UOL Esporte Futebol
 
12/11/2008 - 23h58

Mesmo "de ressaca", Corinthians supera tensão, tabu e bate Juventude

Alexandre Sinato
Em Caxias do Sul (RS)
GOLS DA VITÓRIA DO CORINTHIANS
No seu primeiro jogo da "série de ressaca" após o título da segunda divisão, o Corinthians venceu o Juventude por 2 a 1 nesta quarta-feira no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul e, de quebra, acabou com um tabu de seis anos sem vencer na casa do adversário.

Depois de levar a melhor no Brasileiro de 2002, ganhando por 1 a 0, o time alvinegro acumulou três derrotas e dois empates, sempre pelo Nacional. E esse tabu foi quebrado justamente quando as equipes se encontraram na Série B.

Para vencer, o Corinthians teve que superar o clima de tensão armado pelo Juventude. Entradas viris em Dentinho, agressões, objetos atirados contra o banco de reservas e até racismo surgiram como obstáculos para o time paulista.

PRINCIPAIS LANCES
Neco Varella/AE
Dentinho e Morais comemoram o primeiro gol do Corinthians na vitória em Caxias
PRIMEIRO TEMPO
7min - GOOOOOOOOOOOL DO CORINTHIANS!!!!!!!!!! Morais tabela com Dentinho e, na cara do goleiro, chuta para o gol. A bola ainda desviou em Michel Alves antes de entrar.
16min - Depois da boa troca de passes, Maycon fica cara a cara com Felipe. Esperto, o goleiro corintiano sai nos pés do camisa 11 e abafa o lance.
17min - Michel Alves fura, mas Walker impede a passagem de Dentinho. O árbitro da partida não marca nada, para reclamação dos corintianos.
37min - Elias chuta de longe, a bola desvia no meio do caminho e quase engana Michel Alves, que espalma.
SEGUNDO TEMPO
9min - Em cruzamento da esquerda, a bola sobra para Mendes que, sozinho na área, chuta de primeira de esquerda para fora.
23min - GOOOOOOOOOOOOOOL DO JUVENTUDE!!!!!!!!!!! Em posição legal, Egídio recebe a bola na frente de Felipe, corta para a esquerda e marca.
30min - Luiz Felipe entra na área pela direita e divide com Dentinho. O jogador do Juventude fica caído e pede o pênalti. O árbitro não marca nada e manda o lance seguir.
40min - GOOOOOOOOOOL DO CORINTHIANS!!!!!! Cristian chuta de longe, a bola quica no "morrinho artilheiro" e engana o goleiro do Juventude.
IMAGENS DO FUTEBOL NESTA QUARTA
FELIPE CRITICA RACISMO NO JOGO 100
MANO: "NOSSO RESPEITO É VENCER"
DENTINHO É AMEAÇADO EM CAMPO
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO CORINTHIANS
CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE B
O Corinthians, com o resultado, abriu 13 pontos de frente na liderança da Série B deste ano - 79 contra 66 do Avaí, o segundo colocado. O Juventude, por sua vez, se manteve em oitavo com 52 pontos, e com poucas chances de acesso à Série A em 2009.

Faltando três rodadas para o fim da competição, o Corinthians volta a jogar no próximo sábado contra Vila Nova, às 16h20, no Pacaembu. Já o Juventude encara o Brasiliense na Boca do Jacaré no sábado às 20h40.

O primeiro tempo da partida foi marcado por muita tensão. Irritados por uma entrada supostamente mal-intencionada de Dentinho em Renan no duelo entre as duas equipes no primeiro turno, os jogadores do Juventude estavam dispostos a "jogar firme", dando trabalho para o árbitro.

"Falei para o Dentinho tomar cuidado. Ele tirou três ligamentos do Renan, que até hoje não jogou mais", disse Lauro para a TV Globo no intervalo.

A torcida também colaborou para o "clima de guerra", atirando objetos para o banco do Corinthians, que ameaçou ficar no gramado até que isso parasse de acontecer. "Está impossível ficar aqui. Eles querem ganhar jogo na marra, mas não vão ganhar", reclamou o técnico Mano Menezes.

Mas em boa jogada individual, o Corinthians abriu o placar logo no início da partida. Aos 7min, Morais tabelou com Dentinho, que o deixou na cara do gol, e o meia-atacante não perdoou.

O Juventude tentou reagir após o gol, mas sem ser muito incisivo. Porém, no segundo tempo, o time da casa chegou ao empate. Egídio recebeu em posição legal e tocou de esquerda no canto de Felipe aos 23min.

O Corinthians fazia uma partida burocrática, e dava mostras de que estava gostando do empate. Mas em falha de Michel Alves, o time alvinegro achou o gol da vitória aos 40min. Cristian chutou de longe, a bola quicou no "morrinho artilheiro" e enganou o goleiro do Juventude, dando números finais ao placar.

Na saída do gramado após o apito final do árbitro da partida, o goleiro Felipe expressou seu descontentamento com o tratamento recebido pelo Corinthians em Caxias do Sul.

ANÁLISE DO JUCA
Crédito
"O Corinthians enfrentou a barra mais dura de todas."
BLOG DO JUCA KFOURI
"Eles acham que preto não sabe jogar bola. E que só branco joga. Eles tiveram atitudes racistas o jogo inteiro", disse.

"Mas vou esquecer isso. Estão praticamente eliminados e vão continuar na segunda divisão. Vou torcer para que eles caiam para a Série C", comentou o titular da meta corintiana.

JUVENTUDE
Michel Alves; Luiz Felipe (Elvis), Juan Perez, Dirlei e Murilo Ceará; Walker, Lauro, Marcelo Costa e Egídio; Mendes e Maycon (Schwenck)
Técnico: Ivo Wortmann

CORINTHIANS
Felipe; Alessandro, Diego, William e Wellington Saci (Lulinha); Cristian, Elias, Morais e André Santos; Dentinho (Diogo) e Herrera (Bebeto)
Técnico: Mano Menezes

Local: estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Público: 9.445 pagantes
Renda: R$ 81.452,00
Árbitro: Willian Marcelo Souza Nery (RJ)
Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Dibert Pedrosa Moisés (Fifa-RJ)
Cartões amarelos: Dirlei, Lauro, Maycon e Elvis (Juventude); Alessandro, Willian e Dentinho (Corinthians)
Gols: Morais (C), aos 7min do primeiro tempo; Egídio (J) aos 23min e Cristian (C) aos 41min do segundo tempo.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host