! Grêmio vence, abre vantagem e "elimina" São Paulo - 17/08/2008 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

17/08/2008 - 18h03

Grêmio vence, abre vantagem e "elimina" São Paulo

Do UOL Esporte*
Em São Paulo
Na primeira das 19 finais que o São Paulo disse que teria no segundo turno, o revés que não poderia ter acontecido. Como os próprios jogadores e comissão técnica da equipe do Morumbi disseram durante a semana, o confronto contra o líder Grêmio era uma decisão e os paulistas acabaram sendo derrotados: 1 a 0.

ASSISTA AO GOL DA PARTIDA
Com o estádio Olímpico lotado, o time gaúcho conseguiu mais uma vitória no Campeonato Brasileiro, a 13ª este ano, e manteve os cinco pontos de vantagem para o segundo colocado Cruzeiro, mas abriu 11 para o São Paulo. Com a vitória do Botafogo sobre o Sport, a equipe paulista caiu para a quinta colocação, saindo da zona de classificação para a Copa Libertadores do próximo ano.

Em todas as entrevistas durante a semana que antecedeu a partida, os são-paulinos assumiam que se o Grêmio abrisse toda essa vantagem, ficaria muito complicado buscar o tricampeonato inédito. Os gremistas também estavam cientes que em caso de vitória, praticamente eliminariam um forte candidato ao título.

PRINCIPAIS LANCES
 Vipcomm
Em partida brigada, o Grêmio venceu o São Paulo por 1 a 0 no estádio Olímpico
PRIMEIRO TEMPO
9min -GOOOOOOOOOOL DO GRÊMIO!!! Depois do cruzamento de Marcel, Perea, em impedimento, se antecipa a Rogério Ceni e, de peito, coloca a bola no fundo das redes são-paulinas.
22min - Dagoberto faz boa jogada pelo meio e arrisca da entrada da área. No meio do gol, Victor faz a defesa sem maiores dificuldades.
32min - Depois do cruzamento de Paulo Sérgio, a bola sobra para Anderson Pico. Ele tenta o chute de primeira e manda nas mãos de Rogério Ceni.
SEGUNDO TEMPO
16min - Éder Luis faz boa jogada e toca para Borges. O camisa 17 do São Paulo enche o pé e manda a bola sobre o gol de Victor.
19min - Marcel recebe bom passe, ajeita e chuta de fora da área. A bola sobe muito e passa sobre o gol de Rogério Ceni.
24min - No contra-ataque do Grêmio, Anderson Pico recebe e arrisca de fora da área. Ele solta uma bomba e a bola passa tirando tinta da trave esquerda de Rogério Ceni.
40min - Depois do passe de Anderson Pico, Reinaldo sai na cara de Rogério Ceni e chuta. A bola bate na trave e volta para o camisa 18, ele chuta de primeira e, de forma incrível, manda para fora.
VEJA AS IMAGENS DA PARTIDA
CLASSIFICAÇÃO DO BRASILEIRO
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO SÃO PAULO
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO GRÊMIO
Empurrado pela torcida que cantava sem parar, o Grêmio começou melhor, pressionando na marcação no meio-campo e alçando bolas na área, uma das principais jogadas do time. O São Paulo tentava sair no contra-ataque, mas tinha muita dificuldade em tocar a bola no gramado pesado.

Com essa pressão, demorou pouco tempo para sair o primeiro gol do time da casa. Com 9min da etapa inicial, em bola enfiada pela lateral direita, Marcel cruzou para Perea - em posição de impedimento não marcada pela arbitragem - se antecipar ao goleiro Rogério Ceni e tocar de peito para abrir o placar.

Depois de marcar o primeiro gol, o time de Porto Alegre seguiu bem na partida, tendo as melhores chances de ampliar a vantagem e assustando a defesa adversária. As raras oportunidades da equipe visitante eram em bolas cruzadas na área em cobranças laterais de falta do meio-campista Jorge Wagner.

A partir dos 25min da etapa inicial, o São Paulo melhorou um pouco, acertando a marcação e ficando mais com a posse de bola. Mas o time paulista esbarrava nos passes errados e na sólida defesa do Grêmio, a melhor do Nacional.

O gramado molhado fazia a bola rolar com dificuldade e os carrinhos dos jogadores sempre levavam perigo. Isso fazia a temperatura do jogo aumentar e os adversários se estranharem. Tanto que no final do primeiro tempo, o zagueiro gremista Léo e o atacante são-paulino Dagoberto acabaram expulsos.

Na saída para o intervalo, o zagueiro Anderson tentou amenizar os problemas do São Paulo. "É complicado segurar a bola aérea deles, mas nosso time está jogando bem. Está difícil a partida. Vamos nos preparar para voltar melhor no segundo tempo."

Pelo lado do Grêmio, o capitão Tcheco disse que a forte marcação das duas equipes estava impedindo o jogo de ser mais movimentado. "A partida está truncada, os dois times não estão conseguindo armar jogadas por causa da forte marcação no meio."

O São Paulo voltou um pouco melhor para o segundo tempo, acertando mais os lances de ataque. Com a vantagem no placar, o Grêmio ficou um pouco mais recuado em seu campo de defesa, mas sempre com a arma de perigosos e rápidos contra-ataques.

O sistema ofensivo da equipe paulista ganhou força com a entrada de Éder Luis e Borges no segundo tempo da partida, mas não foi o suficiente para evitar mais uma derrota do São Paulo jogando fora de casa, a quarta neste Campeonato Brasileiro.

GRÊMIO
Victor; Léo, Pereira e Réver; Paulo Sérgio, Willian Magrão, Rafael Carioca (Amaral), Tcheco e Anderson Pico; Perea (Souza) e Marcel (Reinaldo)
Técnico: Celso Roth

SÃO PAULO
Rogério Ceni, Anderson, André Dias e Rodrigo; Zé Luis, Jean, Richarlyson, Hugo e Jorge Wagner (Éder Luis); André Lima (Borges) e Dagoberto
Técnico: Muricy Ramalho

Local: estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 17/08/2008 (domingo)
Horário: 16 horas
Árbitro: Alício Pena Junior (Fifa-MG)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (MG) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)
Cartões amarelos: André Lima, Anderson, Jean, André Dias (SP); Tcheco (Gre)
Cartões vermelhos: Dagoberto (SP); Léo (Gre)
Gol: Perea, aos 9min do primeiro tempo

*Atualizada às 20h05

Hospedagem: UOL Host