! Corinthians erra muito, só empata com Criciúma e sai vaiado - 02/08/2008 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

02/08/2008 - 18h03

Corinthians erra muito, só empata com Criciúma e sai vaiado

Alexandre Sinato
Em São Paulo
A intenção era deixar uma boa imagem à torcida depois da derrota sofrida em casa. No entanto, a forte marcação e a queda de qualidade no setor ofensivo frustraram a expectativa do Corinthians na tarde deste sábado, diante de 30 mil pessoas. O resultado foi um empate sem gols com o Criciúma no Pacaembu, em duelo válido pela 15ª rodada da Série B do Brasileiro.

CONFIRA OS MELHORES LANCES
Na partida anterior que realizou como anfitrião, o Corinthians conheceu seu primeiro revés na competição ao cair por 1 a 0 diante do Bahia. Na oportunidade, criou inúmeras chances e não conseguiu estufar as redes. Nesta tarde, o time de Mano Menezes não perdeu, mas produziu menos e não se impôs como havia pedido o treinador. No fim, ainda ouviu vaias da arquibancada.

Com o empate, o Corinthians soma seu 32º ponto e segue na liderança isolada da Segundona. A vantagem para o segundo colocado, porém, cai para cinco pontos, já que o vice-líder Barueri possui 27. O Criciúma, por sua vez, totaliza 19 pontos e continua em posição intermediária.

O time alvinegro volta a campo na próxima terça-feira, novamente no Pacaembu, para tentar reencontrar seu futebol contra o Juventude. O Criciúma, no mesmo dia, recebe o Marília no estádio Heriberto Hulse.

Neste sábado, o Criciúma começou o jogo de maneira ousada. Talvez empolgado pelo fato de o Bahia ter conseguido derrubar o Corinthians no Pacaembu, a equipe catarinense esboçou uma postura ofensiva no início e logo deu um susto em Felipe, que fez boa defesa. Os anfitriões, contudo, acordaram.

PRINCIPAIS LANCES
Fernando Santos/Folha Imagem
Douglas sucumbiu diante da marcação do Criciúma e o Corinthians ficou no 0 a 0
PRIMEIRO TEMPO
3min - Luís Mário pega rebote após cruzamento da direita e, de dentro da área, chuta com força. Felipe, atento, consegue o desvio e tira pela linha de fundo.
6min - Douglas puxa rápido contra-ataque, deixa adversários para trás e toca na direita para Herrera. O argentino bate de primeira e pára em defesa de Zé Carlos.
27min - Carlos Alberto é lançado pela direita, em velocidade, e chega chutando. O disparo, porém, vai para fora. Boa chance desperdiçada.
33min - O Corinthians sai jogando errado e Douglas não consegue o domínio. O Criciúma, então, avança e Luís Mário recebe na esquerda. Ele corta Fábio Ferreira, mas o chute pára em William.
SEGUNDO TEMPO
4min - Dentinho, caído, consegue fazer tabela com André Santos pela esquerda. O atacante toma a frente do marcador, mas na hora do chute pega mal na bola.
6min - Dentinho recebe na direita e lança bonito para Elias na área. O camisa 7 domina e chuta com forçando, parando em boa defesa de Zé Carlos.
31min - Alexandre arranca pelo meio, livra-se da defesa corintiana e bate com força. Felipe fica só olhando o disparo, que assusta a torcida alvinegra.
34min - Douglas cobra escanteio da direita e Herrera consegue o cabeceio, mas a finalização sai sobre o travessão.
44min - André Santos cobra falta com categoria e carimba o travessão de Zé Carlos, para sofrimento dos torcedores corintianos.
CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE B
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO CORINTHIANS
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO CRICIÚMA
E usaram a velocidade para chegar com perigo à meta de Zé Carlos. Alvo de forte marcação, Douglas conseguiu dar agilidade ao meio-campo alvinegro antes de sucumbir à pressão dos oponentes, acertando bonita assistência para Herrera. Dentinho, primeiro pela esquerda e depois pela direita, também deu trabalho à zaga catarinense.

O problema foram os passes errados. A equipe de Mano Menezes desperdiçou diversos ataques por falhar no último passe. Os erros se tornaram mais perigosos quando passaram a acontecer no meio-campo. Em um deles, o Criciúma chegou com perigo nos pés de Luís Mário.

Insatisfeito com a armação corintiana, Mano aproveitou uma paralisação em atendimento médico para tentar arrumar o time. Conversou à beira do gramado com os cinco jogadores posicionados mais à frente. Antes do intervalo, porém, o resultado não apareceu.

"Está complicado, a equipe deles está marcando muito bem e não estamos criando muito. Estamos finalizando pouco", analisou Dentinho, pedindo mais cuidado no último passe. E o intervalo fez bem ao Corinthians. Animado pela torcida, que no primeiro protagonizou briga na principal organizada, o time se mostrou mais ofensivo.

Até os 15min, a equipe alvinegra já havia chegado quatro vezes à meta de Zé Carlos. Na melhor oportunidade, Elias recebeu de Dentinho e viu o goleiro catarinense parar seu chute com boa defesa. Buscando mais presença ofensiva, Mano colocou Acosta no lugar de Lulinha, mas o uruguaio logo se machucou e deu lugar a Diogo Rincón.

O Criciúma, por sua vez, tentou não recuar demais para evitar maior pressão corintiana. No ataque, aguardava falhas da zaga para ameaçar Felipe. André Santos, no final, ainda acertou o travessão em cobrança de falta. Os dois times, contudo, exageraram nos erros. Pior para o Corinthians, que deixou o gramado do Pacaembu sem os três pontos almejados em casa.

CORINTHIANS
Felipe; Carlos Alberto, Fábio Ferreira, William e André Santos; Fabinho, Elias, Lulinha (Acosta) (Diogo Rincón) e Douglas; Dentinho e Herrera
Técnico: Mano Menezes

CRICIÚMA
Zé Carlos; Patric, Leonardo, Everton e Valdeir; Basílio, Marcelo Rosa, Luciano Bebê e Adriano (Canindé); Luís Mário (Peter) e Zulu (Alexandre)
Técnico: Edson Gaúcho

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)
Auxiliares: César Augusto de Oliveira Vaz (DF) e Eremilson Xavier Macedo (DF)
Público: 28.052 pagantes (total de 30.961)
Renda: R$ 542.147,00
Cartão amarelo: Fabinho (Corinthians)

Hospedagem: UOL Host