! Corinthians ignora retranca, vence e abre vantagem recorde - 24/09/2008 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

24/09/2008 - 23h53

Corinthians ignora retranca, vence e abre vantagem recorde

Alexandre Sinato
Em São Paulo
A tão falada retranca do Bragantino durou apenas 23 minutos. Na fria noite desta quarta-feira, o Corinthians mostrou velocidade e força ofensiva diante do rival do interior para vencer por 2 a 0, no Pacaembu, e atingir a maior vantagem já construída sobre o quinto colocado nesta Série B: 16 pontos (a anterior era de 15).

ASSISTA AOS GOLS DO CORINTHIANS
Com a vitória, a equipe de Mano Menezes dá mais um passo fundamental rumo ao cada vez mais próximo retorno à elite. Agora, soma 61 pontos, 16 a mais que o Barueri, primeiro fora do G-4. Já para o Vila Nova, vice-líder, a diferença é de 13 pontos. O Bragantino, por sua vez, desperdiça a chance de entrar no grupo de acesso e termina a 27ª rodada em sexto, com 45.

E para chegar a sua 18ª vitória na Segundona, o Corinthians contou com a inspiração de seu quarteto ofensivo. Dentinho inaugurou o placar aos 23min do primeiro tempo e retomou a condição de artilheiro do time na temporada, com 18 gols. Morais e Douglas garantiram velocidade ao meio, sendo que o segundo deu as assistências para os dois gols. Apenas Herrera destoou um pouco: brigou como sempre, mas voltou a perder gols.

O Corinthians foi para o Pacaembu esperando forte retranca e um jogo muito pegado nesta noite. Mas apesar da postura defensiva do Bragantino, a equipe da capital não se deparou com o mais complicado dos adversários. Tanto que desde o primeiro minuto dominou as ações e não demorou a assustar o goleiro Gilvan.

PRINCIPAIS LANCES
Ricardo Nogueira/Folha Imagem
André Santos festeja o segundo gol corintiano no triunfo sobre o Bragantino
PRIMEIRO TEMPO
12min - Dentinho invade a área pela direita e cruza rasteiro. Morais domina e ajeita para Alessandro, que bate sobre a defesa. No rebote, Herrera tenta chute colocado e manda para fora.
23min - GOOOOOOOOLLLLLLL DO CORINTHIANS!!! Dentinho aproveita sobra de rebote entre Douglas e Elias, aparece sozinho na grande área e tira do goleiro Gilvan para colocar o Corinthians em vantagem.
27min - Alessandro levanta da direita e Herrera consegue cabecear, mas a finalização vai para fora.
33min - Dentinho arrisca de fora da área, em contra-ataque, e a bola sai à direita de Gilvan, assustando o goleiro do Bragantino.
SEGUNDO TEMPO
2min - Herrera recebe na entrada da área e fura feio. Na seqüência, a bola chega novamente no argentino, que domina e chuta sobre o travessão.
7min - GOOOOOOOOLLLLLL DO CORINTHIANS!!! André Santos recebe de Douglas em velocidade, ajeita a bola e acerta um lindo chute de fora da área, marcando um golaço em Gilvan.
14min - Anderson Lima cobra falta com perigo da entrada da área e a bola sai rente à trave direita de Felipe.
17min - Lulinha perde grande oportunidade ao mandar para fora disparo da direita, sem marcação.
18min - Nego aparece livre na frente de Felipe, mas desperdiça a chance concluindo para fora.
31min - O estreante Cristian dispara de fora da área e vê a bola passar perto do travessão defendido por Gilvan.
48min - Diogo Rincón aparece livre na grande área, mas chuta sobre Gilvan.
CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE B
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO CORINTHIANS
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO BRAGANTINO
Com toques rápidos, o Corinthians começou a envolver a defesa rival e abrir os primeiros espaços. Os passes errados, é verdade, atrapalharam em alguns momentos. Mas aí as jogadas individuais pelas pontas compensaram, atormentando a retaguarda do time de Bragança.

E foi na velocidade que os anfitriões abriram o placar. Douglas tabelou com Morais pelo meio e adiantou demais a bola. Dentinho, então, mostrou oportunismo e aproveitou a sobra para tocar na saída de Gilvan, fazendo a festa da torcida aos 23min da etapa inicial.

O Bragantino, em desvantagem, passou a se arriscar mais no ataque. As bolas aéreas foram usadas com freqüência, mas a zaga corintiana soube anular tal arma sem tomar grandes sustos. Felipe também foi acionado e mostrou segurança em chutes de média distância.

"O Corinthians tem muita qualidade e se não tomarmos cuidado, vamos levar mais gols. Então é bom começarmos a jogar", alertou o atacante Nunes no intervalo, reclamando da postura recuada de sua equipe. A frase do camisa 9 ganhou tom profético depois do intervalo.

Precisando atacar, o Bragantino deu mais espaço ao Corinthians e pagou caro. Logo aos 7min, André Santos recebeu de Douglas e anotou um golaço, com belo chute de esquerda. Lulinha, pela direita, quase ampliou pouco depois. O técnico Marcelo Veiga decidiu se desfazer da retranca e mudou o time visitante para torná-lo mais ofensivo.

Com Somália e Anderson Lima em campo, o Bragantino assustou mais Felipe. Na melhor oportunidade, Nego pegou mal na bola e mandou para fora ao ficar na cara do goleiro corintiano. Pior para a equipe do interior, que viu cair sua série de seis vitórias, e melhor para os anfitriões, que a cada partida se sentem mais próximos da Série A.

CORINTHIANS
Felipe; Alessandro, Chicão, William e André Santos; Cristian, Elias, Douglas (Diogo Rincón) e Morais (Eduardo Ramos); Dentinho (Lulinha) e Herrera
Técnico: Mano Menezes

BRAGANTINO
Gilvan; César Gaúcho (Anderson Lima), Gustavo e Adriano; Nego, Moradei, Marcelo Silva, Malaquias (Somália) e Pará; Davi (Danilo Santos) e Nunes
Técnico: Marcelo Veiga

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Álvaro Azeredo Quelhas (MG)
Auxiliares: Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP) e Claudson Licoln Beggiato (SP)
Público: 13.442 pagantes (14.007 no total)
Renda: R$ 219.979,00
Cartões amarelos: Douglas e Lulinha (Corinthians); Gustavo (Bragantino)
Gols: Dentinho, aos 23min do primeiro tempo; André Santos, aos 7min do segundo tempo

Hospedagem: UOL Host