! Corinthians acorda no final, faz 3 a 0 na Ponte e abre 11 pontos na B - 20/09/2008 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

20/09/2008 - 17h55

Corinthians acorda no final, faz 3 a 0 na Ponte e abre 11 pontos na B

Carlos Padeiro
Em São Paulo
O Corinthians estreou, na tarde deste sábado, o quarteto ofensivo formado por Douglas, Morais, Dentinho e Herrera. A ousadia de Mano Menezes surtiu efeito na criação, mas não nas finalizações. Somente nos minutos finais o time de Parque São Jorge aproveitou o desespero da Ponte Preta, que jogava com um a menos, marcou duas vezes e venceu por 3 a 0, no estádio do Pacaembu.

Chicão balançou as redes no primeiro tempo, e Morais e Douglas fecharam o placar nos minutos finais da partida, quando o quarteto já havia sido desmanchado por Mano - Dentinho saiu aos 32min da etapa final.

Com o 17º triunfo na Série B, o time da capital paulista soma agora 58 pontos e caminha a passos largos rumo ao título e para retornar à elite do futebol brasileiro. O segundo colocado é o Vila Nova, com 47 pontos e uma vitória a mais do que o Santo André.

Já a equipe campineira segue com 40 pontos e está a seis da zona de acesso.

O Corinthians foi superior durante toda a partida, principalmente na etapa final, depois que a Ponte teve um jogador expulso logo aos 3min. Entretanto, o quarteto ofensivo pecou nas finalizações.

Mesmo assim, em nenhum momento o time do técnico Mano Menezes foi ameaçado pelo de Paulo Bonamigo e assegurou a vitória no final, com dois gols em contra-ataques.

PRINCIPAIS LANCES DO JOGO
Rivaldo Gomes/Folha Imagem
Após desmanche do quarteto, Morais e Douglas (d) balançaram as redes
PRIMEIRO TEMPO
3min - Escanteio para a Ponte: Renato cruza na área, Gum sobe sozinho e cabeceia com perigo, à direita do gol de Felipe
8min - André Santos cruza da esquerda, Morais cabeceia e acerta o travessão do gol de Aranha
19min - Em cobrança de falta pela intermediária, William arrisca o chute e Felipe espalma para o lado
23min - GOOOOLLLL DO CORINTHIANS!!!! Após confusão na área, André Santos aproveita sobra e cruza rasteiro; na pequena área, Chicão finaliza para as redes
30min - André Santos recebe na entrada da área e arrisca o chute. Aranha defende com o peito, no reflexo
SEGUNDO TEMPO
10min - Dentinho recebe na área e rola para Douglas. O camisa 10 chuta, e Aranha espalma para o lado
19min - Morais recebe de Douglas, invade a área e bate na saída de Aranha, mas a bola desvia no goleiro e sai pela linha de fundo
44min GOOOOLLLL DO CORINTHIANS!!!! Herrera puxa contra-ataque pela direita e toca na saída do goleiro. Morais aparece no segundo pau e manda para o gol
46min - GOOOOLLLL DO CORINTHIANS!!!! Herrera recebe pela direita, em posição duvidosa, e cruza. Douglas só tem o trabalho de tocar para as redes
CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE B
MAIS SOBRE O CORINTHIANS
MAIS SOBRE A PONTE PRETA
O jogo

A formação ofensiva adotada pelo técnico Mano Menezes - Carlos Alberto foi o único jogador escalado no meio-campo com característica de marcação - fez com que os donos da casa partissem para o ataque e deixassem espaço para os visitantes jogarem.

Por isso, o primeiro tempo foi movimentado, e o Corinthians demonstrou ter mais qualidade para criar jogadas ofensivas. A Ponte assustou o goleiro Felipe com cruzamentos na área e chutes de fora da área.

Logo aos 8min, Morais aproveitou um lançamento de André Santos e cabeceou no travessão do goleiro Aranha.

O gol aconteceu 15 minutos depois. André Santos ficou com uma sobra na área e bateu cruzado. Na pequena área, Chicão só teve o trabalho de finalizar para as redes e marcar o seu sétimo gol pela Série B.

Os torcedores gostaram do que viram e aplaudiram os corintianos ao final do primeiro tempo. "A Ponte é uma excelente equipe, e a gente não pode errar lá atrás senão toma o gol", alertou o zagueiro Chicão.

Aos 3min do segundo tempo, o zagueiro Gum, após cometer falta em Herrera, peitou o árbitro Wagner Tardelli, que lhe daria o cartão amarelo, e foi expulso.

Em vantagem numérica, o time de Parque São Jorge teve total domínio do jogo, porém não conseguia superar a retranca armada pelos ponte-pretanos. Errava passes no ataque e apenas uma vez chegou na cara do goleiro Aranha, só que Morais desperdiçou a oportunidade.

Aos 32min, Mano Menezes desfez o quarteto ao sacar Dentinho e colocar Wellington Saci.

A Ponte chegou a ameaçar no final, mas o Corinthians assegurou os três pontos em dois contra-ataques, com gols de Morais e Douglas, após jogadas de Herrera.

CORINTHIANS 3 X 0 PONTE PRETA

CORINTHIANS
Felipe, Alessandro, Chicão, Willian, André Santos; Carlos Alberto (Bruno Octávio), Elias, Douglas e Morais (Careca); Dentinho (Wellington Saci) e Herrera
Técnico: Mano Menezes

PONTE PRETA
Aranha, Raulen, Gum, Marinho e Vicente; Ricardo, Jairo, Renato e William (Luciano Sorriso); Leandrinho (Danilo Neco) e Luís Ricardo (Neto Baiano)
Técnico: Paulo Bonamigo

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Wagner Tardelli (SC-Fifa)
Assistentes: Celso Barbosa de Oliveira (SP) e Rogério Gomes da Silva (SP)
Gols: Chicão, aos 23min do primeiro tempo; Morais, aos 44min, e Douglas, aos 46min do segundo tempo
Cartão vermelho: Gum (PP)
Público total: 23.814
Renda: R$ 378.230,00

Hospedagem: UOL Host