete minutos depois, foi a vez de Jorge Henrique perder um gol na cara de Ceni. Com o São Paulo acuado, Muricy sacou Alex Cazumba e colocou Juninho, para voltar ao esquema com três zagueiros.

Porém, o atual bicampeão brasileiro continuou sendo bombardeado. Até que, depois de tantas chances perdidas pelo ataque botafoguense, Carlos Alberto arriscou o chute de fora da área, a bola desviou e enganou Rogério Ceni.

Com o gol sofrido, o time paulista voltou a pressionar e marcou o gol da vitória aos 43min, com Dagoberto, após mais uma assistência de Jorge Wagner.

SÃO PAULO 2 X 1 BOTAFOGO

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Éder, Alex Silva, André Dias e Alex Cazumba (Juninho); Zé Luis, Hernanes, Hugo e Jorge Wagner; Dagoberto (Jean) e Éder Luis (Aloísio)
Técnico: Muricy Ramalho

BOTAFOGO
Castillo; Thiaguinho, Renato Silva, André Luís e Triguinho; Túlio (Carlos Alberto), Diguinho, Lúcio Flávio (Gil) e Zé Carlos (Lucas); Jorge Henrique e Wellington Paulista
Técnico: Ney Franco

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (SC) e Claudemir Maffessoni (SC)
Gol: Rogério Ceni (SP), de pênalti, aos 34min do 1º tempo; Carlos Alberto (B), aos 32min, e Dagoberto (SP), aos 43min do 2º tempo
Cartões amarelos: André Dias (SP); Castillo (B)
Público: 17.598
Renda: R$ 333.510,00

Hospedagem: UOL Host