UOL Esporte Futebol
 
23/10/2008 - 22h26

De virada, São Paulo bate Vitória e mantém perseguição ao líder

Jorge Corrêa
Em São Paulo
A chuva era muito forte e o adversário, sem muitas pretensões na competição, não se inibia em atacar. Mesmo com essas dificuldades, o São Paulo conseguiu uma importante vitória na noite desta quinta-feira. Jogando em casa, no estádio do Morumbi, bateu o Vitória por 2 a 1, de virada, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"Nossa equipe está de parabéns porque mostrou raça e vontade. Estávamos cansados, jogamos em um campo pesado e encaramos um time de muita qualidade. Mesmo assim, evitamos uma tragédia. Quem deixar de somar pontos agora vai ficar para trás", disse o meia tricolor Hugo em entrevista à rádio Jovem Pan.

A equipe rubro-negra começou melhor a partida na capital paulista e abriu o placar com 14 minutos de jogo, com Leonardo Silva. Mas com Hernanes, em cobrança de falta, e Hugo, de cabeça já no segundo tempo, os tricolores conseguiram a vitória.

Com esse resultado positivo, o time paulista se manteve na zona de classificação para a Copa Libertadores, assumindo, pelo menos até o fechamento da rodada neste sábado, a segunda colocação da tabela. A equipe também manteve os mesmos três pontos de diferença para o líder Grêmio, que venceu o Sport no estádio Olímpico. Já o time baiano continuou em décimo lugar.

"Nossa situação ficou muito difícil para chegar à Libertadores. Temos de seguir trabalhando para tentar chegar à Sul-Americana. Esse é o objetivo agora", admitiu o meia Ramon.

PRINCIPAIS LANCES
Ricardo Nogueira/Folha Imagem
De virada, o São Paulo bateu o Vitória no Morumbi e seguiu 'na cola' do líder Grêmio
PRIMEIRO TEMPO
4min - Contra-ataque do São Paulo, Dagoberto recebe lançamento de Miranda, entra na área e chuta cruzado. A bola passa raspando a trave de Viáfara.
14min - GOOOOOOOOOOOOOOOL DO VITÓRIA!! Marquinhos cobra escanteio da esquerda, Leonardo Silva sobe bem e desvia para o fundo do gol.
23min - Hernanes cobra falta da entrada da área e a bola passa muito perto da trave esquerda de Viáfara.
24min - Outro escanteio da esquerda, Rogério Ceni tira de soco, Jackson pega o rebote e chuta para o gol. Rodrigão tenta o desvio de letra, mas a bola desvia na zaga e sai pela linha de fundo.
28min - GOOOOOOOOOOOOOOOL DO SÃO PAULO!! Hernanes cobra a falta rasteira e a bola entra no canto direito do goleiro Viáfara.
43min - Defende Viáfara!! Dagoberto arranca pela esquerda, puxa para o meio e chuta da entrada da área. Viáfara se estica todo para fazer boa defesa.
SEGUNDO TEMPO
8min - GOOOOOOOOOOOOOOL DO SÃO PAULO!! Jorge Wagner cobra falta da esquerda, a zaga do Vitória tenta fazer a linha de impedimento e Hugo vem de trás, livre, para virar a partida marcando de cabeça.
15min - Jackson arrisca da entrada da área e a bola passa raspando o travessão de Rogério Ceni.
28min - Depois de boa jogada de Hernanes, Hugo chuta da entrada da área e Viáfara faz a defesa.
43min - Defende Viáfara!! Dagoberto recebe na área e chuta forte. Viáfara faz grande defesa.
Mesmo jogando fora de casa, o Vitória começou tomando a iniciativa, pressionando o São Paulo no ataque. Acuado, o time paulista demorou alguns minutos para conseguir trocar passes com mais tranqüilidade, mas o primeiro bom momento do jogo foi são-paulino, com Dagoberto aos 4min.

O time tricolor passou a dominar a partida com dez minutos de jogo, ficando mais com a posse de bola. Mas exatamente quando o São Paulo estava melhor, o Vitória conseguiu abrir o placar. Aos 14min, depois de cobrança de escanteio de Marquinhos, o zagueiro Leonardo Silva subiu mais que a defesa adversária e cabeceou bem para marcar.

O São Paulo pareceu não sentir o gol, e precisando o resultado para se manter vivo na disputa pelo título, foi para cima da equipe de Salvador, pressionando com Dagoberto e André Lima. Mas os donos da casa davam espaço para perigosos contra-ataques do adversário, além dos escanteios que seguiam preocupando a defesa tricolor. Só que a bola parada adiantou para o outro lado.

Em uma cobrança de falta da intermediária, aos 29min do primeiro tempo, Hernanes chutou forte. A barreira do Vitória abriu, e o goleiro Viáfara não conseguiu pegar no canto. Era o empate no estádio do Morumbi. Após a igualdade, a partida seguiu equilibrada até o término da etapa inicial, com o São Paulo chegando mais ao ataque, mas errando passes que davam chances ao rival.

Mesmo com a forte chuva que castigava o estádio do Morumbi, o São Paulo veio com tudo para o segundo tempo, forçando a defesa adversária, que começava a se atrapalhar. Com tanta pressão, o gol da virada era questão de tempo e saiu com 8min da etapa complementar.

Após cobrança de falta de Jorge Wagner, a defesa do Vitória fez de forma errada a linha de impedimento, e Hugo, em posição legal, apareceu sozinho no meio da área para cabecear e colocar o São Paulo à frente no placar.

Após a virada, o time da casa seguiu indo para o ataque, criando boas chances de gol, só que elas não eram aproveitadas. Dessa forma, os visitantes iam voltando para o jogo, também levando perigo ao gol de Rogério Ceni. Mas não foi o suficiente para conseguir o empate.

ANÁLISE DO JUCA
Crédito
"No Morumbi nem a torcida (só 17 mil) nem o time do São Paulo agradaram."
BLOG DO JUCA KFOURI
"Agora temos de torcer contra os rivais nos jogos que completarão a rodada. Demos um passo importante e fizemos a nossa parte", lembrou o zagueiro André Dias, que não teve apoio do volante Hernanes nesse tipo de discurso. "Eu prefiro me preocupar com a minha parte. Vamos pensar em vencer os jogos. Não gosto de olhar a vida dos outros", finalizou o meio-campista.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Miranda, André Dias e Rodrigo; Zé Luis, Jean, Hernanes, Hugo e Jorge Wagner; Dagoberto e André Lima (Richarlyson)
Técnico: Muricy Ramalho

VITÓRIA
Viáfara, Marco Aurélio, Leonardo Silva, Anderson Martins e Marcelo Cordeiro; Vanderson, Wallace, Marco Antônio (Ramon) e Jackson (Willians); Marquinhos e Rodrigão (Robert)
Técnico: Vágner Mancini

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Data: 23/10/2008 (quinta-feira)
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Assistentes: Aparecido Donizetti Santana e José Carlos Dias Passos (ambos do PR)
Cartões amarelos: Marcelo Cordeiro, Vanderson (Vit); Zé Luis, Richarlyson (SP)
Público: 17.173 pagantes
Renda: R$ 320.795,00
Gols: Leonardo Silva, aos 14min, e Hernanes aos 29min do primeiro tempo. Hugo, aos 8min do segundo tempo

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host